06 de abril

1250: – No Egito, o rei São Luís da França, participando da Sétima Cruzada, cai em poder dos muçulmanos na batalha de Fariskur.

1722: – O imperador russo Pedro I, o Grande, impõe um tributo de 50 rubros sobre as barbas que levam os fiéis ortodoxos.

Entrada do edifício onde funcionou o Comitê de Salvação Pública.

1793: – Durante a Revolução Francesa, é criado o Comitê de Salvação Pública.

1804: – Napoleão se coroa Imperador na catedral de Notre Dame.

1814: – Luís XVIII, irmão do rei Luís XVI, que foi guilhotinado pela Revolução Francesa, é coroado rei com a abdicação de Napoleão, num país ocupado pelas tropas triunfantes dos aliados. Converte-se assim no primeiro monarca da Restauração Bourbonica.

1917: – Durante a I Guerra Mundial, o Congresso americano declara guerra à Alemanha.

1968: – Começa a chamada Primavera de Praga na Checoslováquia, levantamento contra o regime fiel a Moscou.

1972: – O presidente comunista do Chile, Allende, veta a emenda constitucional que exige a aprovação do Congresso para realizar expropriações.

1984: – A TFP equatoriana denuncia como pró-marxista o candidato favorito nas pesquisas, e determina a sua derrota nas eleições.

1987: – Morte do “milhardário vermelho” Jean-Baptiste Doumeng, francês que fez gigantescos negócios em favor da Rússia.

1994: – A morte violenta do presidente de Ruanda, Juvenal Habyarimana, no aeroporto de Kigali, desencadeia o genocídio de cerca de 800 mil pessoas da etnia tutsi.

1995: – O Cardeal de Viena renuncia à presidência da Conferência Episcopal austríaca sob acusações de pedofilia e homossexualismo

2017: – Os Estados Unidos realizam um bombardeio aéreo em Shayrat, na Síria, lançando 59 mísseis de uma base aérea.

Deixe um comentário!