02 DE OUTUBRO

– 1187: a cidade de Jerusalém é conquistada pelos muçulmanos comandados por Saladino, pondo fim a 88 anos de ocupação cristã.

Declaração dos Direitos Humanos e do Cidadão: o patriotismo revolucionário francês toma emprestado a iconografia familiar dos Dez Mandamentos da Lei de Deus.

– 1789: durante a diabólica Revolução Francesa, é ratificada a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão.

– 1932: termina a Revolução Constitucionalista, com a vitória das forças federais sobre os paulistas. Estes criticavam a forma autoritária com que Vargas, que subira ao poder com um golpe de Estado em 1930, conduzia a política do país, sobretudo com prejuízo da elite brasileira.

– 1941: durante a II Guerra Mundial, o exército alemão desencadeia a Operação Tufão, contra Moscou. E, em 1944, as forças nazistas de ocupação dominam o levantamento de dois meses em Varsóvia. Morreram 250 mil pessoas.

– 1986: o Senado americano anula o veto do presidente Ronald Reagan às sanções contra a África do Sul, pela política do apartheid.

– 1993: o Papa João Paulo II declara ao diário La Stampa, de Turim, que “o comunismo… tinha aspectos positivos, e sementes de verdade”, o que escandalizou muitos católicos anti-comunistas.

– 2016: a Colômbia recusa, em plebiscito (54,23%vs49,77%) os “acordos de paz” com a narco-guerrilha marxista-leninista FARCs, que comunistizaram o país. Esse acordo tinha o auspício do Papa Francisco, da ONU e da comunidade internacional.

– nesse mesmo ano, nas eleições municipais nacionais, o PT virtualmente desaparece das prefeituras, mostrando o rechaço da população brasileira à sua política esquerdista.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome