Cá e lá, intervencionistas há

Hélio Viana

O Segredo sujo Nº 1 do Serviço de Assistência de Obama versa sobre a intromissão do governo no interior das residências e a usurpação dos direitos dos pais quanto aos cuidados na criação dos filhos.

O leitor está por certo lembrado da recente “lei da palmada”, através da qual o governo Lula interveio no recinto da família, imiscuindo-se no pátrio poder.

Embora de aparição antiga (11/08/2009), pela sua incontestável atualidade reproduzo abaixo excertos de um indignado artigo publicado na revista “Human Events” pelo ator e jornalista americano Carlos Ray “Chuck” Norris, no qual ele analisa aspectos de um análogo intervencionismo de Barack Obama nos Estados Unidos.

Que outras afinidades existirão entre o PNDH-3 – compêndio do que pensa e deseja implantar o governo petista – e a impopular Reforma da Saúde de Obama?

– Deste Obama a cujo respeito pelo menos os institutos de pesquisas americanos não mentem, e lhe atribuem a baixa popularidade contra a qual, apesar de todas as evidências, seus símiles brasileiros se encarregam de proteger sistematicamente o presidente Lula.

Segredo Sujo N° 1
no Serviço de Assistência de Obama

As reformas do sistema de saúde estão se transformando numa revolta. Os americanos estão indignados com os parlamentares, nas reuniões realizadas em prefeituras ao longo dos EUA. [N.R.: Eles foram ao interior consultar as bases eleitorais a respeito do assunto, reunindo-se nas prefeituras, mas a indignação foi tal que alguns quase foram agredidos].

Enquanto observava essas aquecidas noites políticas de agosto, decidi pesquisar as razões pelas quais tantos se opõem ao Serviço de Assistência de Obama, para separar os fatos da fantasia. O que descobri é a existência até mesmo de pequenos segredos sujos, profundamente enterrados dentro das mais de mil páginas do projeto sobre a saúde.

O Segredo sujo Nº 1 do Serviço de Assistência de Obama versa sobre a intromissão do governo no interior das residências e a usurpação dos direitos dos pais quanto aos cuidados na criação dos filhos.

Isso está esboçado nas seções 440 e 1904 do projeto da Casa (página 838), sob o título “programas de visita às casas de famílias com filhos pequenos e de famílias esperando filhos”. Os programas – concedidos através de concessão aos Estados – aconselhariam os pais sobre o procedimento a observarem no tocante à criação dos filhos.

O projeto prevê que os agentes do governo – “quadros bem treinados e competentes” – forneçam aos pais os conhecimentos necessários ao desenvolvimento adequado à idade da criança nos domínios cognotivo, lingüístico, social, emocional e motor (…), “modelando-os, consultando-os e instruindo-os quanto às práticas paternas a tal respeito”, bem como sobre suas “condições para interagir com os filhos a fim de intensificar o desenvolvimento próprio à idade”.

Uma refutação do governo é a de que o programa seria “voluntário”. É verdade? Isso implica que essa agência apoiaria passivamente, até que, necessitados em saber como criar seus filhos, alguns pais dissessem: “Não penso chamar meus pais, padre ou amigos, ou ler uma pletora de livros, mas irei aos escritórios do governo?”

Ao contrário, na página 840, o projeto aponta para grupos e problemas especificamente indicados: O Estado “deverá identificar e priorizar comunidades que estejam com grande necessidade de tais serviços, especialmente aquelas com alto índice de famílias de baixa renda”.

É tudo isso o que você deseja ou espera de um plano universal de saúde impulsionado através do Congresso? Você quer que agentes do governo cheguem à sua casa e lhe digam como educar seus filhos? Quando é que o serviço de saúde do governo se tornou serviço de cuidado da criança?

O governo precisa exercer menos o papel de dirigir a vida de nossas crianças e mais o de apoiar as decisões dos pais em relação aos filhos. Os filhos pertencem aos seus pais, não ao governo. E os pais devem ter o direito – e o apoio do governo – para criar seus filhos sem ordens, educação ou intervenção federal em suas casas.

 

8 COMENTÁRIOS

  1. Porque ao invez de quererem educar – educar???? nossos filhos, não instruem os eleitores sobre como votar e em que tipo de candidato votar?
    Porque não selecionam melhor os candidatos a cargos politicos para que não ouçemos tantas asneiras e mediocridades como estamos vendo toda hora na rua, na tv, nos jornais, nas radios etc.
    Porque não recolhem para educar – educar???? os filhos de ninguem que vivem nas ruas desse pais desamparados e desligados de qualques assistencia social?????
    Querem assistir????? saiam e procurem que irão achar em qualquer canto alguem que precise de uma oportunidade, eu disse o p o r t u n i d a d e!!!!! será que esse desgoverno entende o que estou falando????
    O que querem é que o povareu não tenha educação de qualidade para não discernir o certo do errado. Alias nunca vi tanta enequidade como está acontecendo na atualidade desse pais.!!!!

