A caminho da pedofilia e da bestialidade

Caros leitores, chegamos ao paroxismo de maldades inauditas. Já assistimos a aprovação de um partido promotor da pedofilia na Holanda2 e o aparecimento de termos como “amor intergeneracional”3 para dar ares de legitimidade à pedofilia.

Mas, quando pensamos que já não se poderia ofender mais a Deus, surge a ponta de um novo iceberg feito de águas imundas. Leiam a notícia abaixo, que fala por si.

Quem não acredita no processo revolucionário que faz da tolerância a palavra de ordem, um talismã para alcançar a mudança das mentalidades, não percebeu nada dos verdadeiros métodos e objetivos dos inimigos de Deus e dos homens.

Acredita, leitor, que há ativistas que querem que a lei proteja a bestialidade? E tudo em nome da liberdade e da tolerância.

Alemanha tenta mudar lei para proibir sexo com animais

Ativistas pró-bestialidade prometem recorrer na Justiça se proibição for aprovada: ‘Animais são mais fáceis de ser compreendidos do que mulheres’, diz defensor

BBC Brasil | 28/11/2012 11:14:27

A coalizão de partidos que governa a Alemanha está tentando aprovar modificações na legislação do país para proibir bestialidade – a prática de sexo com animais.

O comitê de agricultura do Parlamento alemão está considerando emendas que estabelecem multas de até 25 mil euros (mais de R$ 65 mil) para quem praticar bestialidade. A votação final sobre o tema acontecerá no dia 14 de dezembro no Bundestag, a câmara baixa do Parlamento alemão.

A bestialidade foi legalizada na Alemanha em 1969 para casos em que o animal não seja maltratado “de forma significativa”. Esta lei era alvo de ativistas pró-direitos dos animais.

O diretor do comitê parlamentar alemão, Hans-Michael Goldmann, disse ao jornal Tageszeitung que o objetivo da nova lei é esclarecer quais práticas não são permitidas. “Com esta proibição explícita, ficará mais fácil impor penas que melhorem a proteção aos animais”, disse ele. O projeto de lei estabelece multas para quem pratica “ações que não são da natureza das espécies”.

Alguns alemães são contrários à mudança na lei. Um grupo de ativistas chamado Engajamento Zooófilo pela Tolerância e Informação (Zeta, na sigla em alemão) diz que vai entrar na Justiça contra a nova lei, caso ela seja aprovada.

“É impensável que qualquer ato sexual com animal seja punido, mesmo sem provas de que o animal tenha sido maltratado”, disse Michael Kiok, diretor do Zeta. Para ele, os animais são capazes de expressar de diversas formas o que gostam ou não gostam. “Nós vemos animais como parceiros, e não apenas como meios para obter satisfação. Nós não os obrigamos a fazer nada. Animais são mais fáceis de ser compreendidos do que mulheres”, disse Kiok.

A bestialidade é proibida em diversos países europeus, como Holanda, França e Suíça. Na Grã-Bretanha, o crime dava prisão perpétua, mas em 2003 a pena foi reduzida para dois anos.

Outros países, como Bélgica, Dinamarca e Suécia, permitem a bestialidade. Na Suécia, há discussões para mudanças na lei semelhantes às que estão sendo propostas na Alemanha.

Fontes: 1 – Pedófilos criam partido político na Holanda http://noticias.terra.com.br/popular/interna/0,,OI1027786-EI1141,00.html

2 – Conheça os líderes universitários que estão tentando redefinir a pedofilia como “intimidade intergeracional” http://noticiasprofamilia.blogspot.com

3 – http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/bbc/2012-11-28/alemanha-tenta-mudar-lei-para-proibir-sexo-com-animais.html

 

6 COMENTÁRIOS

  1. Não sei como alguém tem a coragem de se relacionar intimamente com um animal,por isso o nome:”Bestialidade” o homem virando uma BESTA do demônio.Com esta aberração o ser humano conseguiu trazer essas doenças para o nosso meio,doenças que antes pertencia somente aos animais, agora está também presente nos seres humanos.Bem que, quando eu era criança,há uns trinta anos atrás,já ouvia dizer que no fim dos tempos as pessoas se transformariam em bicho, mas pensava eu, que seria de uma forma literal.

     
  2. É isso aí! Para quem se acostumeou a desobedecer as leis naturais, as demais leis para eles não significam nada também. Acredito ainda que em toda e qualquer sociedade deve existir O PROIBIDO, O PERMITIDO E O OBRIGATÓRIO. Se suprimirem o proibido, logo o caos se instalará, pois não se cumprirão o obrigatório e tudo praticamente será então permitido.
    Outra coisa que me chama a atençao é que tudo o que acontece no mundo, principalmente o que é mal, há uma divulgação extrema, e ficamos sabendo das noticias sem sequer saber como embricar respostas contrárias. Ora sabemos das leis da natureza. Sabemos da Lei de Deus! Sabemos que devemos defender as familias, etc, mas na hora do voto, mesmo na Alemanha, como aqui no Brasil e no mundo, o povo vira massa de manobra. Obedece sem questionar. Vale dizer que o axioma latino “VOX POPULI VOX DEI” está deixando de existir? Será que quando não se pode com o inimigo devemos nos posicionar ao lado dele para vencê-lo? E aí? o que fazemos? Divulgamos o que fazem? Ou vamos divulgar mais e mais coisas sagradas que sabemos existir? O tempo e espaço para as materias são os mesmos. eE eles não devem ocupar nossos espaços, quer fisicos, quer sociais.

     
  3. Desgraçadamente a abominação humana não tem limites… A bestialidade frequenta os parlamentos como tema de suma importância … Meu D E U S do céu … Pelo andar da carruagem, ainda vão legalizar o cachorrinho da madame …Por favor, peçam aos congressistas decentes para que façam uma lei que proibam tacanhas propostas… para que proibam propor aberrações … Ora, com tantas prioridades, mesmo em países de primeiro mundo … sempre há necessidade de aprimorar alguma atividade … etecetera . Isso é coisa de comunista , ateu/criminoso … Por isso tenho insistido numa NOVA CRUZADA adaptada aos nossos dias e às nossas necessidades …

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome