BOLÍVIA: Francisco, a foice e o martelo

Não se entende como o Papa Francisco rodeia-se de líderes revolucionários, assume as suas ideias como sendo boas e dá-lhes apoio praticamente incondicional. E isso, sem sequer ouvir especialistas conceituados que defendem com dados concretos que a propriedade privada e a livre iniciativa têm sido fonte de progresso social e de redução da pobreza no mundo inteiro; e que, pelo contrário, o socialismo tem sido — como na Cuba comunista e na Venezuela bolivariana — um sistema econômico intrinsecamente multiplicador de miséria.

1. No último dia 9 de julho, na cidade boliviana de Santa Cruz de la Sierra, durante o 2º Encontro Mundial dos Movimentos Populares, o Papa Francisco fez um discurso longo e apaixonado contra o capitalismo e a propriedade privada. Tal discurso foi pronunciado frente a líderes revolucionários de inspiração marxista e de seguidores da “Teologia da Libertação”, que ovacionaram o Papa.

Papa-Francisco-I-evo-morales2. Entre esses líderes, além do presidente da Bolívia, Evo Morales — que estava vestindo uma jaqueta com um desenho do sanguinário “Che” Guevara [foto ao lado] — encontrava-se João Pedro Stédile, dirigente do MST (Movimento dos Sem-Terra), que há décadas promove a violência revolucionária nas zonas rurais do Brasil, e o trotskista argentino Juan Grabois, especialista em agitação urbana nas periferias de Buenos Aires, líder daConfederação da Economia Popular e membro da comissão organizadora do 2º Encontro Mundial de Movimentos Populares.

3. Eles, e outros chefes de delegações presentes, são considerados os piores líderes revolucionários latino-americanos, remanescentes do comunismo. Entretanto, Francisco os tratou como se fossem os melhores entre os melhores, garantindo que suas ações seriam“motivadas pelo amor fraterno”, que seriam promotores de “uma mudança positiva” na sociedade, e que estariam realizando um autêntico trabalho de “poetas sociais”. “Nossa fé é revolucionária”, os incentivou o Papa, e disse-lhes: “Eu os carrego em meu coração”. Como se observa, o apoio de Francisco para essa tropa de choque revolucionária não poderia ter sido maior.

4. Em discurso inflamado, Francisco colocou as metas de sua revolução socioeconômica juntamente com a sua revolução ecológica, dando a esta última a primazia: “Talvez a mais importante que hoje devemos assumir”. Não obstante, esse discurso papal, assim como a recente Encíclica “Laudato Si”,padecem de uma importante e preocupante lacuna científica que, com o devido respeito, afeta uma premissa fundamental. Trata-se da tese dos ambientalistas mais radicais, que Francisco assume inteiramente, de que seria a atividade humana, e não os ciclos da natureza, a principal responsável pelas atuais mudanças climáticas. Tese esta que não conta com a unanimidade dos meios científicos mais conceituados e tem sido impugnada por trabalhos acadêmicos de alto nível.

papa_francisco_-movimentos-revolucionarios

Não se sabe em que estudos científicos concretos e em que especialistas ecológicos o Pontífice se fundamenta, porque a bibliografia de ambos os textos não cita nenhum documento a esse respeito. Nesse sentido, é importante lembrar que em 27 de abril pp., 100 cientistas ambientalistas enviaram uma carta a Francisco implorando-lhe que não se deixasse enganar pelos argumentos dos ambientalistas radicais, com conclusões que não foram demonstradas pela ciência ambiental. A carta acrescenta que ecologistas revolucionários, sob o pretexto de ajudar os pobres, estão, com suas propostas, contribuindo para aumentar perigosamente a miséria no mundo (cfr. “Destaque Internacional”, “Francisco, aventura ecológica e lacuna científica”, 22-7-15:http://www.cubdest.org/1506/c1507franciscoeco.htm).

5. No Vaticano, em outubro de 2014, realizou-se o 1º Encontro Mundial de Movimentos Populares. Nesse evento, os dirigentes receberam do Papa Francisco palavras laudatórias. Foi uma espécie de “beatificação” publicitária, e em vida, de atuantes figuras revolucionárias de inspiração marxista — sui generis “beatos” de uma espécie de “igreja ao revés”, contrária à doutrina social da Igreja defendida por antecessores ​​de Francisco (cfr. “Destaque Internacional”: “Francisco, ‘beatificação’ publicitária de revolucionários e ‘tempestade social’”, 2-11-13: http://www.cubdest.org/1406/c1411franciscomst.htm. A respeito, veja também: Nelson Ramos Barreto, “Encontro Mundial de Movimentos Populares no Vaticano”, 12-11-14: http://www.abim.inf.br/encontro-mundial-de-movimentos-populares-no-vaticano/#.VaL-4V-6fIU

cuba2-desenho

6. Em seu discurso em Santa Cruz de la Sierra, Francisco reconhece que “nem o Papa nem a Igreja têm o monopólio da interpretação da realidade social.” Assim sendo, não se entende como o Papa Francisco rodeia-se de líderes revolucionários, assume as suas ideias como sendo boas e dá-lhes apoio praticamente incondicional, sem sequer ouvir especialistas conceituados que defendem com dados concretos que a propriedade privada e a livre iniciativa têm sido fonte de progresso social e de redução da pobreza no mundo inteiro; e que, pelo contrário, o socialismo tem sido — como na Cuba comunista [foto acima] e na Venezuela bolivariana [foto abaixo] — um sistema econômico intrinsecamente produtor de miséria. Desse modo, no 2º Encontro Mundial de Movimentos Populares, Francisco agiu como companheiro de viagem de atuais líderes comuno-católicos e do comunismo.

Venezuelanos fazem gigantescas filas para comprar os mais básicos produtos e frequentemente nem isso encontram nas prateleiras dos supermercados…

7. Nesse sentido, horas antes do referido discurso, em La Paz, o presidente Evo Morales havia ofertado a Francisco, juntamente com o Condor Andino, a condecoração Luis Espinal — em memória de um padre revolucionário assassinado na década de 1970, cuja medalha contém uma representação blasfema de Jesus Cristo sobre a foice e o martelo, símbolos do comunismo. Trata-se de uma medalha que reproduz uma escultura em madeira feita pelo Pe. Espinal. Uma réplica em tamanho natural de tal escultura também foi ofertada a Francisco.

foice-e-martelo-28. Essa condecoração com a medalha blasfema parece ser um símbolo tragicamente premonitório dos rumos que vai tomando no plano político-social o pontificado de Francisco. Segundo informou a agência de notícias católica ACI, o Papa decidiu deixar as condecorações recebidas aos pés da Imagem de Nossa Senhora de Copacabana, Patrona da Bolívia. Tais condecorações para ele representariam “símbolos de carinho e proximidade” recebidos com “afeto cordial e generoso” do presidente Evo Morales (cfr. ACI, 10-7-15.

9. “Destaque Internacional” difundiu vários editoriais e artigos com análises críticas de atitudes semelhantes e populistas de Francisco, que causaram perplexidades nos defensores da liberdade de expressão em todo o mundo. Disponibiliza para os leitores interessados alguns links para o livre acesso a esses textos respeitosamente críticos.

10. Estas notas de “Destaque Internacional” constituem breves comentários interativos, de carácter oficioso, que não representam necessariamente a opinião de todos os membros do seu conselho de redação. Os comentários destinam-se a chamar a atenção sobre temas “politicamente incorretos” e que, muitas vezes, são deixados à margem, apesar de serem vitais para a sociedade. São bem-vindas sugestões, opiniões e críticas.
___________

Recentes artigos relacionados: 

Francisco, consumismo, miserabilismo e Boff
http://www.cubdest.org/1506/c1507franciscomiser.htm

Francisco, aventura ecológica e lacuna científica
http://www.cubdest.org/1506/c1507franciscoeco.htm

