14 de maio

841: – Os bárbaros vikings, liderados por Oscherus, começam a incursionar frequentemente pelo vale do rio Sena, roubando as aldeias até Rouen. Saquearam também mosteiros, e a abadia de Saint Wandrille, de Fontenelle, só se livrou do roubo mediante o pagamento de seis libras de prata.

1264: – Na batalha de Lewes, na França, é capturado o rei Henrique III, da Inglaterra, o que torna Simão de Montfort governante de fato desse país.

1608: – Em Auhausen, na Alemanha, funda-se a União Protestante.

1610: – Em Paris, morre Henrique IV, apunhalado na véspera por François de Ravaillac, um católico um tanto desequilibrado, pela política do rei um tanto favorecedora do protestantismo. Seu filho, Luís XIII, sobe ao trono.

1643: – Na França, Luís XIV, de quatro anos de idade, é coroado rei pela morte de seu pai, Luís XIII. Sua mãe, Ana d’Áustria, assume a regência, governando com o Cardeal Mazarino. Luís XIV reinará até aos 76 anos de idade, depois de 72 anos de reinado.

1769: – O rei da Espanha Carlos III, envia missionários franciscanos para a Califórnia, que fundarão San Diego, Santa Bárbara, San Francisco e Monterrey, começando a colonização do território.

1811: – Começa a circular no Brasil o periódico Idade d’Ouro do Brazil, primeira gazeta da Bahia, e segunda do Brasil.

1833: – O Parlamento britânico aprova a abolição da escravidão dos negros.

1913: – William Sulzer, governador de Nova York, aprova os estatutos da Fundação Rockefeller, a qual começa suas operações com uma doação de 100 milhões de dólares, de John D. Rockefeller.

1931: – Na Itália, um grupo de fascistas golpeia o compositor e dirigente de orquestra Arturo Toscanini por negar-se a executar com sua orquestra o hino fascista.

1940: – Os Países Baixos se rendem à Alemanha.

1945: – É estabelecida a república “democrática” na Áustria.

1948: – Em Tel Aviv, David Ben-Gurion declara a independência do Estado de Israel, primeiro Estado judeu em 2 mil anos, e nomeia presidente provisório ao cientista Chaim Weizmann. Imediatamente depois da declaração, os estados árabes do Egito, Síria, Líbano e Jordania atacam o novo país.

1955: – Os países do Leste europeu, incluindo a URSS, constituem o Pacto de Varsóvia, em contraposição à NATO.

1962: – O príncipe João Carlos de Borbon, futuro rei João Carlos I da Espanha, casa-se em Atenas com a princesa Sofia, filha dos reis da Grécia.

1964: – Nos Estados Unidos, o presidente Lyndon Johnson proíbe a todos os países do mundo que vendam medicamentos ou alimentos a Cuba. No dia seguinte um editorial do New York Times assinala: “Não é esta a maneira de ganhar a Guerra Fria contra Cuba, nem o modo de apresentar ao mundo uma imagem de um Estados Unidos civilizado”.

1968: – A Universidade da Sorbonne se auto-proclama comuna livre.

1975: – Inicia-se no Rio Grande do Sul o maior “estrondo publicitário” contra a TFP, com dimensão nacional.

D. Juan de Bourbon, Conde de Barcelona.

1977: – Em Madri, D. João III de Bourbon renuncia a seus direitos à coroa espanhola em favor de seu filho João Carlos.

1978: – Os Estados Unidos e a China assinam o primeiro acordo comercial, depois de 30 anos de afastamento.

1991: – Jiang Qing, viúva de Mao Tse-Tung, suicida-se depois de 15 anos de prisão.

2005: – No Brasil estala a crise política conhecida como “escândalo do mensalão”.

2006: – Segunda noite de violência em São Paulo, com ataques a instalações policiais desencadeados pela organização criminosa Primeiro Comando da Capital. Aumenta para 52 o número de mortos.

2011: – O socialista Dominique Strauss-Khan, apontado como provável futuro presidente da França e presidente do Fundo Monetário Internacional, I é preso no aeroporto de New York por crime sexual.