17 DE JUNHO

Pio VI condenou reiteradas vezes a falsa concepção de liberdade e de igualdade. No Consistório Secreto de 17 de junho de 1793, confirmando as palavras da Encíclica Inscrutabile Divinae Sapientiae de 25 de dezembro de 1775.

1793: – Pio VI condena a falsa concepção da igualdade e liberdade da Revolução Francesa.

1856: – Primeira Convenção do Partido Republicano dos Estados Unidos, em Filadélfia.

1885: – Chega a Nova Iorque a Estátua da Liberdade, oferecida pela França para comemorar os 100 anos da Independência dos Estados Unidos (1776-1886).

1940: – Durante a II Guerra Mundial, o navio RMS Lancastria é afundado pela Luftwaffe alemã perto de Saint-Nazaire. Morrem 3 mil pessoas.

– As três repúblicas bálticas caem sob a ocupação soviética.
– O General De Gaulle funda em Londres, o Comitê Nacional da França Livre, para coordenação da resistência à ocupação nazista na França.

1953: – Sublevação na Alemanha comunista. Uma revolta obreira em Berlim Oriental exigindo maiores salários, mais liberdade pessoal, e a reunificação das Alemanhas é esmagada violentamente com tanques pelo Exército Vermelho.

1992: – Os presidentes Bush e Boris Yeltsin assinam históricos acordos sobre a redução dos arsenais nucleares de seus países, e de Cooperação e Amizade entre ambas nações.

1992: – É atribuído o prêmio da Associação Portuguesa de Escritores ao romance do comunista José Saramago, “Evangelho Segundo Jesus Cristo”.

1999: – Morre o ex-governador de São Paulo André Franco Montoro, fundador do PDC e adversário assanhado da TFP.

Deixe uma resposta