04 de abril

1541: – Santo Inácio de Loyola é eleito primeiro Superior dos Jesuítas.

1609: – Na Espanha, o rei Felipe III assina o decreto de expulsão dos mouriscos.

1791: – Durante a Revolução Francesa, a igreja da padroeira de Paris é transformada no Pantheon para “homens célebres”.

1814: – Napoleão abdica pela primeira vez.

1849: – A Áustria incorpora a Hungria a seu Império, o que daria lugar, em 1867, ao Império Austro-Húngaro.

1919: – Sobe aos céus o Beato Francisco Marto, vidente de Fátima.

1949: – Em Washington, doze países assinam o Tratado do Atlântico Norte, criando assim a Nato, aliança militar que contempla a defesa coletiva mediante estreita colaboração militar, contra uma possível agressão soviética.

1968: – O pastor batista e líder espiritual do “poder negro” nos Estados Unidos, Martin Luther King Jr., é assassinado em Memphis, o que detona uma onda de violência que se estenderá em todo o país.

Livro “A Igreja ante a Escalada da ameaça comunista” apresenta o quadro histórico e a vista panorâmica da infiltração comunista na Igreja no Brasil.

1960: – Na clínica São Lucas, de Houston (Texas) realiza-se o primeiro implante de um coração artificial.

1973: – É inaugurado em Nova York o World Trade Center.

1977: – Segundo artigo de Rocco Morabito em O Estado de São Paulo: “Em várias épocas era possível encontrar, em mesas de trabalho do Vaticano, algumas cópias do livro de Plinio Corrêa de Oliveira — ‘A Igreja ante a escalada da ameaça comunista'”.

1989: – Manifesto da TFP colombiana: “Cuando dijeren ‘Paz y seguridad’ caerá sobre ellos la muerte repentina”.

1997: – Para espanto dos católicos, o papa João Paulo II faz, na Sexta Feira Santa, o Via Crucis Feira com texto redigido pelo Patriarca da igreja ortodoxa armênia, Karekin I.

Deixe uma resposta