No dia 15 de outubro, em vários países, católicos rezaram publicamente o Rosário

Na cidade de Bruxelas – Bélgica – o terço foi promovido pela Fédération Pro Europa Chistiana, formada por associações inspiradas na escola de pensamento e de ação do Professor Plinio Corrêa de Oliveira, em frente ao Palácio de Justiça da cidade.

No dia 15 de outubro, em vários países, católicos rezaram publicamente o Rosário

No dia 15 de outubro, na África do Sul, na Bélgica, nos Estados Unidos, nas Filipinas, na Irlanda e na Polônia, católicos rezaram, em praças públicas e em movimentadas avenidas, o santo rosário em preparação ao centésimo aniversário das aparições de Nossa Senhora na Cova da Iria, que se celebrará no ano de 2017.


 

A lei do mais fraco

Provavelmente haverá outros atentados suicidas nas semanas e meses pela frente. Foi essa, por sinal, a advertência de Manuel Valls, primeiro-ministro francês: “A partir de agora a ameaça terrorista é uma questão central, durável, outras vidas serão ceifadas. Devo a verdade aos franceses, o terrorismo fará parte de nossa vida por muito tempo. O risco zero não existe, afirmar o contrário seria mentir aos franceses”.

A lei do mais fraco

O mundo continua terrificado com os ataques do terrorismo islâmico, como aquele do caminhão assassino matando gente satisfeita e inocente que numa avenida de Nice observava despreocupada o fim da feeria de fogos de artifício celebrando o 14 de julho comemorativo da Revolução Francesa.


 

Um martírio que parte o coração, mas abre os olhos!

No dia 30 de julho a associação francesa “Avenir de la Culture” lançou um comunicado com uma carta dirigida a Dom Georges Pontier, Presidente da Conferência dos Bispos da França. Trata-se de uma súplica em defesa da identidade cristã da França, tendo em vista o grave perigo que representa o islamismo no país, por exemplo, como se viu recentemente com o selvagem degolamento — perpetrado por dois muçulmanos — do idoso Padre Jacques Hamel no momento em que celebrava uma missa.

Um martírio que parte o coração, mas abre os olhos!

No dia 30 de julho a associação francesa “Avenir de la Culture” lançou um comunicado com uma carta dirigida a Dom Georges Pontier, Presidente da Conferência dos Bispos da França. Trata-se de uma súplica em defesa da identidade cristã da França, tendo em vista o grave perigo que representa o islamismo no país, por exemplo, como se viu recentemente com o selvagem degolamento — perpetrado por dois muçulmanos — do idoso Padre Jacques Hamel no momento em que celebrava uma missa.


 

Cresce o prestígio póstumo da Rainha Maria Antonieta

Maria Antonieta é cada vez mais venerada na França. Ela tem sido revivida em filmes, em exposições, em objetos de arte.

Cresce o prestígio póstumo da Rainha Maria Antonieta

Maria Antonieta é cada vez mais venerada na França. Um julgamento simulado, feito em Paris por ocasião do bicentenário da Revolução Francesa, proporcionou-lhe uma estrondosa absolvição. Ela tem sido revivida em filmes, em exposições, em objetos de arte.


 

Avalanche de jovens voluntários franceses inunda quartéis

"É um fenômeno totalmente inédito. Vemos reaparecer valores como a bandeira, símbolos nacionais, que foram um pouco esquecidos" explicou o coronel Eric de Lapresle, chefe do serviço para o recrutamento do Exército

Avalanche de jovens voluntários franceses inunda quartéis

“É um fenômeno totalmente inédito. Vemos reaparecer valores como a bandeira, símbolos nacionais, que foram um pouco esquecidos” explicou o coronel Eric de Lapresle, chefe do serviço para o recrutamento do Exército


 

Rezemos por Paris – “As Cruzadas” e a tragédia da cidade de São Luís Rei

Na perspectiva maometana a guerra declarada pelo Crescente contra a Cruz da Cristandade, nunca acabou. E os vis atentados do dia 13 de novembro estão na continuidade das ofensivas cruéis dos séculos passados.

Rezemos por Paris – “As Cruzadas” e a tragédia da cidade de São Luís Rei

Na perspectiva maometana a guerra declarada pelo Crescente contra a Cruz da Cristandade, nunca acabou. E os vis atentados do dia 13 de novembro estão na continuidade das ofensivas cruéis dos séculos passados.


 

A tragédia de Paris

Ontem com o Nazismo, hoje com o Islã, Paris, a antiga capital dos Reis Cristianíssimos, a cidade com uma missão histórica na Cristandade é, uma vez mais, alvo da barbárie.

A tragédia de Paris

Ontem com o Nazismo, hoje com o Islã, Paris, a antiga capital dos Reis Cristianíssimos, a cidade com uma missão histórica na Cristandade é, uma vez mais, alvo da barbárie.


 

O Partido Socialista morreu, diz analista das esquerdas francesas

O Partido Socialista morreu, diz analista das esquerdas francesas

Laurent Bouvet, pensador socialista e diretor do Observatoire de la Vie Politique (Ovipol) da Fondation Jean-Jaurès, pintou um deprimente quadro do Partido Socialista francês (PS), hoje no poder e praticamente a única opção viável para as esquerdas francesas. Bouvet resumiu o seu balanço com uma frase lapidar: “O PS está moribundo, o partido de Épinay [Épinay-sur-Seine, […]


 
1 2 3 7