Alberto Távora

Conforme noticiou O Estado de S. Paulo de ontem, é a primeira vez que o movimento dos “sem-teto”, o MTST, acampa em frente a uma casa de alto padrão em bairro residencial de São Paulo.

É bom registrar o fato e acompanhar. A Reforma Urbana Socialista e Confiscatória é irmã mais nova da Reforma Agrária e irmã mais velha da Reforma Empresarial, ambas com o mesmo sobrenome da primeira.

 

5 COMENTÁRIOS

  1. Que esta ameaça sirva de lição para aqueles que até agora “assistiram da arquibancada” às invasões das propriedades rurais, sem se compenetrarem de que o princípio da propriedade privada, uma vez violado no campo, sê-lo-á também em qualquer outro lugar. E que os imóveis urbanos, portanto, não estão a salvo. São as três reformas clássicas para a instauração do socialismo: agrária, urbana e empresarial.

     
  2. Eu assisti tudo no programa CQC da Band, parecia até justo a tal invasão por unicamente “sobrevivência” e ter um teto para se esconder…mas uma das entrevistadas do “predinho” onde se instalaram disse claramente que as autoridades e o digníssimo senhor presidente Lulla (não temos outro) nem está aí para essa gente!!
    Tudo que eles invadem “é” por “justa causa”, seus filhos já aprendem desde o berço que invadir é justo, logo mais o mundo estará invadindo o que não é seu por justa causa?
    Porque não vão invadir a fazenda do Lulinha Junior?!! Lá não pode?

     
  3. Estamos correndo o risco de deitarmos democratas e acordarmos comunistas, por uma canetada logo no primeiro dia de governo comunista!!!
    Devemos urgente tomarmos conciencia disso para reversão desse quadro negro!!!!!
    Dia 31 de outubro deveremos transformar em uma data festiva e não de ranger de dentes!!!! Fora comunismo!!!!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome