Início Buscar

Decreto presidencial nº 8.243 - resultados da busca

Se você não gostou dos resultados, por favor, faça outra pesquisa

O Decreto presidencial nº 8.243 ou a sovietização do Brasil pelo...

Frei Betto enaltece o D8243 — que ele considera fruto de iniciativas análogas anteriores — e lamenta que o mesmo seja editado somente 11...

Canal Rural comenta o golpe de Estado incruento através do Decreto...

Assista ao vídeo acima do programa Mercado & Companhia, do Canal Rural. Para mais informações, leia o comunicado do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira...

Plenário aprova projeto que cancela o decreto de sovietização do Brasil

Plenário aprova projeto que cancela a Política Nacional de Participação Social O Plenário da Câmara aprovou nesta terça-feira o projeto (PDC 1491/14) que anula o...

CNBB defende Decreto presidencial que levará o Brasil rumo ao modelo...

O Instituto Plinio Corrêa de Oliveira alertou a opinião pública sobre os perigos do Decreto presidencial 8.243, em comunicado intitulado “Importante passo rumo ao...

O Decreto de Dilma Rousseff e a intrigante e ameaçadora “dualidade...

Sempre é bom recordar. O comunismo tomou o poder na Rússia durante a Primeira Guerra Mundial (em 1917). Como foi que isso se deu? É...

Comunicado: Importante passo rumo ao modelo venezuelano

O País atravessa momentos de turbulência político-social, inéditos e perplexitantes. Tensões induzidas, greves em serviços essenciais, depredações, saques. Grupos de chamados “sem-teto”, marchas do MST e de reais ou fictícios indígenas, manipulados por ONGs ou instituições como o Conselho Indigenista Missionário-CIMI - invadem terrenos e prédios urbanos, sendo recebidos, após seus atos criminosos, por autoridades – até mesmo pela Presidente da República – tornando assim o poder público e a sociedade refém de seus desígnios ideológicos. Por outro lado, grupos extremistas anti-sistema, estilo “Black Bloc”, promovem atos de protesto espalhando a violência urbana, planejada e calculada, de modo a lançar o caos e atacar símbolos do capitalismo, no exercício do que qualificam como “ilegalidade democrática”. Por fim, diante do alastrar-se de fatores de incompreensão e de indignação, nas camadas profundas da população, em relação ao governo da Presidente Dilma Rousseff e ao Partido dos Trabalhadores, vozes como a do ex-Presidente Lula tentam disseminar um clima de luta e de ódio de classes, tão avesso ao sentir do brasileiro comum. * * * É neste contexto tumultuado que surge um gravíssimo ataque às instituições e à ordem constitucional vigente, perpetrado através do Decreto presidencial nº 8.243, cuja efetivação poderia ser qualificada com uma tentativa de golpe de Estado incruento. O Instituto Plinio Corrêa de Oliveira faz um apelo às forças vivas da Nação para que, num concerto geral dos espíritos clarividentes, alertem para o perigoso rumo ao qual nos encaminha o Decreto 8.243, obstruindo-lhe legalmente o caminho.

Miséria e pesadelo nos hospitais venezuelanos

Os hospitais privados venezuelanos estão entrando no apavorador esquema dos hospitais cubanos.Para os cidadãos, inclusive os que têm seguro médico, o pesadelo virou realidade, segundo...

Movimento homossexual agride fisicamente os jovens católicos

A Cruzada pela Família, promovida pelo Instituto Plinio Corrêa de Oliveira, está percorrendo o Brasil fazendo uma campanha ordeira e pacífica contra as leis...

Brasil: o PNPS, gol de Dilma

Poucos dias antes do começo da Copa do Mundo, a presidente Dilma Rousseff lançou um preocupante gol político de meio de campo, que passou...

MAIS LIDOS DA SEMANA

MAIS PROCURADAS