20 DE NOVEMBRO

Cardeal de Richelieu, Duque de Richelieu e Duque de Fronsac. Detalhe da pintura de Philippe de Champaigne (1602 – 1674)

1616:– Armand Jean Du Plessis, futuro Cardeal de Richelieu e primeiro-ministro de Luís XIII, inicia a ascensão, integrando o conselho de regência de Maria de Medicis.

1695: – O líder revolucionário e ativista Zumbi é morto no Quilombo dos Palmares pelas tropas do bandeirante Domingos Jorge Velho

1945: – Começa o julgamento de 24 dirigentes nazistas acusados de crimes de guerra e contra a humanidade no Tribunal de Nuremberg, na Alemanha.

1947: – Publicação da encíclica “Mediator Dei”, na qual Pio XII condena erros do liturgicismo que haviam sido denunciados pelo Prof. Plínio Corrêa de Oliveira em seu célebre livro “Em Defesa da Ação Católica”.

1959: – A Assembléia Geral da ONU adota o texto da Declaração sobre os Direitos da Criança.

1973: – Em Madrid, terroristas da ETA assassinam o almirante Carrero
Blanco, provável sucessor de Franco.

1975: – Morre o ditador espanhol Francisco Franco, aos 83 anos.

1980: – As Nações Unidas apelam à URSS, pela segunda vez, para a retirada das tropas do Afeganistão.

1984: – O jornal Izvestia, órgão oficial do governo soviético. externa sua solidariedade com a orquestrada campanha na Venezuela contra a Associação Civil Resistência, co-irmã das TFPs.

1999: – Morre o político italiano Amintore Fanfani, 91 anos, fundador da Democracia Cristã.

2006: – A Comissão Européia propõe o fim da comercialização de peles de cães e gatos na União Européia.

2010: – Pela primeira vez um Papa, Bento XVI, admite a utilização do preservativo “em certos casos”, desde que “para reduzir os riscos de contaminação do vírus da sida”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here