Assine a Carta de Protesto ao Senado Federal contra a “Lei da Homofobia”

O PLC 122/2006, conhecido com “Lei da Homofobia”, vai entrar novamente em pauta, com o novo texto de autoria da Senadora Marta Suplicy.

O texto foi publicado somente agora, poucos dias antes de sua possível votação, certamente porque os defensores da causa homossexual estão cientes da impopularidade de tal Projeto de Lei, que instala uma verdadeira perseguição religiosa, e coloca num mesmo patamar os direitos dos idosos, crianças e deficientes, e a prática homossexual, que é um vício contrário à Lei de Deus.

Não podemos aceitar que imputem a nós, cristãos, a categoria de discriminatórios, apenas porque obedecemos os Mandamentos. Não podem nos colocar na cadeia por seguirmos nossa consciência.

Precisamos reagir o quanto antes contra esse Projeto de lei.

O Brasil cristão é contra o PLC 122/2006, que está previsto para ser votado no dia oito de dezembro de 2011.

Envie agora a carta abaixo para os senadores e demais secretarias responsáveis, pedindo medidas para que o PLC 122/2006 não seja aprovado.

Preencha seus dados para validar sua assinatura

60 COMENTÁRIOS

  1. Somente uma pergunta bem curta: Que respaldo moral tem a senadora Marta Suplicy para apresentar projeto dessa natureza ? Só mesmo no Brasil !!!

     
  2. Se todos são iguais, perante à Lei Maior – Constituição Brasileira, logo, torna-se inócua e com viés separatista, a presente Lei !

     
  3. DEUS fez e faz tudo perfeito, mas o Homem sua obra prima põe tudo a perder pela desobeciencia desordenada de querer ser deus, ainda não aprendeu que Sodoma e Gomorra foi destruida pelo mesmo fato, é triste, mas acontece nestes tempos de hoje, não ignorancia pois já conhecem o caminho de salvação, mas pela desobediencia insistem em fazer o que não é natural..

     
  4. Srs. Senadores

    Manifesto-me contra o PLC 122/2006 que, com ele, estaremos construindo um conflito racial que nunca tivemos em nosso país e os Srs, serão os responsáveis……………

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome