22 DE SETEMBRO

Se hoje vivemos a angustiante insegurança jurídica ela se deve, em grande medida, aos constituintes que não consideraram os alertas contidos no trabalho de análise do Projeto de Constituição feito por Plinio Corrêa de Oliveira.

1792: – Durante a diabólica Revolução Francesa, depois de abolida a monarquia, neste dia é proclamada a I República francesa.

1897: – Antônio Conselheiro, organizador do Arraial dos Canudos e líder religioso é morto na luta empreendida contra tropas do Governo, acusado de querer restaurar a monarquia.

1929: – 1º artigo do jovem Plínio Corrêa de Oliveira no Legionário: “Uma universidade católica”.

1973: – Reportagem no Paris Match sobre Frei: “Puseram-lhe um rotulo terrível: Kerensky, fato que lhe causa uma cólera sombria, porque no fundo de si mesmo ele se pergunta se não é verdade”.

1988: – A Assembleia Nacional Constituinte aprova o texto definitivo da nova Constituição brasileira.

Deixe uma resposta