Assine pela internet o abaixo-assinado ao Papa Francisco em defesa da família

12

Acesse o site filialsuplica.org e assine o abaixo-assinado ao Papa Francisco manifestando-lhe o seu desejo de que ele reafirme de modo categórico o ensinamento da Igreja segundo o qual os Católicos divorciados e civilmente recasados não podem receber a Sagrada Comunhão e de que uniões homossexuais são contrárias às leis divina e natural.

Sua petição será entregue ao Papa Francisco no Vaticano junto com milhares de outras!

423

Apelo do Cardeal Burke a todos os Católicos

Cardeal Burke 4Numa época cheia de confusão — como se pode ver pela ideologia do gênero — precisamos do ensinamento da Igreja sobre o matrimônio. Mas estamos sendo empurrados na direção oposta, para admitir católicos divorciados e recasados à Sagrada Comunhão. Além dessa obsessão em facilitar os procedimentos para anular o vínculo matrimonial…

Portanto, estou muito preocupado. E faço um apelo a todos os católicos, sejam leigos, padres ou bispos, a se engajarem —a partir de agora até a próxima assembleia sinodal — a fim de dar destaque à verdade sobre o casamento.

(Excertos de uma entrevista concedida em Roma a Jean-Marie Guénois, do Figaro Magazine, em 19 de dezembro de 2014, p. 46.)

423

Personalidades que assinaram

  • Kigeli V, exiled King of Rwanda
  • Wolfgang Waldstein, Professor emeritus of the University of Salzburg, member of the Pontifical Academy for Life (Germany)
  • The Most Rev. Wolfgang Haas, Archbishop of Vaduz (Liechtenstein)
  • Joseph M. Scheidler and his wife, Founder and National Director of the Pro-Life Action League of Chicago (USA)
  • H.R.H. Prince Dom Duarte, Duke of Braganza, Head of the Royal House of Portugal
  • Rick Santorum, former U.S. Senator (USA)
  • Josef Seifert, philosopher, former President of the International Academy of Philosophy, member of the Pontifical Academy for Life (Germany)
  • H.I.R.H. Prince Dom Luiz of Orleans-Braganza, Head of the Imperial House of Brazil
  • His Eminence Jorge Arturo Cardinal Medina Estévez (Chile)
  • Roberto de Mattei, Professor at the European University of Rome, president of the Lepanto Foundation (Italy)
  • H.H. Duke Paul of Oldenburg and his wife H.H. Duchess Pilar of Oldenburg (Germany)
  • Austin Ruse, K.M., President of the Center for Family and Human Rights (C-Fam)
  • His Eminence Raymond Leo Cardinal Burke (Vatican)
  • Tim Huelskamp, Ph.D., Member of the U.S. House of Representatives (R-KS)
  • H.I.R.H. Prince Dom Bertrand of Orleans-Braganza (Brazil)
  • Carlo Casini, Member of the European Parliament and president of the Movement for Life (Italy)
  • H.R.H. Duchess Marie-Cécile of Oldenburg (Germany)
  • Austin Ruse, President of the Center for Family and Human Rights (C-Fam), K.M.
  • H.S.H. Alois Konstantin Prince of Löwenstein-Wertheim-Rosenberg and his wife H.R.H. Anastasia Victoria Princess of Löwenstein-Wertheim-Rosenberg (Germany)
  • João Filipe Osório de Meneses Pitta, Conde de Proença a Velha and his wife Maria Isabel José de Mello Osório, Condessa de Proença a Velha (Portugal)
  • John-Henry Westen, Co-founder and Editor-in-chief of LifeSiteNews.com, co-founder of Voice of the Family (Canada)
  • Ambassador Armando Valladares and his wife. Former U.S. Ambassador to the U.N. Commission on Human Rights (USA)
  • Victor Khroul, Associate Professor, Moscow State University; Visiting Professor of Robert Morris University, USA (Russia)
  • The Most Rev. Athanasius Schneider, Auxiliary Bishop of Astana (Kazakhstan)
  • Principe e Principessa Ferdinando Massimo (Italy)
  • Principe e Principessa Carlo Massimo (Italy)
  • The Most Rev. R.G.L.M. Mutsaerts, Auxiliary Bishop of ’s-Hertogenbosch (The Netherlands)
  • Prince Armand de Merode (Belgium)
  • M.se Luigi Coda Nunziante, President of Associazione Famiglia Domani, and his wife Marchesa Gabriella Coda Nunziante Spalletti Trivelli (Italy)
  • Bernard Antony, President of Chrétienté-Solidarité (France)
  • Rev. Msgr. Juan-Miguel Ferrer Grenesch, former Under-secretary of the Congregation for Divine Worship, canon of the cathedral of Toledo (Spain)
  • Senator Bernard Seillier, Vice-President of the Movement for France, and his wife Françoise Seillier, Former Member of the European Parliament (France)
  • Virginia Coda Nunziante, President of March for Life Committee (Rome, Italy)
  • Jeanne Smits, journalist (The Netherlands)
  • The Rt. Rev. Emanuel d’Able do Amaral OSB, Archabbot of São Bento of Bahia (Brazil)
  • H.R.H. Countess Hélène of Limburg Stirum (Belgium)
  • Luke Gormally, Director  Emeritus, The Linacre Centre for Healthcare Ethics [since 2010: The Anscombe Bioethics Centre, Oxford]; Ordinary Member The Pontifical Academy for Life  (UK)
  • Jaime Mendez de Vigo y del Arco and his wife ID Prinzessin Monika zu Löwenstein-Wertheim-Rosenberg (Spain)
  • H.R.H. Prince Dom Antônio of Orleans-Braganza (Brazil)
  • Héctor Riesle Contreras, former Chilean ambassador to the Holy See (Chile)
  • Ing. Rafael Rey Rey, Peruvian Representative to the Andean Parliament. Former Peruvian Ambassador to Italy (Peru)
  • Dr. Juan Vicente Ugarte del Pino, lawyer, former President of the Peruvian Supreme Court (Peru)
  • Dr. Miguel Nagib, Advisor for the State of São Paulo to the Federal Government (Brazil)
  • Ambassador Emilio Barbarani (Italy)
  • Dom Álvaro Manuel Nogueira Barba de Menezes, President of the Real Associação of Viseu (Portugal)
  • Guillaume de Thieulloy, Director of Riposte Catholique (France)
  • Rev. Fr. Pavlo Vishkovskyi, Prior Provincial of the Missionary Oblates of Mary Immaculate for Ukraine, Russia and Crimea
  • Rev. Fr. Efrem Jindráček OP, Vice-Dean of the School of Philosophy of the Angelicum, Rome (Italy)

Veja aqui a lista completa

DownloadPDFfilial

(*) OBS: Se preferir o arquivo PDF sem o logotipo do IPCO, clique aqui.

 

12 COMENTÁRIOS

  1. marcelo micali de almeida,

    NÃO CONCORDO MAS RESPEITO SUA OPINIÃO.

    A FAVOR DO HOMOSSEXUAL !!!!!

    SOCIEDADE HIPÓCRITA …. Estou A FAVOR DOS HOMOSSEXUAIS, nada fizeram só dão o que é deles. Amar o próximo como a si mesmo. Não a nada de errado amar uma pessoa do mesmo sexo, se alguns catolicos fossem resolvidos nada disso incomodaria. Existem muitos católicos homossexuais casado, dando um exemplo de moralismo, pura fachada.

    PRECONCEITO puro esse abaixo-assinado, A IGREJA CATOLICA ANTIGAMENTE ACHAVAM QUE OS NEGROS NÃO TINHAM ALMA, depois de muita luta os negros foram respeitados, o que doi e ver negros católicos contra os homossexuais, SOCIEDADE HIPÓCRITA o preconceito esta por todo os lados.

    Negros, Gordo, Pobre, Deficiente Físico, reclamam do preconceito e se você olhar esses mesmo estão contra os homossexuais, ilário isso… SOCIEDADE HIPÓCRITA E REPUGNANTE.

     
  2. Andreia:
    A FAVOR DO HOMOSSEXUAL !!!!!

    SOCIEDADE HIPÓCRITA …. Estou A FAVOR DOS HOMOSSEXUAIS, nada fizeram só dão o que é deles. Amar o próximo como a si mesmo. Não a nada de errado amar uma pessoa do mesmo sexo, se alguns catolicos fossem resolvidos nada disso incomodaria. Existem muitos católicos homossexuais casado, dando um exemplo de moralismo, pura fachada.

    PRECONCEITO puro esse abaixo-assinado, A IGREJA CATOLICA ANTIGAMENTE ACHAVAM QUE OS NEGROS NÃO TINHAM ALMA, depois de muita luta os negros foram respeitados, o que doi e ver negros católicos contra os homossexuais, SOCIEDADE HIPÓCRITA o preconceito esta por todo os lados.

    Negros, Gordo, Pobre, Deficiente Físico, reclamam do preconceito e se você olhar esses mesmo estão contra os homossexuais, ilário isso… SOCIEDADE HIPÓCRITA E REPUGNANTE.

     
  3. Entendo que o Sinodo não pode modificar uma lei escrita no Evangelho no que diz respeito ao matrimônio que é indissolúvel porque Marcos 10 ( 1-10) diz claramente que é pela dureza do coração que Moisés admitiu o divórcio e que Deus o fé marido e mulher. A Palavra de Deus também determina a Eucaristia somente para àqueles que cumpriram a promessa de serem fiéis na alegria, na tristeza, nas provações e na doença. Caso não forem, deveriam sim procurar a sua Paróquia e deixar claro a sua situação e os motivos que pretende a nulidade do matrimônio.
    A Igreja é Mãe e ela coloca as condições para a sua nulidade e para isso é necessário procurar o Tribunal Eclesiástico porque a Igreja Católica é a única que tem leis para esse caso, enquanto as outas designações inexistes.
    É preciso esclarecer que quem Come e bebe o Sangue de Jesus de forma indígna estará comendo e bebendo a sua própria condenação, diz 2 Corintos (27-29). Portanto nenhum Sínodo poderá discutir sobre esse assunto porque já vez prescrito no Evangelho e quem o fizer ou permitir estará incorrendo em pecado mortal, especialmente para àqueles que conhecem e foram instituídos conforme a Ordem de Melquisedeque Hebreus 5 ( 1-5), pois os Sacerdotes inclusive o Papa foram ordenados para cumprir o Evangelho. Nesse assunto ninguém pode colocar o seu entendimento ou entendimento do mundo.Se querem seguir a verdade, esta á a única verdade e ponto final.Com as coisas do mundo pode haver negociação e o malígno está no meio do mundo, mas nas coisas de Deus, todos devem ser limpos, ilesos e cumpridores do Mandamento de Deus.

     
  4. Não sou doutor em Direito Canônico e portanto o meu analise seria vago ao desconhecer as leis eclesiásticas e tentar ponderar esse tipo de petição.
    Sou Católico e respeito as leis emanadas de Deus, o que sim posso dizer é que não concordo ( nunca concordei) com as tentativas de modificar algo que é “in natura” homem e mulher juntos como par para a formação de uma FAMILIA.
    Humildemente acho que a excomunhão é um castigo pesado para quem desde pequeno foi educado nos preceitos da Igreja Católica e já adulto teve a desventura do divorcio e por isto ser condenado a não comunhão, o pão que Jesus partiu para ser comensais da Sagrada Misa creio que deveriam ser bem analisados os diferentes casos neste tema e não peremptoriamente consolidar esse castigo.

     
  5. Por favor, Iria, leia as primeiras duas linhas do apelo do Cardeal Burke:
    ” Numa época cheia de confusão – como se pode ver pela ideologia do gênero – precisamos do ensinamento da Igreja sobre o Matrimônio. Mas, estamos sendo empurrados na direção oposta.”….
    Isso dito , nada menos, por um Cardeal da Santa Igreja.
    É de uma necessidade premente retomarmos esse ensinamento.
    Vamos lá, coragem, façamos isso, eu, você, todos nós.

     
  6. Não concordo com este abaixo assinado, porque ele é resumido demais e deixa fora uma escolha para um cônjuge que não está de acordo com o divórcio, porém em cumprimento a lei, é obrigado(a) a aceitar um divórcio, que na verdade não é nenhuma lei, porém um arranjo de autoridades para apaziguar as partes contendas, porque como disse DEUS: O que “Deus uniu, o homem não separa”, por exemplo, uma pessoa que foi obrigada a se divorciar por questão da outra parte não querer mais ficar casado(a), por imposição em cumprimento de lei, imposta, a parte prejudicada é excomungada, Não concordo, por isto, não assino. Deve haver uma sugestão pela Igreja para solução antes mesmo que a Igreja possa ser tão drástica no cumprimento de seus mandamentos. Os mandamentos da Igreja não são os mandamentos da Lei de Deus, logo esta deve se acomodar dentro dos mandamentos da Lei de Deus. É como uma convenção de um Edifício, o regulamento tem que estar embasado na Convenção e não pode ter modificações que distorcem a Convenção, em prejuízo do condômino (em prejuízo ao cristão).

     
  7. As pessoas responsáveis pelo Blog Plínio Corrêa de Oliveira poderão responder melhor aos problemas levantados pelo sr. José Ferreira:
    1) Não é “rebatizando” os casais descasados/divorciados que se resolverá o problema deles; a solução está na separação de corpos e na Confissão Sacramental, com o propósito de não retornar ao estado anterior, que contraria o 6o. e 9o. Mandamentos da Lei de Deus
    O Batismo, (assim como o Crisma e a Ordem) imprime caráter. Uma vez realizado esse Sacramento, o será para o todo sempre.
    Não existe “re-batismo”.
    2) A Santa Igreja respeita o Livre-Arbítrio. O voto de celibato é inteiramente livre, podendo ser temporário como perpétuo.
    3) O prezado José Ferreira deveria meditar sobre a força do Pátrio Poder.
    Dou um exemplo clássico: São João Batista recebeu a Graça do Batismo no claustro materno de sua mãe, Santa Isabel.
    Além do Batismo recebido com cerimonial do Rito do Sacramento, existe o Batismo de Desejo, e de Sangue.
    O Pátrio Poder se estende sobre outras questões. Foge ao problema levantado.
    Se há algo errado no que vai acima, corrijam-me . Será um ato de caridade.

     
  8. SINCERAMENTE EU ACHO:

    1) QUE A IGREJA DEVERIA REBATIZAR OS DESCASADOS/DIVORCIADOS E ACEITÁ-LOS PARA UM NOVO CONVENIO.
    2) QUE A IGREJA DEVERIA ACABAR COM O CELIBATO IMPOSTO, VISTO QUE AS ESCRITURAS ACEITA-SE UM CELIBATO DE DOAÇÃO PESSOAL E NÃO IMPOSIÇÃO PARA SE TER O SACERDÓCIO.
    3) ACABAR COM BATISMO DE CRIANÇAS UMA VEZ QUE NÃO TEM QUALQUER ESCRITURA QUE APROVE TAL ATO.
    4) CLARO JAMAIS ACEITAR CASAMENTO HOMOSEXUAL OU DE GÊNERO QUALQUER.

     
  9. Há família é pro cristão a coisa mais preciosa. Portanto vamos em nome de Jesus honra nossa família,vamos preservar à mesma no nome de Deus pai…Amem.

     
  10. É uma lista de personalidades do mais alto nível. Fico mesmo muito emocionado ao percorrer esta lista de nomes e seus títulos.
    Nossa Senhora e Seu Divino Filho sejam honrados e glorificados por essa homenagem insigne.
    Outubro ainda está longe.
    Rezemos e façamos o que pudermos para unir a qualidade ao número.
    Isso é uma guerra !!!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome