Câmara dos Deputados promoverá audiência pública sobre aborto

Aborto Camara dos Deputados

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS 

 

54ª Legislatura – 3ª Sessão Legislativa Ordinária 
 
PAUTA DE REUNIÃO ORDINÁRIA 
 
AUDIÊNCIA PÚBLICA 
 
DIA 04/12/2013 
(SUJEITO A ALTERAÇÃO) 

 

LOCAL: Anexo II, Plenário 09
HORÁRIO: 14h
Audiência Pública: 
TEMA: Discutir o aborto. Req. 89/13, do Dep. Pastor Marco Feliciano.

CONVIDADOS:  

DEPUTADO JOÃO CAMPOS, autor do requerimento da CPI do Aborto;

HERMES RODRIGUES NERY, Coordenador da Comissão Diocesana em Defesa da Vida e Movimento Legislação e Vida da Diocese de Taubaté;

Representante do Ministério da Saúde.

___________________

Nota do site: Precisamos acompanhar atentamente esta importante audiência, pois, conforme ocorrerem os debates, poderá ter consequências em nossa luta contra a legalização do aborto no Brasil. Roguemos a Deus, por intercessão de Sua Santa Mãe, que ilumine nossos representantes que deverão defender a vida inocente desde a sua concepção. 

Vale a pena aqui relembrar as severas palavras do Padre Pio a respeito do aborto: 

“Quando virdes uma alma que anuncia o aborto como feito benigno, sabereis que nela reina o príncipe das trevas, e sua eternidade está por hora no livro da morte. […] Ai de nós se consentirmos com esse miserável pecado mortal. Não ousemos tomar o lugar do Criador, e não permitamos que nenhum homem o faça. Não sejamos cúmplices deste crime maldito por culpa do nosso silêncio e da nossa tibieza”.

 

4 COMENTÁRIOS

  1. Se aparecerem na audiência pública as feministas gritando, pode chama-las de nazistas [1] seguidoras de Margaret Sanger: http://www.trdd.org/EUGBR_2P.HTM

    [1] “Com o tempo, a idade das crianças mortas ia ampliando e no final até mesmo crianças arianas eram mortas por razões banais como orelhas deformadas ou até mesmo por urinarem na cama ou ainda por serem consideradas difíceis de educar” Dominus Vobiscum em A origem do Movimento abortista e da cultura de morte http://domvob.wordpress.com/2013/08/02/a-origem-do-movimento-abortista-e-da-cultura-de-morte/

     
  2. Os parlamentares conhecem a opinião popular, tem consciência do que
    pensam as mulheres brasileiras, aliás, já vi na net senhoras se pronunciando à esse respeito. Em meu modesto entender é esticar o
    assunto, e, justifica-se pelas sucessivas reuniões extras que se sucederão após a audiência pública, e os jetons à serem pagos. LÓGICO
    toda farra custaeda com o dinheiro do contribuinte, ou seja, eu, você
    e outros. Já na hora de votar lembre de tudo isso e não utilize o seu título de eleitor como papel higiênico.
    PAZ E BEM À TODOS.

     
  3. Como seguidores de Cristo temos que continuar em intercessão rogando para que o mal não triunfe.
    Que o Senhor ilumine a mente dos que promoverão a defesa contra o aborto e atrofiem as ideias dos abortistas

     
  4. Não tenho rodeios, e digo que, devemos lutar para que os militares retomem o poder no Brasil, ou façamos campanhas insistentes junto às bases de nossas comunidades, a fim de conscientizá-las sobre a monstruosidade do comunismo gramsciano, que está em pleno desenvolvimento, financiado com verbas públicas, e protagonizado principalmente pelo PT. Essas campanhas de conscientização, é, na verdade, o caminho inverso do que foi feito por doutrinadores católicos e protestantes adeptos da TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO, que com esse pomposo nome, tornou possível a inserção de demônios com LULA, DILMA e toda a corja que os apoia, infiltrando-se e tornando-se aceitáveis na maioria do coração de nossos patrícios, incautos e incapazes de discernir a mão esquerda da direita.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome