Carta Aberta ao público brasileiro: Gente decente não assiste à novela Babilônia

35

babilônia_novela

Você já ouviu a expressão: “preferia ser cego a ter visto isso”?

Foi exatamente essa expressão que passou pela cabeça de uma multidão de brasileiros ao ver a grotesca, nefanda e repulsiva novela “Babilônia” adentrando os lares de milhares de brasileiros nas últimas semanas.

A nova trama das 21h (horário em que muitas crianças ainda estão acordadas) veio reafirmar o que todo mundo já sabia: as telenovelas querem destruir as famílias.

Contando com um um extenso arsenal de imoralidades como traições, prática explícita de comportamentos doentios e pecaminosos como a fornicação e o aborto, sem contar nas cenas de nudez e o comportamento desvirtuado de praticamente todos os personagens, Babilônia é a produção perfeita para acabar com o conceito cristão de família.

É… Eles querem mesmo transformar a nossa sociedade em uma verdadeira “Babilônia”.

Porque grande parte da audiência deste lixo televisivo é jovem, em grande número é até infantil. Alguém que dissesse que “a novela não vai influenciar ninguém” teria de ser muito
inocente mesmo.

Esta novela, como tantas outras antes dela, tem o terrível poder de “fazer a cabeça” das pessoas.

Agora pense: e se seu filho, seu sobrinho, seu primo fosse influenciado? Ou, se fosse induzido por um(a) colega que tenha sido influenciado por este rio de imoralidades?

Neste sentimento nacional de repulsa, a Associação Devotos de Fátima escreveu uma Carta de Repúdio cujo objetivo é aniquilar com a audiência desta novela chamada “Babilônia”.

Você só precisa clicar em “recomendar” e depois pode compartilhar no seu mural do facebook.

Compartilhe e comente com seus amigos.

Quanto mais pessoas aderirem, mais mostraremos às emissoras de TV que o Brasil não é a Babilônia que convêm à elas.

 

35 COMENTÁRIOS

  1. Essa novela é uma verdadeira chacina a familia cristã e ao cérebro de qualquer ser humano. É um crime permitir que uma criança ou qualquer pessoa seja influenciada por essa imoralidade!!!!!!!

     
  2. Sou totalmente contra a novela onde aparece sempre duas pessoas se beijando, se tocando, enfim fazendo tudo que o Diabo gosta e com isso colocando nas cabeças de nossas crianças que é normal.
    Normal é sim deixar nossas crianças crescerem naturalmente e se descobrirem naturalmente, as meninas brincarem de bonecas, casinha, os meninos de carrinho, pião, bolinhas de gude como foi o meu tempo, irem a Igreja, aí sim lá na frente eles colherão e serão os verdadeiros homens e mulheres Cristãos prontos para enfrentar verdadeiramente o mundo, do contrário acontecerá tudo que está havendo.

     
  3. Há muito tempo as novelas em geral já eram uma baixaria só. Agora elas ultrapassaram o “além do além da baixaria, imoralidade, burrice e etc..
    Raramente assisto a algum programa da televisão e quando vejo algum eu entendo porque as pessoas perderam a capacidade de refletir e de pensar, é impressionante o estrago que esses progamas fizeram e continuam fazendo nas pessoas.

     
  4. Eu não assisto a TV Globo – me dá alergia – as baixarias que eles apresentam – ele não são de Deus e não temem as consequencias divinas.
    Essa tal Babilônia – vejo alguns comentários a respeito – mas não perco o meu tempo – as novelas da globo a maioria mostram brigas de casais, etc, é a destruição da família.

     
  5. MARIA ASSUNÇÃO FERREIRA SOBRAL:
    Estão querendo empurrar nas famílias todos os comportamentos imundos que visa destruir as famílias. Um lugar onde há grande número de homossexuais, adúlteros e ególatras, não poderia produzir alguma coisa boa. Decididamente as famílias devem boicotar não só as novelas, mas todo e qualquer atração que vise influenciar de maneira malígna e anticristã todas as famílias.

     
  6. Essa novela acabou tendo uma audiência baixíssima, eles desta vez exageraram demais na quantidade de lixo que as pessoas podiam suportar em vez de continuar dando ele em doses homeopáticas.

     
  7. Estão querendo empurrar nas famílias todos os comportamentos imundos que visa destruir as famílias. Um lugar onde há grande número de homossexuais, adúlteros e ególatras, não poderia produzir alguma coisa boa. Decididamente as famílias devem boicotar não só as novelas, mas todo e qualquer atração que vise influenciar de maneira malígna e anticristã todas as famílias.

