Resistência na Alemanha contra a imigração árabe

6 comentários em "Resistência na Alemanha contra a imigração árabe"

  1. Santos   9 de dezembro de 2016 at 23:06

    As citações do alcorão pelo Geraldo são totalmente concludentes. Será que o Cardeal Marx, alemão, e a chanceler Merkel não conhecem o alcorão? Não vêem eles que a ideologia que move os islamitas não é nada pacifista? Então, por quê esse acolhimento sem sentido, ou, melhor, contra a nação alemã, italiana, francesa…

     
    Responder
  2. Paulo   28 de junho de 2016 at 11:56

    Acredito que a arabia saudita está injetando dinheiro para comprar políticos, bispos e cardeais da igreja católica para abrir a Europa para o islã. Assim também foi quando da invasão islâmica da Espanha e Portugal em 722. Foram bispos e políticos traidores que facilitaram a invasão islâmica. Ninguem mais fala do vaticano quebrado.
    .

     
    Responder
  3. Geraldo   16 de novembro de 2015 at 8:01

    O Alcorão, LIVRO DO ODIO E DISSEMINADOR DA MORTE!
    “O castigo, para aqueles que lutam contra Alah(deus) e contra o Seu Mensageiro(Maomé) e semeiam a corrupção na terra, é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo” – Alcorão, Suratra 5,33. “Ó fiéis, não tomeis por amigos os judeus nem os cristãos; que sejam amigos entre si. Porém, quem dentre vós os tomar por amigos, certamente será um deles; e Alah(deus) não encaminha os iníquos” – Alcorão, Suratra 5,51. “Anseiam (os hipócritas) que renegueis, como renegaram eles, para que sejais todos iguais. Não tomeis a nenhum deles por confidente, até que tenham migrado pela causa de Alah(deus). Porém, se se rebelarem, capturai-os então, matai-os, onde quer que os acheis, e não tomeis a nenhum deles por confidente nem por socorredor” – Alcorão, Suratra 9,89. Mas quanto os meses sagrados houverem transcorrido, matai os idólatras, onde quer que os acheis; capturai-os, acossai-os e espreitai-os” – Alcorão, Suratra 9,5.
    Os muçulmanos aguardam o Mahdi, futuro “salvador” do mundo, devendo ser o anticristo, cujas vias aplainam…
    O aparecimento dessa praga deve-se à apostasia do Ocidente à Igreja católica de sempre, eleição de partidos comunistas, caso Brasil PT, França etc, que são aliados dos muçulmanos, pois onde os Senhores Deus e Jesus Cristo são rejeitados, o diabo toma conta! ..

     
    Responder
  4. Mário Ribeiro de Azevedo Neto   23 de outubro de 2015 at 21:58

    Comentário esclarecedor, oportuno e de grande visão. Abstraindo o aspecto sentimental decorrente das invasões muçulmanas na Europa que “comove” a sociedade mundial, não me deparei para o perigo que significa a enxurrada desses povos no cotidiano das cidades, vilas e povoados milenares europeus e principalmente, aí o perigo, a difusão das ideologias maometanas, muçulmanas, como queiram, no que resta de cristianismo no ocidente. Fato estarrecedor é o apoio incondicional do alto clero ao islã. Obrigado pela palestra, fico no aguardo da próxima, Sr. Frageli, do Instituto Plínio Corrêa de Oliveira.

     
    Responder
  5. Aurelio Tasso de Miranda   19 de outubro de 2015 at 8:53

    Qual o objetivo de toda esta movimentação ? Se estre imigrantes árabes, em sua maioria são de diversas seitas mulçumanas, por que motivo fogem dos países de que são originários ?
    Tudo isto sugere, melhor, indica, uma coordenação a nível internacional, de quem os remete, e também de quem os recebe criando um problema social, que , CERTAMENTE, TERÁ DESDOBRAMENTOS..
    O paralelo que o dr. Nelson Fragelli faz com o MST, aqui no Brasil, vem inteiramente a propósito..
    O que mais acrescenta a essa confusão é a intervenção da falsa “caridade cristã”(*) em toda essa invasão mulçumana em solo europeu, e também, nas propriedades legitimamente adquiridas, em solo brasileiro. Tudo impulsionado pelas autoridades constituídas.
    LÁ E CÁ.
    (*) Porque falsa ? Porque não só, não soluciona, como agrava os problemas existentes.

     
    Responder
  6. Andre Suarez   18 de outubro de 2015 at 11:57

    Isso é um projeto diabólico, liberal e totalmente devastador. Dói meu coração saber que há “cristãos” ajudando a receber terroristas na europa. Eles sofreram lavagem cerebral desde a escola! É preciso que o bom Católico não deixe seus filhos ouvir as opiniões de liberais e satanistas, a não ser para denunciá-los e mostrar o quão abomináveis eles são.

     
    Responder

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado