26 DE ABRIL

E na praia da Coroa Vermelha, em Porto Seguro, litoral sul da Bahia, no dia 26 de abril de 1500, domingo, foi celebrada a primeira Missa em solo brasileiro.
O escrivão Pero Vaz de Caminha descreve o acontecimento em uma carta ao rei de Portugal, D. Manuel: “Depois de 47 dias navegando pelo oceano Atlântico, ao chegarem à praia da Coroa Vermelha, dois carpinteiros fizeram uma Cruz e a plantaram na areia”.
A Missa foi celebrada pelo Frei Henrique, com mais alguns clérigos. Participaram da celebração mil homens, entre oficiais e marinheiros, e cerca de duzentos índios, que acompanhavam o que acontecia com atenção, respeito e adoração.

 

 

 

 

1500: – É celebrada a primeira Missa no Brasil, por Frei Henrique de Coimbra.

1915: – Durante a I Guerra Mundial, os Aliados e a Itália assinam o Tratado de Londres, acordo secreto pelo qual os Aliados oferecem à Itália compensações territoriais se declara guerra à Áustria.

1933: – Fundação da Gestapo, a força policial secreta oficial da Alemanha nazista.

1965: – É inaugurada no Rio de Janeiro a TV Globo, que se tornaria a Rede Globo de Televisão, cujas transmissões amorais e imorais – principalmente suas novelas de fundo erótico – causam enorme dano ao público brasileiro.

1973: – O Brasil e o Paraguai firmam o Tratado que permite construir a central hidroelétrica de Itaipú, a mais potente do mundo, no rio Paraná, no limite entre os dois países.

1986: – Explosão de um reator nuclear na planta de Chernobil, ao norte da Ucrânia então parte da URSS, em meio a uma prova na qual se simulava um corte elétrico, causa a pior catástrofe nuclear da História. 31 pessoas morrem imediatamente, 135 mil serão evacuadas, e 215 mil transferidas depois. Ademais, 30 mil pessoas morrerão nos dez anos seguintes. A contaminação ambiental resultante foi 200 vezes maior em reatividade que as bombas de Hiroshima e Nagasaki juntas.

Deixe uma resposta