     
  8. Novela; Nunca Mais, já faz alguns anos que eu não vejo novela de espécie nenhuma pois estou conciente que todas são inúteis sem valor algum, são verdadeiros lixos contaminados com o mal/mau

     
  9. Até o lançamento da novela “Babilônia”, eu admirava a atriz Fernanda Montenegro. Principalmente porque me parecia ser uma pessoa muito ética e corretíssima. Nunca me esqueço de uma entrevista, exibida há muitos anos na tv, em que ela foi elogiada justamente pela maneira exemplar como tinha conduzido a sua carreira até então. Quando lhe perguntaram qual era a sua regra de conduta na vida profissional, ela respondeu: “Nunca aceito um papel, seja no teatro ou na tv, sobre o qual eu não possa falar com minha família na mesa de jantar”. Que triste mudança de rumo dessa senhora que agora, ao apagar das luzes de sua carreira, se presta a fazer um papel deprimente e imoral naquela novela repugnante.

     
  10. “Ai daqueles que ao mal chamam bem, e ao bem, mal, que mudam as trevas em luz e a luz em trevas, que tornam doce o que é amargo, e amargo o que é doce!” (Isaías 5, 20)

     
  11. Aos que produzem este lixo recomendo ler o recado de Jesus Cristo escrito pelo Apóstolo Mateus. “Mas, qualquer um que escandalizar um destes pequeninos, que crêem em mim, melhor lhe seria que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e se submergisse na profundeza do mar” (Mateus, Cap.18, vers.6)

     
  12. Eu já não ligo na Globo faz vários anos – não compensa gastar energia para ver coisas inúteis – ela já foi ótima – mas hoje quando se refere a materialismo ela é a número 01 – e essas novelas que ela apresenta é a destruição dos casamentos…

     
  13. Nós que somos católicos e professamos a nossa fé e temos a Bíblia Sagrada como nosso livro educacional, jamais daremos a oportunidade a esta emissora de assistirmos um só capítulo da nojenta novela. Alias, novela nenhuma dessa emissora merece nossa assistência. Me parece que em outra novela a atriz Regina Duarte que se notabilizou como grande atriz, fará papel de uma homossexual. É uma vergonha, esta atriz está se desmoralizando.

     
  14. marceloh.,
    Não precisa de tudo isso não!

    Qualquer notebook já tem saída hdmi e vga (saída do monitor de computador)! É só conectar nas entradas apropriadas das tvs lcd e led e ligar as caixinhas de som no plug de fone de ouvido do note. Aqui em casa funciona!

     
  15. Rosemeri Salvador,

    Sugestão minha: compre uma smartv ou blu-ray com entrada para internet, que lhe permita acessar o youtube. E tenha o youtube como seu ‘canal’ de entretenimento. Apesar de o youtube ter muito lixo, há também muitos vídeos cristãos – seja documentários, palestras, pregações, cursos. Sem falar em desenhos bíblicos. Tem uma infinidade de bons vídeos que nunca iriam passar em qualquer canal de tv fechada, muito menos aberta.

     
  16. Fazem quase 2 anos que não assisto mais a Globo e digo com tranquilidade, não perdi nada. E sugiro que façam esta experiencia e vão ver o quanto suas vidas vão melhorar. Assisto TV, mas escolho o que vou deixar entrar na minha casa.

     
  17. Venho manifestar meu repudio contra esse lixo que essa emissora está lançando em nossas famílias, felizmente não assisto essa emissora a uns 5 anos, mas o que vejo nas revistas e nos comentários boca a boca tem me causado nojo. Vamos salvar nossas famílias, isso cabe a nós.

     
  18. Devo dizer que não vejo coisa alguma de TV. Nem o noticiário me interessa.
    Não obstante,tenho uma experiência vivida em minha família.
    Estudei em um internato dos Irmãos Maristas durante três anos. Ao ingressar no mesmo, a minha família não tinha televisão em casa. Quando voltei, três anos após, a TV estava lá já havia dois anos.
    O ambiente e o convívio entre as pessoas estavam completamente alterados. Tive um grande choque. Meu pai chegou a dizer-me que já não entendia seus filhos , e que perdera o controle das coisas e das pessoas.
    Eu liguei , imediatamente, o efeito à sua causa: foi a televisão.
    Observei também que, até as apresentações , aparentemente mais ingênuas, continha veneno, isso intercalado com propaganda as mais provocativas.
    Isso aconteceu quando eu tinha 19 anos. Tenho agora 70. Nesses 50 anos a televisão, e qq outro tipo de entretenimento, só fizeram piorar e piorar.
    Com 20 anos conheci Dr. Plínio Corrêa de Oliveira. Aos 22 anos li e estudei a sua obra intitulada:
    “Baldeação Ideológica Inadvertida e Diálogo” dada à lume em 1966.
    A televisão é um dos instrumentos que aplicam aquela técnica descrita genialmente por Dr. Plínio.
    Gostaria de ter um encontro pessoal com esses “donos” da Mídia para enfiar-lhes goela abaixo o texto daquela análise ….

