Igualdade social, uma realeza em declínio

Na medida em que as pessoas se preocupam com a igualdade econômica, elas passam a trabalhar não mais para satisfazer às suas necessidades ou aos legítimos interesses de sua família, mas para controlar a quantia de dinheiro que seus colegas recebem. Esse comportamento, diz Harry Frankfurt, essa igualdade escraviza o homem, separando-o de suas necessidades individuais e levando-o a concentrar sua atenção nos desejos e necessidades que já não são os seus. Nasce o regime da inveja, tão característico do mundo socialista.

Igualdade social, uma realeza em declínio

Na medida em que as pessoas se preocupam com a igualdade econômica, elas passam a trabalhar não mais para satisfazer às suas necessidades ou aos legítimos interesses de sua família, mas para controlar a quantia de dinheiro que seus colegas recebem.


 

Alguns pingos em alguns is

Alguns pingos em alguns is

De alguns anos a esta parte, movimentos e partidos políticos de fundo nacionalista vêm ganhando força em países importantes. Assistimos a uma enorme reviravolta no espírito público, que pode determinar rumo diferente ao que o mundo vem trilhando, aos trancos e barrancos, desde o fim da II Guerra Mundial. Aonde chegaremos?


 

O sabugo social

O sabugo social

Nossa época é um tempo cheio de acontecimentos grandiosos, com horizontes grandiosos, onde “nosso vizinho” deverá viver como um herói, ou … um “sabugo”!


 

Na contramão do Carnaval

Na contramão do Carnaval

Não é politicamente correto criticar o Carnaval. Na mitologia corrente, seria quase tão-só a desinibida manifestação da alegria popular. Nesse rumo desembesta a cobertura da imprensa, maciça, laudatória. Trilho caminho oposto e invado a contramão.


 

Cientificamente viciados

Cientificamente viciados

Isso é para você, sua família, seus amigos. Observe num ônibus, num trem: boa parte das pessoas está desinteressada da paisagem e dos próximos. Examina seus celulares. Assiste a uma aula e até a uma conferência; parcela expressiva não olha para o professor ou palestrante, tem as retinas fixas nos respectivos celulares. Se estiver num […]


 

Papai Noel ou São Nicolau?

Papai Noel ou São Nicolau?

Aproxima-se o Natal. Desde os mais sofisticados Shoppings Centers até as lojas mais humildes esmeram-se na decoração natalina. Em praticamente todas elas ocupa lugar de realce o obeso Papai Noel, que nesta nossa época tão materializada se tornou o símbolo do Natal. Como surgiu esse personagem, que tomou o lugar do próprio Menino Jesus nas […]


 

A multiforme inspiração do Espírito Santo nos panetones de Natal

De onde vem o Panetone? Discute-se fortemente na Itália sobre a sua origem. Todos concordam que nasceu na região de Milão. Segundo uma versão, o panetone nasceu pelo fim do século XV num banquete oferecido pelo tempestuoso duque Ludovico Sforza, dito “o Mouro”.

A multiforme inspiração do Espírito Santo nos panetones de Natal

De onde vem o Panetone? Discute-se fortemente na Itália sobre a sua origem. Todos concordam que nasceu na região de Milão. Segundo uma versão, o panetone nasceu pelo fim do século XV num banquete oferecido pelo tempestuoso duque Ludovico Sforza, dito “o Mouro”.


 

É por eles que os sinos dobram…

É por eles que os sinos dobram…

A civilização moderna, voltada para o culto ao corpo, carregada de superstições da saúde perfeita, inebriada pela superficialidade despreocupada, não gosta de refletir sobre o sofrimento e a morte. A Igreja, Mãe sábia e mestra da Verdade, pelo contrário, dedica um dos dias do ano à recordação daqueles que já partiram. Ela nos convida a rezar pelos […]


 
1 2 3 5