22 de abril

1073: – O monge Hildebrando é eleito papa com o nome de Gregório VII. Será um dos maiores papas da Igreja.

1370: – Hugo Aubriot, preboste dos mercadores de Paris, coloca a primeira pedra na que será a Bastilha, cuja demolição em 1789 marcará o início da Revolução Francesa.

1418: – Encerra-se o Concílio de Constança, que põe fim ao Grande Cisma do Ocidente.

1451: – Nasce em Madrigal de las Altas Torres, na Espanha, Isabel a Católica.

1500: – Data oficial da descoberta do Brasil pela armada de Pedro Álvares Cabral.

1821: – D. João VI delega a regência do Brasil ao seu filho D. Pedro.

1842: – Redescoberta dos manuscritos do Tratado da Verdadeira Devoção, de São Luis Grignion de Montfort.

1864: – O Congresso americano aprova frase “In God we trust” no dólar.

1870: – Nascimento do revolucionário comunista Lenin.

O Vaticano e a China não mantêm relações diplomáticas desde 1951, depois que Pio XII excomungou dois bispos indicados pelo governo chinês que, por sua vez expulsou o núncio apostólico, que se estabeleceu na ilha de Taiwan.

1915: – Na I Guerra Mundial as tropas alemãs utilizam pela primeira vez um gás letal no campo de batalha, matando ao menos 5 mil soldados, e contaminando as trincheiras inimigas. O terrível balanço final dessa guerra será que uma quarta parte dos projéteis terão contido agentes químicos, que mais de 100 mil pessoas morreram, e que até 1 milhão de ex-combatentes teriam ficado feridas pelo uso de gazes durante a contenda.

1951: – O papa Pio XII proíbe sagrações episcopais não autorizadas na China comunista. Em represália o Núncio é expulso e são sagrados bispos patrióticos.

1984: – Pela primeira vez o Domingo de Páscoa é celebrado na URSS e na China.

1997: – O exército peruano invade a residência do embaixador japonês, em Lima, Peru, libertando as 72 pessoas sequestradas por um comando revolucionário Tupac Amaru.

2000: – Policiais americanos raptam o menino cubano Elián na casa de seu tio, e o enviam ao pai, agente de Castro, em Cuba.

2007: – Entra em vigor a nova Lei do aborto em Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here