Audiência para debater PELOM anti-ideologia de gênero na Câmara Municipal de Campinas é interrompida e remarcada

10

CâmaraCampinas

A Câmara Municipal de Campinas realizou na última segunda-feira (01/06/2015), Audiência Púbica para debater a Proposta de Emenda à Lei Orgânica do Município, de autoria do vereador Campos Filho (DEM) que inclui parágrafo único no artigo 222 da LOM.

O texto do parágrafo proposto tem a seguinte redação: “Não será objeto de deliberação qualquer proposição legislativa que tenha por objeto a regulamentação de políticas de ensino, currículo escolar, disciplinas obrigatórias ou mesmo de forma complementar ou facultativa que tendam a aplicar a ideologia de gênero, o termo gênero ou orientação sexual”.

Cartazes, vaias, faixas e gritos de protestos foram usados por dois lados do público presente na casa, cerca de 200 pessoas entre quem é contra ou a favor o veto de autoria do vereador Campos Filho (DEM).

Devido aos protestos de ambos os lados a audiência não terminou e será marcada uma nova reunião que dará continuidade ao debate. Ainda não há data definida.

Texto e foto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas

Faça sua parte!

A absurda “ideologia de gênero” não foi aprovada em âmbito nacional graças à atuação pacífica e ordeira porém enérgica de várias associações Pró-família entre as quais está o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira, e agora sua implantação é deixada a cargo, sorrateiramente, dos municípios e estados.

Saiba como fazer sua parte!

Envie este artigo para seus amigos e familiares e nos ajude nesta luta em defesa da família! Quanto mais pessoas souberem do fato, mais dificilmente eles conseguirão aplicar este tipo de leis! A força deles está em agir na surdina!

Inscreva-se em nosso site e receba alertas sobre as datas e situação dos projetos em tramitação que visam destruir a família!

Em dois cliques, envie seu protesto contra a Ideologia de Gênero aos vereadores de São Paulo

 

10 COMENTÁRIOS

  1. Está de parabéns o IPCO e todas as pessoas que se pronunciaram contra essa ideologia perniciosa. Me sinto muito bem representado. Todos juntos pela Família!

     
  2. Nós cristãos devemos nos manifestar não apenas contra a nociva ideologia do gênero, mas também contra a doutrinação partidária que vem ocorrendo nas escolas brasileiras, através das falsas pedagogias de Paulo Freire, Emília Ferreira, Jean Piaget entre outros militantes marxistas. Começa com a formação dos professores nas Universidades, proibindo acesso a autores conservadores. Desse modo, o estudante é obrigado a engolir goela abaixo a ideologia marxista – esquerdista, como se não houvesse outra verdade. Esse processo vai sendo gradativamente reproduzindo nas salas de aulas das escolas regulares. No dia 24 de março de 2015 ocorreu na Câmara Federal, Audiência Pública, tendo entre os palestrantes, o Prof. Bráulio Porto Matos do movimento Escola sem Partido, discutindo essa questão da doutrinação marxista nas escolas. Ver:http://www.escolasempartido.org/artigos-top/540-palestra-do-prof-braulio-porto-de-matos-na-audiencia-publica-da-comissao-de-educacao-da-camara-dos-deputados. Assim, a ideologia do gênero é consequência dessa estratégia esquerdista, ou seja, de primeiro destruir a família dos outros é claro; para depois usurpar a propriedade privada alheia e finalmente implantar O comunismo bolivariano. Como ensinou Antonio Gramsci – primeiro é preciso dominar a mente das pessoas – a conquista do Poder é resultado disso. Bem alertou Nossa Senhora de Fátima; não deixem que os erros da Rússia se espalhem pelo mundo. Mas no final o EMACULADO CORAÇÃO DE MARIA TRIUNFARÁ.

     
  3. Ninguém está negando o “direito”, se assim pode ser dito, de qualquer pessoa escolher o caminho que melhor lhe agrade. Nosso único juiz infalível é Deus, e cada um responderá diante dEle pelas escolhas que fizer. O que não se deve aceitar é a imposição dessa ideologia de gênero a todas as crianças como se isso fosse o ideal para seres humanos. A responsabilidade primeira pela educação dos filhos são seus pais, e não o Estado. E como cristãos, nosso dever é educar os filhos segundo os princípios das Santas Escrituras.

     
  4. Complementando a mensagem anterior, eu quero dizer: Meninos e Meninas discentes das escolas vagabundas dos municípios miseráveis do Sertão da Bahia q

     
  5. A Câmara Municipal de Campinas, a priori, não me parece estar se posicionando contra o público homossexual, mas, muito pelo contrário, até protegendo-o de situações muito mais graves de riscos nefandos que podem vir a acentuar-se. Eu tenho me manifestado aqui no IPCO, enquanto cristão católico para relatar a minha experiência pessoal de trabalho policial militar nos antros de explorações homossexuais do Rio de Janeiro, a saber, Central do Brasil, Praça Tiradentes, Cinelândia, Passeio Público e Bairro da Lapa; principalmente para impedir violências escabrosas contra homossexuais. Naqueles ambientes da vida noturna carioca fui testemunha ocular de violações e violências inenarráveis contra pessoas humanas homossexuais. Portanto, a minha experiência pessoal de trabalho deixou-me a convicção de que a pessoa humana do homossexual pode e deve ser respeitada em sua opção sem jamais ser exposta à execração e ao ódio do grande público. A chamada ideologia de gênero pode ser um caminho nesse sentido e é muito perigoso. Imagine uma prática de ensino sobre ideologia de gênero aqui nas escolas municipais marginalizadoras e degradantes do Sertão da Bahia. Escolas que nem sequer conseguem alfabetizar o público discente, como poderiam “ensinar” ideologia de gênero a discentes semi-analfabedtos, alguns usuários e vendedores de drogas, e marginalizados? Alunos que odeiam as escolas e os seus discursos pedagógicos, nelas somente comparecendo para justificar permanências em programas sociais do governo. Meninos e Meninos que têm conhecimento das corrupções deploráveis que desviam e roubam recursos da merenda escolar e outros q

     
  6. Deixar a ideologia de gênero ser regulamentada pelos Estados e municípios, é uma velha tática, conhecida como: “comer pelas bordas”, isto é, tentam chegar ao mesmo resultado, seguindo caminhos diferentes!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome