07 DE SETEMBRO

1822: – Tendo as Cortes em Portugal exigido o regresso imediato do Príncipe D. Pedro àquele país, ameaçando enviar tropas para o Brasil o príncipe, recebendo esta exigência em viagem a São Paulo proclama, nas margens do riacho Ipiranga, a independência de nosso país do Reino de Portugal. Desse modo nesse dia o Brasil nasceu como nação livre. D. Pedro foi aclamado Imperador a 12 de Outubro, e coroado a 1º de dezembro.

1961: – O socialista João Goulart assume a Presidência da República sob o regime parlamentarista. Este fora adotado para pôr fim à grave crise política começada pela renúncia de Jânio Quadros. Jango seria deposto por um golpe militar por causa de sua política extremista.

1974: – Em carta, a TFP uruguaia pede ao arcebispo de Montevidéu, Mons.Partelli, tão zeloso pelos direitos humanos dos terroristas, que se comova pela injusta proibição das atividades da TFP pelo governo do país.

1978: – A TFP publica a nota “Destemor não é radicalismo”, comunicando a suspensão de suas campanhas públicas durante o período pré-eleitoral, para evitar provocações no conturbado Brasil.

Deixe uma resposta