Francisco, os comunistas e os pobres
http://www.cubdest.org/1506/c1506pobresfran.htm

Francisco, ecoterrorismo e miséria
http://www.cubdest.org/1506/c1505eco.htm

Mais artigos a respeito do Papa Francisco no site: http://www.cubdest.org

___________

[Tradução PRC]

 

12 COMENTÁRIOS

  1. Em 17/3/1993, Jesus diz: Obedecei ao Meu Papa (João Paulo II), aconteça o que acontecer. Permanecei-lhe fiéis e dar-vos-ei as graças e a força de que tiveres necessidade. Exorto-vos a manter-vos fiéis a ele, e sobretudo, não deis nunca ouvidos a quem quer que se revolte contra ele… Eu mesmo, contruí a Minha Fundação sobre Pedro (João Paulo II), a rocha.. e as portas do inferno jamais poderão prevalecer contra ela.
    Se alguém vier ter contigo e te disser “afasta-te da fidelidade que tens ao Papa João Paulo II, por melhor opção de um outro” não te afastes! está atento!
    O fermento do embusteiro pode ser poderoso e poderá mesmo ter bom paladar, mas
    na realidade é um engano mortal.
    Disse-vos tudo isto, agora, antes que aconteça, a fim de que, quando acontecer, todos vós possais acreditar.(AVVD)

     
  2. Além de cocaleiro tem a ousadia de associar ao Nosso Senhor Jesus Cristo ao nefasto símbolo da desgraça humana. Esse aí pode ir com o tridente visitar satanás !!

     
  3. O que muitas pessoas não compreendem, principalmente os trabalhadores honestos, ricos e pessoas que batalham e conseguem viver com certo conforto é que elas estão sendo vítimas de “Chantagem Emocional”. Estão sendo consideradas “elites” mesmo sendo classe média. Isto é uma armadilha que os comunistas armam para que os bem sucedidos sintam-se culpados pela pobreza, fome e o clima do mundo. Se você tem bens adquiridos honestamente, sem prejudicar ninguém, não deve se sentir culpado de usufrui-los. O comunismo é uma ideologia do ódio. É pecado perante Deus, indiretamente acusar os batalhadores honestos, que por sorte, conseguiram certa riqueza. Chantagem Emocional: não caia nessa.

     
  4. Não paro de refletir. Onde o Papa Francisco quer chegar? Uma pergunta que persegue meus pensamentos. Estratégia? Espero que seja, senão espero O TRIUNFO DO SAGRADO CORAÇÃO DE MARIA.

    Oremos e rezemos por por uma intervenção DIVINA.

     
  5. Vejo com muita tristeza com o que vem ocorrendo com a nossa igreja…
    Observo que realmente os tempos são chegados e temos cada vez mais de dar o testemunho de nossa fé autêntica.
    A verdade do evangelho de Cristo é inabalável, e devemos tê-la em nossos corações com sua autenticidade.
    Devemos cada vez mais fortalecer nossas famílias com a fé autêntica, pois percebo que a Igreja se encontra em um período turbulento e vivemos realmente os tempos do FIM.

     
  6. Já dizia São Paulo, haverá um dia em que satanás sentará na cátedra de PEDRO aí será o fim. Vamos rezar muito para que isso não aconteça. Admiro muito o papa, porém há momentos em que devemos dizer sim, mais há momentos maiores ainda que devemos dizer NÃO. Esse era o momento dele mostrar ao governo Boliviano que o caminho que ele está trilhando é o de satanás. Agora pergunto: cadê a coragem de um João Paulo II, ou nossos mártires, Pedro, Paulo, João, etc… Serás cobrado papa Francisco quando chegar diante de CRISTO.

     
  7. A melhor forma de derrotar o adversário é conhecer o máximo suas potencialidades e fraquezas.
    Nestes encontros ficou comprovado quem é quem.
    Os bolivarianos são audazes e O lá de cima não os perdoarão.
    Que castigo não seja a guerra.
    Questão de fé e tempo.

