13 DE NOVEMBRO

354: – nascimento de Santo Agostinho em Hipona, no norte da África (m. 430).

1460: – morre o infante D. Henrique, terceiro filho do rei D. João I (fundador da dinastia de Avis) e de Da. Felipa de Lencastre, no Porto. O infante foi o grande impulsionador dos descobrimentos portugueses com sua escola de Sagres, de onde saíram famosos navegadores.

Francesco Bartolozzi (a partir de desenho de L’Evêque) Departure of His R. H. the Prince Regent of Portugal for the Brazils. the 27 th. nov. 1807, 1815 gravura, água-forte

1807: – A família real portuguesa foge para o Brasil na sequência da invasão do país por tropas napoleônicas.

1964: – durante uma cerimônia solene na basílica de São Pedro, Paulo VI, num gesto inesperado, oferece a sua tiara aos pobres, como sinal da solicitude da Igreja para com os desfavorecidos. Aos poucos vai se acabando toda a pompa que dignificava tanto a Sé Apostólica.

1972: – a TFP promove conferência do embaixador de Formosa, no Clube São Paulo.

1974: – Yasser Arafat, líder da OLP, defende, na Assembléia Geral da ONU, a criação de um estado palestino congregando cristãos, muçulmanos e judeus.

1975: – É publicado na imprensa o manifesto da TFP: “Não se iluda, Eminência”, mensagem à CNBB deplorando a “Declaração de Itaici” contrária à repressão anti-comunista.

1977: – a TFP venezuelana responde a ataques de dois arcebispos com “Si dos ciegos guían a otro ciego”.

1981: – Explode uma segunda bomba na sede da TFP em Bogotá.

1984: – Em meio a furibundo estrondo publicitário, é fechada a associação Resistência, co-irmã das TFPs, na Venezuela.

1985: – A erupção do vulcão Nevado del Ruiz, na Colômbia, inativo há 400 anos, soterra três cidades da região. Morrem 70 mil pessoas.

2015: – uma série de atentados islâmicos matam 129 pessoas e ferem mais de 400 em Paris, desencadeando uma onda de terror no Ocidente.