15 DE NOVEMBRO

1884: – Dá-se o início da Conferência de Berlim, cujo objetivo é a repartição das colônias africanas.

“Proclamação da República”, 1893, óleo sobre tela de Benedito Calixto (1853-1927). Acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo

1889: – golpe de Estado militar liderado pelo marechal Deodoro da Fonseca derruba o imperador Pedro II, e proclama a República.

1920: – a assembléia da Liga das Nações realiza a primeira reunião em Genebra.

1927: – começam as emissões da norte-americana NBC, com uma rede de 27 estações de rádio.

1979: – o Prof. Roger Fontaine, da Universidade de Georgetown, faz uma conferência no auditório São Miguel, da TFP brasileira.

1980: – O Papa João Paulo II reafirma a condenação da Igreja Católica ao divórcio, aborto, e das relações sexuais pré-conjugais, numa comunicação em Colônia, Alemanha.

“Les têtes tombent”, do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira

1983: – lançamento na França do livro contra o socialismo autogestionário “Les têtes tombent”, do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira.

1984: – o sínodo geral da Igreja anglicana aprova a moção que prevê a entrada de mulheres no sacerdócio.

1988: – manifesto da TFP colombiana: “Cómo se destruye un país: mientras la dictadura guerrillera desintegra la nación, las reformas socialistas y confiscatorias la demuelen”.

1989: – Primeiras eleições presidenciais diretas no Brasil, levam ao segundo turno os candidatos Collor de Mello e Lula da Silva.

1993: – o Presidente dos bispos franceses recebe o Dalaï-Lama dentro da basílica de Lourdes.

2006: – a Assembléia Geral da ONU aprova resolução impulsionada pela União Européia que, pela primeira vez, exorta à declaração de uma moratória internacional na aplicação da pena de morte.