     
  8. A ameaça a Igreja Católica cresce! Como já dizia o Papa Paulo VI: “A Fumaça de Satanás entrou na Igreja Católica e se expande cada vez mais até o vértice”

    Não sei o que vai acontecer depois do Sínodo dos Bispos em outubro de 2015, que direção a igreja vai seguir!
    Mas acredito que não estamos mais diante de “sinais de fumaça”, mas, diante de uma ameaça de incêncio, que vai acontecer quando um seguidor da doutrina socialista/comunista (assumindo esta condição de forma oficial e ostensiva e não oficiosa e enrustida) assumir o trono de São Pedro!
    Quando isto acontecer, a Igreja católica vai sofrer um rude golpe, justamente no seu “calcanhar de aquiles”, no celibato clerical!
    O novo Papa, vai autorizar o casamento dos Padres, medida que será aplaudida de pé pelos fiéis, aí veremos uma transformação completa do que hoje conhecemos como “Igreja Católica”, nascerá uma outra coisa, que eu não sei definir exatamente o que será, mas terá muita semelhança com a “Igreja Universal do Reino de Deus”! (que até adota o termo “bispo” para a classificação dos membros da sua hierarquia)
    A chegada da Fumaça de Satanás no vértice da igreja é uma questão de tempo!

     
  9. Joao Paulo II condenou a Teologia da Libertacao em Puebla ou pelo menos certos aspectos importantes da TL.
    Agora Francisco I aprova, estimula, recebe e aplaude expoentes da TL.
    O que mudou? O papa ou o ensinamento da Igreja?
    Desde o seculo XIX os Papas vêm seguidamente condenado o socialismo e o comunismo.
    O que mudou? O papa ou o ensinamento da Igreja?
    Mas o ensinamento da Igreja nao muda. Terá mudado o Papa?~
    Quantos catolicos chocados pelo mundo afora.
    Em tempo: procure em pliniocorreadeoliveira.info os comentarios sobre a Mensagem de Puebla, vale a pena refrescar a memoria.
    Mac Hado

     
  10. MOVIMENTOS POPULARES E/OU SOCIAIS = MILICIAS COMUNISTAS!
    Sendo extremamente traiçoeiros e dissimulados, os comunistas, diabólicos que são, têm conseguido enganar multidões com um linguajar semelhante ao usual, mas para eles internamente é outra coisa, como DEMOCRACIA, que quer PARTIDO COMUNISTA e outros em que sabem trapacear com pericia, caso do título acima.
    George Orwell e na NOVILINGUA DO PT se entenderá muito da chantagem geral que lhes é peculiar e de como enganam os incautos.
    Nunca os revolucionários estiveram tão assanhados desde o advento do papa Francisco no pontificado e, receber diversas mafiosos do naipe de Stédile, é algo estranho, assim como os que se associam a esses diabólicos, sentenciados pelo papa Leão XIII como “pestes mortais” e pelo papa Bento XVI como “chuvas ácidas, pestes vermelhas e quadrilha de malfeitores”.
    Aliás, o papa Bento XVI era-lhes uma figura detestada, pois os impediam de avançar com suas pérfidas ideologias, a marxista, do martelo e foice; onde entram com suas mentes recheadas de esterco, estão garantidos atraso, miséria, destruição aliada a uma violência infinda e morte.
    Nunca, jamais uma país comunista progrediu, tendo hoje e misérrima favela a céu aberto Cuba, retrato do que é o focinho do PT, a vitrine dessa praga que achou terreno fértil para vicejar, entre os cismáticos “ortodoxos”!
    Os comunistas são exímios experts em falsa propaganda dissimulada de verdadeira – possuem ótimos laboratórios de engenharia social – estando a esquerdista TL – + direção da CNBB com seus apoios velados ao PT, outros, ostensivos – conquistando milhões de votos de incautos para o PT, senão a mola-mestra de sua ascensão ao poder, acreditando que o traiçoeiro Satã dessa vez os induziu ao erro e depois os desacobertou para gerar mais caos!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome