Busto de São Vicente de Paula na Basílica Saint Sernin de Toulouse.

São Vicente nasceu a 24 de abril de 1581, em Pouy, Landes, na França, de uma família de lavradores, provavelmente originária da Espanha. Era guardador do rebanho familiar mas, por sua boa inteligência, o mandaram estudar com os franciscanos. Trabalhando como preceptor, conseguiu estudar humanidades. Ordenado sacerdote, numa viagem caiu prisioneiro dos turcos que o venderam como escravo em Tunes, conseguindo dois anos depois sua liberdade. Na França foi conselheiro e capelão da rainha Margarida de Valois. Dedicou-se depois inteiramente ao apostolado com os pobres, reunindo sacerdotes para missioná-los, no domínio dos Gondi. Daí nasceu a Congregação da Missão em 1626. Ao mesmo tempo fomentava a prática dos Exercícios Espirituais, principalmente para o clero. Começou a reunir senhoras que se encarregassem dos pobres que estivessem doentes. Assim formou a primeira confraria da caridade. Multiplicando estas, era preciso uma mulher de pulso para as dirigir. Foi então que apareceu Santa Luisa de Marillac, com quem ele fundou as Irmãs da Caridade.

São Vicente de Paulo foi uma figura extraordinária no seio da Igreja no século XVII. São Francisco de Sales, seu contemporâneo, o considerava “o padre mais santo do século”. E o renomado pregador francês Bossuet, também seu contemporâneo, exclamava: “Que bom deve ser Deus, quando fez Vicente de Paulo tão bom!”. Essa bondade tão grande era fruto de seu amor a Deus, a quem via nos seus semelhantes, e de uma humildade que se manifestava até mesmo em meio das maiores honras. Praticamente não houve, em seu tempo, obra de misericórdia espiritual ou temporal na França, a que São Vicente não estivesse ligado. Ana d’Áustria, que ficou como regente durante a minoridade de Luís XIV, nomeou o Santo para seu Conselho de Consciência, que tratava das questões eclesiásticas. Nele São Vicente esforçou-se para levar seu desejo de renovação religiosa às mais altas esferas, por meio da indicação de bons bispos.

São Vicente morreu quase octogenário, a 27 de setembro de 1660.

Gostaria de receber as atualizações em seu email?

Basta digitar o seu endereço de email abaixo e clicar em “Assinar”.