Clodoaldo põe-se sob a direção de São Severino.

Filho do rei de Orleans, Clodomiro, Clodoaldo nasceu no ano 522,  tendo como irmãos Gontário e Teobaldo. Naqueles tempos primitivos, os dois últimos foram assassinados por seu tios, Childerico, rei de Paris, e Clotário, rei de Soissons, que queriam apoderar-se do trono de Orleans, só escapando Clodoaldo. Os franceses o veneram como Saint Cloud.

Clodoaldo tinha três anos quando perdeu seu pai, ficando sob a tutela de Santa Clotilde, sua piedosa avó. Entretanto, quando seus tios invadiram Orleans e assassinaram seus irmãos usurpando o reino, Clodoaldo, por especial proteção de Deus, conseguiu escapar. Cortou então os cabelos para mostrar que renunciava ao mundo, e se consagrava a Deus. Portanto, renunciava aos seus direitos no trono, deixando de ser um empecilho aos tios.

Clodoaldo pôs-se então sob a direção de São Severino, que vivia numa ermida perto de Paris. Retirou-se depois para a Provença, para levar uma vida recolhida na oração e na penitência. Contudo, como aos poucos sua virtude começou a ser conhecida na região, ele passou a ser muito venerado pelo povo. Voltou então a Paris, onde foi ordenado sacerdote.

A essa altura os tios, vendo que ele não tinha pretensões ao trono, deram-lhe uma pequena propriedade. Lá Clodoaldo construiu uma igreja e um mosteiro, que logo se povoou de varões querendo viver sob sua direção.

Foi o início da cidade que até hoje leva seu nome, nos arredores de Paris. O Santo expirou no dia 7 de setembro de 560, e seu sepulcro passou a ser lugar de peregrinação pelos seus muitos milagres.

 

Gostaria de receber as atualizações em seu email?

Basta digitar o seu endereço de email abaixo e clicar em “Assinar”.

[egoi_form_sync_3]

Deixe uma resposta