13 DE ABRIL

1791: – O papa Pio VI condena o juramento à Constituição Civil do Clero, promulgado pela Revolução Francesa, por ser cismático, exigido pelos revolucionários a todo o clero e religiosos do país.

1829: – No Reino Unido o Parlamento dá liberdade de culto e associação aos católicos.

1831: – o Imperador do Brasil, Dom Pedro I, depois de ter assinado sua abdicação ao trono brasileiro, embarca em uma fragata inglesa para a Europa.

1870: – Cria-se em Nova York o Metropolitan Museum of Art.

1943: – Durante a II Guerra Mundial, descobre-se em Katyn, na URSS, uma fossa com os cadáveres de 4 mil oficiais poloneses executados friamente pelos russos. Faziam parte dos prisioneiros tomados em 1939.

1950: – Invasão e confisco massivo dos conventos na Checoslováquia.

1975: – Começa uma cruenta guerra civil no Líbano entre cristãos e muçulmanos, que durará 15 anos, com intervenções de Israel e da Síria, segundo seus interesses na zona.

Guerra das Malvinas: a batalha das TFPs contra a interferência de Moscou. Sócios e cooperadores da TFP brasileira percorrem as ruas das principais capitais para anunciar ao público, por meio de slogans e cartazes, a publicação do documento [acima, em pleno Viaduto do Chá, em São Paulo].
1982: – Comunicado TFP argentina sobre a crise das Malvinas: “La independencia de la Argentina católica ante la efectividad de la soberania e nun territorio insular”.

1983: – A TFP do Chile publica a “Carta abierta a los obispos ignotos”, pedindo que o Episcopado pare de favorecer a subversão.

1986: – O papa João Paulo II visita a Sinagoga de Roma, fato que se verificou pela primeira vez na História.

2013: – Francisco I anuncia criação de Conselho de Cardeais que participará no exercício do Papado. Isso significa uma introdução da democracia na Igreja.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here