     
  19. Isso aí é um claro exemplo de como “desejam” que “a pátria educadora” se transforme para continuar ditando a balburdia e a ofensa ao País.
    Nefastos apátridas lutam desesperadamente pela desintegração do Brasil e assim conseguir instalar definitivamente as hordas comunistas.

     
  20. A propósito dessa nefanda “Babilônia”, tenho um testemunho pessoal a narrar: Natural da área de influência religiosa do SERTÃO DE CANUDOS, migrei na juventude daqui do interior da Bahia onde vivo agora, levado pela enxurrada da Diáspora Caatingueira. Morei em São Paulo por dois anos e, logo depois, fui para o Rio de Janeiro onde passei a trabalhar na segurança pública do antigo Estado da Guanabara. Mais precisamente na Polícia Militar do Estado da Guanabara. Empregado no serviço de policiamento da noite carioca. Dessa forma, naquele serviço circulei da Zona de Prostituição da Central do Brasil aos ambientes de degradações do Baixo Leblon e Barra da Tijuca; passando pela Praça Tiradentes, Cinelândia e Passeio Público. Imaginem um indivíduo jovem, marcado por uma orientação religiosa ultra conservadora, de forte influência conselheirista – de Antonio Conselheiro mesmo – trabalhando como soldado de uma polícia militar extremamente corrupta, assassina, covarde, promíscua e leviana. Até hoje não consigo entender como foi que por quase 20 anos, as minhas atividades profissionais foram exercidos nos antros mais degradantes do Rio de Janeiro. Coisa de Deus mesmo; ele quis que eu conhecesse in loco toda a deterioração social de um grande público submerso na mais abjeta depravação que me levava a orar muitíssimo; inclusive durante o trabalho. Lembro-me de que os meus colegas “cariocas da gema” riam muito da minha simplicidade e da minha religiosidade caatingueira, que respeitavam muito, embora as julgassem muita ingênuas e nordestinas, dizendo-me: “Plínio, a noite é uma criança”. Foi naquele contexto hediondo que testemunhei a realidade da exploração execrável da pessoa humana do homossexual na “infantilidade” das noites boêmias e abomináveis do Rio de Janeiro. Trabalhei por muitos anos na Cinelândia e no Passeio Público. Salvei as vidas de inúmeros homossexuais da violência crudelíssima de garotos de programas; os chamados cawboys da meia noite; movido por razões profundamente espirituais, típicas da cultura religiosa do Sertão de Canudos. Por isso, até hoje o meu convencimento é de que aquelas pessoas não sejam expostas à execração pública extremada de forma tão cruel como as mídias vêm fazendo nos últimos tempos. Creio, por experiência do trabalho de agente público da área de segurança que – na verdade – as mídias têm trabalhado de forma bem dissimulada e aparentemente lúdica, visando a condicionar a opinião pública tanto a odiar homossexuais quanto a promover massacres hediondos daquela pessoas humanas em era vindoura. A novela “Babilônia”, exibida pela TV Globo é assaz simbólica e nos leva a refletir sobre os grandes massacres da Idade Média para conter as influências da Babilônia histórica, de Sodoma e de Gomorra. A humanidade é muito perversa. Há tempos em que ela estimula imoralidades e desregramentos exacerbados como as mídias noveleiras estão fazendo agora; depois mata as pessoas nas fogueiras, nos caldeirões ferventes e o diabo! Será que em consequência dos debates sobre a escalada radioativa no Irã, as mídias pretendem preparar terrenos para extermínios em massa de pessoas homossexuais através daqueles métodos apocalípticos, em lugar de um conflito nuclear entre países?

    JOSÉ PLÍNIO DE OLIVEIRA
    (Serrinha – Bahia)

     
  21. meus amigos,

    segue concisa minha visão sobre Babilônia.

    – A rede globo só comprova um ditado: – a parte mais sensível do corpo humano é o bolso.

    Eis duas idosas , não se discute talentos, comprovando esse velho ditado que é adequado aos(as) mercenários(as), vendidos(as), traidores(as), canalhas de todos os gêneros e prostitutas..

    Prostituir pelo dicionário do Aurélio é claro:

    – 6. Produzir ( o artista ou o cientista de capacidade) obra artística ou científica com o objetivo exclusivo de enriquecer, desprezando princípios, ideias, ou a qualidade do trabalho.

    – 7- fig. Desonrar-se, aviltar-se, praticando as ações vergonhosas ou indecorosas, rebaixar-se

    Diante da língua portuguesa não será ofensa em declarar que essas idosas se prostituíram e como tal prostitutas se fizeram.

    Não há outro salvo juízo,

    feliz páscoa

    mosqueira

     
  22. Minha preocupação é que a campanha produza um efeito contrário ao desejado, atraia a curiosidade dos que preferem assistir outros programas!
    O ilícito, o proibido, desde o tempo de Adão e Eva, exerce seu poder de atração!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome