Homem de 29 anos está preso depois de atirar contra dois bandidos que tentaram invadir sua casa

Nilo Fujimoto

A região metropolitana de São Paulo está sofrendo uma onda de criminalidade originada – induzida ou não – por grupos criminosos organizados e não poderia escapar da percepção do caro leitor pois conta com o patrocínio da grande mídia para sua divulgação.

Inseridos nessa onda, ficamos à mercê de bandidos, submetidos que estamos às leis atualmente vigentes que tolhem ao cidadão honesto o direito mais elementar de autodefesa.

Oferecemos a oportunidade de refletir sobre o assunto com a reprodução de uma matéria do site que promove a “Campanha pela Legítima Defesa”.
Se nada fizermos em nossa defesa não serão os bandidos que a farão por nós.

Pela Legítima Defesa

Há poucos dias publicamos um fato ocorrido nos EUA., onde uma menina de 12 anos atirou no invasor de sua casa. Sua mãe e o Xerife local a elogiaram pela coragem e por ter feita a coisa certa.

Aqui a coisa é um pouco diferente. Abaixo segue uma história fictícia, mas que certamente já ocorreu em algum lugar, para ilustrar a absurda inversão de valores que nos assola.

Depois uma história real publicada noCGN/UOL, ocorrida em Curitiba, um evidente caso de legítima defesa que não foi reconhecido pelo delegado.

História fictícia

Um corretor de imóveis, ao chegar de uma reunião festiva com a esposa, observou uma luz de sua casa acesa. Desconfiado, deixou a esposa no carro, pegou seu revólver calibre .38 no porta-luvas e entrou pela lateral da casa, no momento em que um cidadão, em desabalada carreira, saiu pela porta dos fundos e tentou pular o muro que separava a casa de um terreno baldio. O corretor atirou duas vezes: uma bala transfixou o tórax e acertou o coração; a outra, não atingiu o ladrão. Dentro da casa, toda revirada, uma balbúrdia: uma fronha servia de sacola e já estava cheia de eletroeletrônicos que seriam levados.

Chamada a polícia, descobriu-se que o cidadão tinha caído, já sem vida, no terreno baldio. Verificou-se que se tratava de conhecido ladrão e traficante, com diversas passagens pela polícia. Pois bem: o corretor foi indiciado, porque, segundo a lei, o ladrão estava em rota de fuga; não representava perigo iminente; não portava arma (?); e – pasmem! – foi encontrado em outro imóvel, que não era de propriedade do autor dos disparos!!!

Depois de alguns meses de incômodo (pressionado pela família do defunto) pago o funeral, e acertadas as contas com o escrivão e o

delegado, o processo foi arquivado. Mas valeu uma dica do delegado: “Olha, amigo, quando for assim, enrola o cara num tapete velho e joga no rio. O pessoal encontra o meliante lá embaixo, comido de peixe, e vai achar que foi queima de arquivo ou briga de quadrilha…”

Aqui o marginal é tratado como vítima e a vítima como marginal. Seria interessante imaginar se o fato tivesse ocorrido na residência do delegado que autuou o cidadão. Ele seria preso e indiciado? O fato seria divulgado?

Coisas do Brasil, infelizmente.

Evidentemente não aconselhamos a seguir a “dica” do delegado na história fictícia, mas a lutar para que essas absurdas leis sejam mudadas.

A história real

FONTE: http://cgn.uol.com.br/noticia/36092/morador-e-preso-apos-matar-bandido-que-pulava-o-portao

Comente a notícia no final do link indicado.

Morador é preso após matar bandido que pulava o portão

Homem acabou sendo atuado em flagrante por homicídio…

Publicado em 30 de Outubro de 2012 às 09h19min | Maycon Corazza | Banda B | Atualizado às 12h20min

Um homem de 29 anos está preso depois de atirar contra dois bandidos que tentaram invadir sua casa, na madrugada desta terça-feira (30), na Cidade Industrial de Curitiba. Um dos bandidos conseguiu fugir e o outro morreu com um tiro no abdômen. O morador usou uma pistola calibre 380, registrada pela justiça para efetuar os disparos. Ele foi autuado em flagrante por homicídio.

A tentativa de invasão aconteceu às 2h20 quando o morador, que terá seu nome preservado, notou pela janela da residência, que fica na Rua Airton Duma, que dois homens tentavam pular o portão da casa. Então, o homem pegou a arma e disparou um tiro contra os bandidos. Ele teria efetuado os disparos na mesma janela de onde teria visto a dupla tentando invadir a casa. O homem mora com a família, mas não há informações sobre quantos estavam na casa neste momento. Também não se sabe quantos disparos foram feitos em direção da dupla.

Um dos bandidos caiu ao ser ferido por um tiro no abdômen e morreu em poucos minutos. Sem identificação, ele trajava camiseta azul, calça jeans preta e tinha uma tatuagem no antebraço direito “Vida Loka”. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba onde aguarda o reconhecimento da família. O outro comparsa conseguiu fugir.

A Polícia Militar (PM) foi acionada pela família. O morador foi encaminhado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul), no bairro Portão, onde foi preso após ser atuado em flagrante por homicídio.

Quousque tandem abutere, Catilina, patientia nostra? Quamdiu etiam furor iste tuus nos eludet? Quem ad finem sese effrenata iactabit audacia? (Até quando, enfim, ó Catilina, abusarás da nossa paciência? Por quanto tempo ainda esse teu rancor nos enganará? Até que ponto a (tua) audácia desenfreada se gabará (de nós).

José Luiz de Sanctis

Coord. Nacional

9 comentários para Homem de 29 anos está preso depois de atirar contra dois bandidos que tentaram invadir sua casa

  1. Alexandre

    9 de junho de 2014 à 20:31

    Se fosse nos Estados Unidos, o homem que matou o bandido receberia um prêmio, mas infelizmente aqui no Brasil o bandido é quem manda, até pq em Brasília tem os bandidos mestres, que estão no poder, e dos quais só aprovam leis para prejudicar as pessoas de bem, eu no lugar desse homem também não deixaria minha casa ser assaltada, pois bandido bom, é bandido no cemitério.

      [Citar]  [Responder]

  2. nogueira.......

    8 de junho de 2014 à 16:56

    D. J. Anacleto,

    devo concordar plenamente com o seu raciocínio amigo., é lamentável isso estar acontecendo.,.,

      [Citar]  [Responder]

  3. sebastiaocarneirodesantana

    24 de novembro de 2012 à 2:06

    eu ia amar se isto acontece-se com todos esses parlamentares que legisla estas leis absurdas e imoral enquanto o cidadão de bem e´preso o bandido e´protegido o cidadão desarmado o bandido é armado só assim as leis brasileiras poderia mudar.

    Aqui na minha cidade ocorreu um fato em que, um comerciante estava sendo roubado e atirou contra os ladroes que fugiram.A policia chegou, e para não prender e levar a arma do comerciante, levou dele R$800,00 , talvez se os ladroes tivessem roubado o prejuizo
    dele , seria menos que os R$800,00 que a policia levou.

      [Citar]  [Responder]

  4. Luiz Eduardo Paulo

    9 de novembro de 2012 à 17:10

    Com uma ex-terrorista como presidente,essas coisas acontecerão casa vez mais!!! Infelizmente.

      [Citar]  [Responder]

  5. amauri oliveira

    9 de novembro de 2012 à 16:25

    É lamentável essa total inversão de valores, o que nos remete à seguro horizonte de que deveremos partir para desobediencia civil para que voltem e repensem nos caminhos absurdos que querem nos impor

      [Citar]  [Responder]

  6. D. J. Anacleto

    9 de novembro de 2012 à 14:05

    O povo escolhe, nas urnas, o seu ALGOZ. Na política predomina o Partido das Trevas. A Saúde Pública que temos foi escolhida pelo povo; a educação (?) foi escolhida pelo povo;
    a segurança (?) também foi escolha do povo. Pior é que todos “pagam o pato”. E até hoje escolhem BARRABÁS, e crucificam a Jesus (a Justiça, a Saúde, a Educação, a Verdade…) Infelizmente MARCOLA tem razão (vide entrevista dada a um grande Jornal de SP tempos atrás).

      [Citar]  [Responder]

  7. Albimar

    9 de novembro de 2012 à 13:06

    Este homem não pode continuar preso, temos que fazer esta história ficar conhecida nacionalmente para as autoridades se mobilizarem e pararem de prender cidadãos de bem que apenas querem preservar a sua vida e a de sua família, assim como, é claro os pertences que são frutos, a grande maioria das vezes de um trabalho honesto.
    Além disso, se uma arma é legalizada, subentedem-se que ela vai ser usada pra quê?
    Senão não for pra ferir ou matar quem está atentando contra sua vida?

    Vamos levantar nossas vozes, pois os maus só são maus, porque os bons não são melhores.

      [Citar]  [Responder]

  8. JOSE ANTONIO

    9 de novembro de 2012 à 12:09

    Quando se fala em CRIME ORGANIZADO é porque do outro lado temos o DIREITO e a JUSTIÇA DESORGANIZADOS. Noticias como estas temos diariamente na midia. Policiais sendo perseguidos e mortos por ordem de bandidos já aprisionados. A violencia toma conta das cidades e do campo, e nada se faz contra isso. Todos somos atingidos pela violencia, haja vista as cercas elétricas, muros altos, sistemas de cameras, vigilantes, cães ferozes, e mesmo assim paa piorar temos as leis que mais beneficiam bandidos que os cidadãos.

      [Citar]  [Responder]

  9. Tiago da Silva

    9 de novembro de 2012 à 10:40

    É historia de mentira que é uma realidade. Quem reagir contra bandido vai preso. É mesmo quem cortar uma árvore. Estamos numa ditadura de esquerda!!!!!

      [Citar]  [Responder]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

For spam filtering purposes, please copy the number 2427 to the field below: