03 DE AGOSTO

1645: – Milagrosa vitória dos luso-brasileiros comandados pelo senhor de engenho e governador de Pernambuco João Fernandes Vieira, na Batalha do Monte das Tabocas contra os invasores holandeses no nordeste do Brasil. Segundo narra a tradição, durante os fortes combates surgiu uma Senhora com uma criança nos braços, que tinha ao lado um ancião barbudo. A crença popular os identificou como Nossa Senhora com o Menino Jesus e Santo Antão, que incentivavam e forneciam armas aos bravos soldados da Cruz. Daí surgiu o dito: “Em Tabocas o céu e a terra se uniram para gerar o Brasil”.

1914: – França, Bélgica e Grã-Bretanha declaram guerra à Alemanha, iniciando a Primeira Guerra Mundial. O estopim foi o assassinato do príncipe do Império Austro-Húngaro, Francisco Ferdinando, em 28 de junho. Até o dia 28, todas as potências terão entrado na guerra, menos a Itália.

1936: – Durante a Guerra Civil na Espanha, a aviação republicana (comunista) bombardeia a Basílica do Pilar, em Saragoça. Apesar de caírem várias bombas sobre o edifício do templo, milagrosamente nenhuma explodiu.

Dom Clemens August Von Galen

1941: – Em Münster, o bispo Clemens August Von Galen (1878-1946), beatificado por Bento XVI em 2005, denuncia do púlpito as práticas de eutanásia executada pelos nazistas contra os enfermos mentais alemães.

1958: – O submarino Nautilus, dos Estados Unidos, propulsionado por combustível atômico, realiza a primeira navegação abaixo da camada de gelo do Polo Norte, do oceano Pacífico ao Atlântico, pela primeira vez na História.

1967: – A TFP chilena pede ao presidente Frei que proíba a instalação no Chile da OLAS, movimento promovido por Fidel Castro.

1984: – Num ato de autoritarismo, a Policía Técnica Judicial venezuelana, invade a Quinta Morela, sede da TFP em Caracas.

1988: – A Assembleia Nacional Constituinte do Brasil decreta o fim da censura e da tortura, além da volta das liberdades de expressão intelectual e de imprensa no país, o que dá novamente liberdade para a pregação esquerdista no país.

Deixe uma resposta