     
  2. AMIGO SE VOCÊ CONHECESSE AS PEDRAS GUIAS DA GEORGIA, TIRARIA UM RÁPIDA
    E MAIS CORRETA CONCLUSÃO DO QUE NOS ESPERA,
    PREPARADO PELOS ILUMINATIS;
    QUE É NADA MAIS E NADA MENOS DO QUE AS TREZE FAMÍLIAS FRANCO-MAÇÔNICAS-JUDAICAS,
    LIGADAS AO BILDENBERSG

    ESSE PROCESSO LÁ E CÁ, TEM UM NOME ESPECIFICO:
    EUGENIA
    ELES ; OS FRANCOS -MAÇÔNICOS JUDEUS SEMPRE TRABALHARAM COM ESSE PRIORITÁRIO FATOR:
    RAÇA PURA, POIS SE ACHARAM UMA RAÇA ELEITA;
    E ESSE PROCESSO TOMOU FORÇA COM HITLER, E VEM ATÉ HOJE, NOS E.U.A
    TRATA-SE DE UM PLANO DE EXTERMÍNIO EM MASSA DE 80% DA RAÇA HUMANA NÃO JUDIA.
    DISFARÇADO OU SEJA- A REDUÇÃO POPULACIONAL.
    VOCÊ JÁ OUVIU FALAR DE RASTROS QUÍMICOS, FLUOR NA ÁGUA – CLORO NA ÁGUA?
    GRIPI SUINA – TRATADO DE COPENHAGUE QUE O SEU PRESIDENTE ASSINOU EM 22/12/2009
    CODEX ALIMENTÁRIUS, ´NÃO ? NÓS TEMOS PROVAS COM IMÁGENS A CORES E DIGITAL,
    E MAIS A IGREJA CATÓLICA ESTÁ NISSO ATÉ O PESCOÇO.
    SE VOCÊ QUISER SABER MAIS SOBRE ISSO, BASTA MANDAR O SEU EMAIL E EU TE ENVIAREIS
    POR EMAIL,
    VOCÊ SABE QUE É REALMENTE PAPA JOÃO PAULO II
    VOCÊ SABE O SIGNIFICADO DA PALAVRA BESTA?
    NÃO? NÓS ABRIMOS A SUA MENTE:
    LEMBRE-SE – IMAGENS VALEM MAIS DO QUE 1000 PALAVRAS E NÓS TEMOS IMÁGENS COM PARAVRAS FATO QUE NÃO VAI DEIXAR A MENOR DÚVIDA.
    SE VOCÊ CRER, O PROBLEMA É DE DEUS; SE NÃO CRER O PROBLEMA É SEU.
    DEUS SEM VOCÊ CONTINUA SENDEO SEMPRE DEUS,
    E VOCÊ SEM DEUS CONTINUA SENDO NADA.
    ACORDE.

    RUY

     
  3. O nosso salario minimo visa, ou pelo menos visava, às familias terem todas as condições de residir, educar, alimentar, proteger, aos pais com relação aos filhos. Bastaria isso para que tudo o mais fose resolvido. O governo arrecada por demais e os impostos são os mais altos e, para quê – Para alimentar a corrupção? Alguém já disse que a nossa pobreza é devido a desigualdade social.
    “GANHA-SE JUSTIÇA MAIS RÁPIDO SE FIZERMOS JUSTIÇA À PARTE CONTRÁRIA”. Mahatma Gandhi
    Principalmente aos nossos pobres, desde que não esteja ou seja o MST.

    Ouvi uma piada que é interessante: Dizia que num avião estavam o Hugo Chaves, O Lula e o Obama. O diabo então resolveu derubar o avião e começou a serrar uma das asas. Quando o Chave viu aquilo, esbravejou e o diabo nem se importou. O Chaves foi ao Obama e pediu intervenção, mas nada aconteceu. O diabo continuou serrando. Pediram ao Lula: você queestá muito influente, faça alguma coisa para impedir esse atentado. O Lula foi, falou alguma coisa e o diabo sumiu como um relampago. Ao voltar quiseam saber o que ele disse ao diabo: Bem, eu disse que se o avião caisse nós iriamos para o inferno, e lá eu fundaria o PT e daria para o MST tomar conta.

     
  4. Doravante os filhos de brasileiros deveriam ter nomes como: José do Brasil; João do Brasil; Luis do Brasil, ou quem sabe……Luis Inacio lula do Brasil……. Dilma R. do Brasil…… para, quem sabe receber as bolsas esnilas do Brasil

     
  5. A família é algo divino, e ninguém tem o direito de intrometer na organização, na formação, na educação dos filhos, senão os próprios pais. A intromissão do Estado na formação da família, é nada mais que desmantelar o que há de mais sagrado na sociedade. A família é o núcleo da sociedade e ninguém tem o direito de mexer. Cabe ao Estado dar condições econômicas, e isto não é tirando dos pais o direito de educar seus filhos, dar mais atenção às famílias menos favorecidas para que elas mesmas possam educar seus filhos com dignidade.

     
  6. Olha aqui no Brasil é mais ou menos assim e não resolve nenhum problema acho que se chama Conselho Tutelar a gente pensa que é só para aconselhar mas o negócio é tirar as crianças da família. Já ouviram o caso do filho da Cassia Eler? O avô não pode ficar com o neto porque deram para a “esposa” da mãe.

     
  7. Caro articulista,

    Sem duvidas, somente pessoa de pouca percepção intelectual podera ignorar tais medidas visa a inversão completa de valores sociais ref.a intervenção do Estado no sagrado direito do pátrio poder, basilar na formação da familia.

    Jamais o Estado com sua pletora sera bem sucedido em tal megalomaniaca intervenção estatal, criando em breve uma geração de rebeldes e insensata juventude, que sera alvo facil de traficantes de drogas e criminalidade aumentando verticalmente os indices de ilicitos penais e desgregação familiar, com serias consequencias socio economicas.

    Afinal a quem interessa toda esta inversão pseudo legal na familia no Brasil e nações americanas,sob égide de pseudos DIREITOS HUMANOS????

    Esta é a pergunta que não quer calar….

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome