Início Questão Agrária Invasões de Terra e Reforma Agrária

Invasões de Terra e Reforma Agrária

Indígenas paraguaios no Brasil

As delegacias da Polícia Federal de Guaíra, Cascavel e Foz do Iguaçu, no Paraná, instauraram inquéritos para investigar possíveis irregularidades na emissão dos chamados...

MST rejeita terra doada para fins de reforma agrária

Em 2003, Gilberto Gil, compositor e ex-ministro da Cultura do governo Lula, doou uma propriedade ao MST na zona rural de Cravolândia (BA), a...
Indigenismo

Extorsão indígena

O sudoeste da Colômbia continua inexplicavelmente paralisado, situação que persiste há quase um mês. O exército, a polícia, o governo e o presidente da...

Ramalhete e pragas

Autor: Carlos Vitor Valiense Não existe algo tão belo, romântico e simbólico como as flores. Suas cores, formas e fragrâncias distinguem-nas, mostrando quão única pode...

Prefeito de Guaíra desmente a FUNAI através de fotos via satélite

O gravíssimo problema criado pela invasão de índios (manipulados) em Guaíra e Terra Roxa não afeta apenas o estado do Paraná, agride o direito...

O INCRA precisa mudar de nome

Do novo governo só reclamo que cumpra as promessas consoantes ao bem comum. Solicito, contudo, uma providência simples para o bem do Brasil. Mais...

Nossa agricultura produtiva e sustentável

Tons de verde: a sustentabilidade da agricultura no Brasil — novo livro do chefe-geral da Embrapa Territorial, Evaristo de Miranda, com versão em português e inglês — teve seu pré-lançamento na Frente Parlamentar da Agropecuária, em Brasília. Além de deputados e senadores que compõem a bancada, prestigiou o evento o ministro Blairo Maggi, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que confirmou seu embasamento científico: “O Brasil tem a agricultura mais sustentável do mundo, se comparada com a produção que alcança”. E o autor acrescentou:“Em muitos pontos o nosso País é inigualável. O Brasil é‘verde’, produz com sustentabilidade. Qual a dificuldade de enxergar isso?”.

Delenda est Carthago

Pensava eu com meus botões, fosse outra a educação secundária entre nós, “Delenda est Carthago” seria agora expressão nos lábios de muitos. Em minha...

Mais lidos