DE Von Gersdorff - Plinio-Cover mit Rücken

Mathias von Gersdorff, O autor da primeira biografia sobre Plinio Corrêa de Oliveira em língua alemã, recebeu duas importantes cartas de apoio de personalidades eclesiásticas. Segue abaixo o texto traduzido por Renato Vasconcelos.

***

Cardeal Walter Brandmüller
Cardeal Walter Brandmüller

Alegrei-me muito por várias razões com a sua biografia “Encontro com Plinio Correa de Oliveira”. De um lado, ela ilumina uma realidade da Igreja universal, infelizmente ainda bastante desconhecida ou apresentada unilateralmente: O Catolicismo do Brasil, portanto da “Terra do Futuro”, como foi descrita por Stefan Zweig.

O seu livro traz à memória os conflitos que a Igreja Católica teve que enfrentar no Brasil e na América do Sul no século XX.

Plinio Correa de Oliveira esteve no centro do acirrado embate da Igreja com o comunismo, que foi durante décadas a grande ameaça para a Fé católica na América do Sul. De outro lado, o seu livro torna também accessível ao leitor o espírito com que Correa de Oliveira se lançou à luta: Fiel ao Magistério Católico e sempre confiante na Providencia Divina e na contínua proteção da Virgem Maria.

Cardeal Walter Brandmüller. Presidente emérito do Pontifício Comitê das Ciências Históricas. Foi criado cardeal no Consistório Ordinário Público de 2010 pelo Papa Bento XVI, com o título de Cardeal-diácono deS. Giuliano dei Fiamminghi.

***

Arcebispo Wolfgang Haas
Arcebispo Wolfgang Haas.

Já muitos escritos de e sobre Plinio Correa de Oliveira me têm fortemente impressionado e edificado. Não foi diferente o que se passou comigo quando li esta nova biografia, a primeira em língua alemã, que lhe é dedicada.

Agradecimento e reconhecimento devem ser dados ao Autor por suas profundas explanações. Em virtude dessa biografia pode-se apreender muito bem em que contexto cultural e político Plinio Correa de Oliveira se engajou incansavelmente pela Igreja Católica e como surgiu sua obra de apostolado.

As adversidades e os ataques, que ele teve de vencer, são impressionantes. Porém, mais impressionante ainda é para mim a confiança na Providencia Divina e na ajuda perpétua da Virgem Maria com que ele perseverou em sua meta: ser fiel à Fé católica e não fraquejar apesar de todos os obstáculos. Como bem diz o subtítulo do livro foi Plinio Correa de Oliveira verdadeiramente um paladino católico em tempos procelosos.

E eu acrescento: ele foi também um exemplo e um modelo para os católicos de hoje, para que nós, em face das tempestades que ameaçam a nau da Igreja, não caiamos numa indiferença apática, mas avancemos com coragem atrás da bandeira da Santíssima Virgem, conscientes de que por fim o seu Imaculado Coração triunfará.

Dom Wolfgang Haas. Primeiro arcebispo da Arquidiocese de Vaduz em Liechtenstein.

 

6 COMENTÁRIOS

  1. Queremos conhecer a obra sobre Plínio Correa de Oliveira. Temos certeza que tudo de bom no conteúdo da obra, influenciará em nossas atitudes para defesa da Santa Igreja.

     
  2. Que o Sr. Renato Vasconcelos traduza também essa excelente obra para o português e que possamos o quanto ante divulga-la no Brasil. Petrus Editora Avante!

     
  3. É interessantíssimo conhecer o ponto de vista de uma cabeça germânica sobre Plínio Corrêa de Oliveira, ainda mais de eclesiásticos da alta hierarquia. Quisera ter essa obra em português ou castelhano. Será possível ?

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome