CELAC-em-Cuba

1. Em 28 e 29 de janeiro pp., reuniram-se em Havana 31 chefes de Estado e de Governo da América Latina, por ocasião da II Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC).

2. Poucas vezes, o pró-castrismo e o pró-chavismo da maior parte dos chefes de Estado latino-americanos ficou tão evidente, por ação ou omissão, desde as visitas enternecidas ao sanguinário ditador Fidel Castro, até a proscrição da palavra “liberdade” na extensa declaração final, passando pela negativa das delegações em receber figuras da oposição cubana, exceção feita ao chanceler da Costa Rica.

3. Foi uma Nuremberg ao contrário. Os mandatários presentes, em vez de pleitear a liberdade para o povo cubano, escravizado desde há 50 anos, e de mostrar a responsabilidade dos tiranos Castro em décadas de sangue e lágrimas na América Latina, cada um a seu modo, se desmancharam em gentilezas com os representantes do regime de Havana e continuaram derramando milhões de dólares nas arcas dos ditadores cubanos.

4. Se os presidentes latino-americanos tiveram essa atitude servil, talvez seja porque sentiram que a opinião pública em seus respectivos países estava suficientemente anestesiada para deixar passar, na indolência e no relativismo, o servilismo de seus mandatários.

5. Existe na América Latina, desde há vários anos, um fenômeno de compaixão seletiva, pelo qual suscitam-se de um momento para outro, a través das redes sociais e meios de comunicação, movimentos de compaixão pelas causas que as esquerdas consideram “politicamente corretas”. Porém, misteriosamente essa compaixão se transforma em indolência e letargia quando se trata de causas “politicamente incorretas”, como o sofrimento de 12 milhões de cubanos escravizados.

Doutor-Ox6. A chave do presente e do futuro da América Latina parece estar nas mãos de misteriosos personagens que, à maneira do doutor Ox, figura central de uma novela de Júlio Verne, são os que induzem, estimulam ou esfriam a compaixão, de acordo com os interesses das velhas e das novas esquerdas.

7. O doutor Ox foi um enigmático personagem que conseguia modificar o temperamento coletivo da aldeia flamenga de Quiquendone, mediante misteriosos gases produzidos em seu laboratório, que faziam passar às suas vítimas da indignação ou da compaixão à apatia e à indiferença e vice-versa (“Une fantaisie du docteur Ox”, Amiens, 1872).

8. Uma das maiores tarefas, que diz respeito à própria sobrevivência da liberdade nas Américas, é a de neutralizar a ação política e psicológica dos doutores Ox latino-americanos.

Links de dois artigos relacionados: “El doctor Ox, Cuba e Colombia”http://www.cubdest.org/0106/gox.html

“Salvadoreños Pro Civilización Cristiana piden un Nuremberg para juzgar al dictador Fidel Castro”http://www.cubdest.org/0012/csalvad.html

_____________

(*) Apontamentos de Destaque Internacional (texto interativo, pode-se reproduzir livremente, inclusive sem citar a fonte). 01 de fevereiro de 2014. Responsável: Javier Gonzálezdestaque2016@gmail.com (por favor, difunda este editorial o máximo que possa, em suas redes sociais, caso concorde com seu conteúdo).

 Tradução: Graça Salgueiro

 
COMPARTILHAR
Artigo anteriorCaravana Terra de Santa Cruz percorre o Norte brasileiro
Próximo artigoA lição da Coréia do Norte executando “traidores” e “inimigos do socialismo”
Agência Boa Imprensa
A Agência Boa Imprensa — orientada pelo ideal evocado pela cruz de seu logotipo — envia seus boletins noticiosos a jornais de norte a sul do Brasil e do exterior desde 1953. Com um jornalismo diferente, a ABIM procura apontar aquilo que muitas vezes é ocultado ou interpretado tendenciosamente.Além de análises e apreciações, nosso noticiário pretende despertar apetências do Brasil profundo, ou seja, daquele setor de nosso público que pauta sua vida nas expressões culturais da tradição cristã e procura repouso em meio às agitações modernas.

5 COMENTÁRIOS

  1. Lembro-me , na minha adolescência, começava-se a abolir “malhação de Judas” nas noites de Sábado Santo para as manhãs do domingo da Páscoa da Ressurreição. Menino ainda, nem de longe percebia a mão do progressismo nisso, sequer imaginava a existência dessa heresia.
    Havia um cunho pedagógico na “malhação de Judas”. Cheguei a ver bonecos amarrados a árvores, e postes. Minha mãe rezava, no 5o. mistério doloroso : “Contemplamos Nosso Senhor Jesus Cristo morrendo na Cruz – fruto: a morte a nós mesmos , SOBRETUDO AO PECADO. – JUDAS ERA A PRÓPRIA FIGURA DO PECADO. – por isso a “malhação” – ” homem que seria melhor não tivesse nascido”.
    Isso me marcou, muito , muito.
    Hoje vemos isso : Compaixão Seletiva – facínoras sendo exaltados.
    Dr. Plínio Corrêa de Oliveira foi quem me ensinou a existência do PROCESSO REVOLUCIONÁRIO, e como ele se dá nas almas, e na sociedade.
    Quem não conhece essa ciência ( é uma verdadeira ciência!), é como se fOsse um cego em um trânsito muito movimentado.

     
  2. EM MEIO À RELATIVIZAÇÃO DAS PESSOAS, COMUNISTAS TÊM CONSEGUIDO AVANÇAR!
    E como! Nossas autoridades eclesiásticas a essas horas deveriam estar esbravejando nos púlpitos contra essa satanista onda de imoralidade e corrupção que avassala o país, desfamiliarizando e relativizando as mentes, encetando feroz perseguição à doutrina da Igreja católica, em especial.
    Apenas uma meia dúzia em meio a milhares se insurge prá valer!
    Imaginem só: v quer ouvir as homilias da religião de Satã diariamente dentro de seu lar? Fácil; a um clique, v sintoniza uma das novelas de bordel, BBBs e similares dos globalistas da Globo e mesmo doutras emissoras, e Satã o “instruirá” por meio de seus agentes, os atores, de como se envolver em todo tipo de como odiar e se insurgir contra Deus e suas leis na cara dura, assim como praticar perversões, se envolver em tramas, tretas, transas, trapaças e trambiques, ainda mais por meio de cenas ilustrativas ao vivo o porá mais a par de como praticar tais atos, sem constrangimento e culpa alguns, tudo muito natural, light; aliás, sinônimo do PT que permite e estimula para alienar o povo para ficar mais dócil para ser dominado e escravizado, como em Cuba, liberdade de coleira no pescoço e fecho éclair na boca!
    Topa votar no PT e depois ser um e familiares desses futuros capachos?
    E mais, além do acima, ao sintonizar esses programas, v dará força à emissora por causa dos pontos de audiência que dá, ajudando-a a faturar ainda mais, compartilhando das obras das trevas!

     
  3. A anestesia e a mentira são os principais parâmetros que já de longa data fazem parte da “pedagogia” que querem inserir em mentes ingênuas
    e sem conhecimentos sobre esse grande conluio porém existem ainda arquivos (Graças a Deus !!) sobre o passado sangrento e tenebroso do terrorismo aberto e acobertado que praticaram e ainda continuam praticando e só se informar e estar bem atentos para os movimentos no tabuleiro.!!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome