13 de maio

1647: – Um forte terremoto destrói Santiago do Chile. Seus efeitos se estenderam desde Cuzco até Valdívia e, no oriente, até Cuyo.

1767: – Nasce o rei D. João VI em Portugal. Foi rei do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, cognominado O Clemente, reinou na prática de 1816 a 1822, e de 1822 a 1825; por direito foi rei de Portugal até sua morte, em 1826. Pelo Tratado do Rio de Janeiro, de 1825, que reconhecia a independência do Brasil, foi o imperador titular do Brasil, embora tenha sido seu filho Pedro, o imperador do Brasil na prática.

1787: – O capitão Artur Phillip deixa o porto de Portsmouth, na Inglaterra, com uma frota de onze barcos cheia de convictos, para estabelecer a primeira colônia de presidiários da Austrália.

1809: – Napoleão Bonaparte toma Viena.

1846: – Os Estados Unidos invadem o México. Em quatro anos de guerra, arrebata-lhe as regiões do Texas, Califórnia, Arizona e Novo México, entre outras.

1861: – Durante a Guerra Civil americana, a rainha Vitória, do império britânico, proclama “neutralidade”, e reconhece os direitos dos Estados separatistas.

1871: – Após a unificação italiana, é decretada a Lei das Garantias, que ratifica a posse do Vaticano pelo Papa.

1888: – É sancionada a Lei Áurea, declarada pela princesa regente Isabel em nome do imperador D. Pedro II, publicada em vários jornais da época.

1930: – O aviador francês Jean Mermoz aterrissa em Natal, depois de cruzar o Atlântico em 21 horas e 12 minutos.

1940: – Winston Churchill pronuncia na Câmara dos Comuns, durante a II Guerra Mundial, seu famoso discurso: Sangue, esforço, suor e lágrimas.

– A rainha Guilhermina da Holanda se traslada para Londres, e o Governo holandês sai de La Haya diante do avanço alemão.

1943: – Capitula o famoso “Afrika Korps” com a rendição do marechal Rommel, três dias depois das tropas germano-italianas se renderem.

1981: – O papa João Paulo II sofre um atentado a tiro levado a cabo pelo turco Ali Aga, na Praça de São Pedro, durante uma audiência coletiva com mais de 15 mil fiéis.

1917: – Primeira aparição de Nossa Senhora em Fátima, aos três pastorzinhos Lúcia, Francisco e Jacinta.

1946: – Coroação de Nossa Senhora de Fátima Rainha da Paz e do Mundo.

1958: – Fracassado putch de militares direitistas francesas para evitar a entrega da Argélia ao comunismo.

1965: – O Cardeal Legado do Papa Paulo VI entrega ao bispo de Leiria-Fátima a Rosa de Ouro, uma das mais altas distinções da Santa Sé.

– 1965: – O grupo de Fiducia, que deu origem à TFP chilena, entrega uma interpelação a Frei no palácio presidencial (SR. NILO: completar)

1967: – Paulo VI visita o Santuário de Fátima.

– Entram no ar as primeiras emissões da TV Bandeirantes, em São Paulo.

– A TFP brasileira promovo Missa pública na igreja Nossa Senhora do Paraíso, pelo 60º aniversário das aparições de Nossa Senhora em Fátima.

– Israel anexa parte árabe de Jerusalém, e fica dona total da Cidade Santa.

1968: – Greve geral na França e grande manifestação marca o ápice da Revolução da Sorbonne.

1970: – Fundação da TFP uruguaia.

1500 católicos reuniram-se para protestar e fazer reparação em frente aos escritórios da Planned Parenthood na 7ª Avenida em Nova York.

1978:Manifestação da TFP americana na 7ª Avenida, em frente à sede Planned Parenthood, que publicara um folheto blasfemo defendendo o aborto.

1982: – Em Granada, na Espanha, uma imagem de Nossa Senhora das Lágrimas chora sangue.

1992: – O Parlamento da Ucrânia anula a declaração de independência da Criméia, aprovada uma semana antes pelo Legislativo regional.

1995: – O duque de Bragança, Dom Duarte Pio, herdeiro do trono português, casa-se com Isabel de Herédia, no mosteiro dos Jerônimos, em Lisboa. A cerimônia foi transmitida pela Rádio Televisão Portuguesa.

2000: – João Paulo II beatifica os videntes Jacinta e Francisco Marto, e anuncia a revelação “oficial” da terceira parte do segredo de Fátima.

2002: – No Brasil, Fernando Henrique Cardoso lança o Plano Nacional dos Direitos Humanos, resumo de aberrações anti-cristãs.

2006: – Motins de São Paulo. Ataques a mais de 50 esquadras, bases da polícia militar e outras instalações das forças de segurança brasileiras no Estado, pela organização criminosa auto-denominada Primeiro Comando da Capital. Motins em 80 estabelecimentos prisionais. Há 30 mortos, entre os quais 23 polícias.

2009: – O Presidente brasileiro Lula da Silva é distinguido com o Prêmio Félix Houphouet-Boigny para a procura da paz.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here