03 DE JULHO

1849: – Os franceses entram em Roma para restabelecer o papa Pio IX no poder. Com essa vitória é esmagada a República Romana maçônica, que depusera o Papa, o que se torna no maior obstáculo à unificação da Itália pleiteada pelos revolucionários.

1905: – Vota-se na França a lei estabelecendo a separação clara entre os poderes da Igreja e os poderes do Estado. Não seria aplicada em toda a República, e ainda hoje não está vigente em todo o território francês.

Lula incentivou a violação do sagrado direito de propriedade.

1967: – O Prof. Plinio telegrafa ao embaixador soviético em Brasília, pedindo que a URSS abandone os países ocupados.

1969: – O foguete espacial soviético N1, o maior já construído, explode e destrói a plataforma de lançamento.

1978: – É assinado em Brasília o “Tratado de Cooperação Amazônica” entre o Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela.

1979: – No aeroporto de Entebbe, nas cercanias de Kampala, em Uganda, as Forças de Defesa de Israel realizam uma operação, na qual libertam 105 reféns israelenses em poder de quatro terroristas palestinos, que são mortos.

2003: – O presidente Lula põe o boné do subversivo Movimento dos Sem Terras, desencadeando a maior crise do PT até aquele momento.

2005: – Entra em vigor na outrora catolicíssima Espanha, a legislação que permite o “matrimônio” entre pessoas do mesmo sexo.

Deixe uma resposta