Criança com problemas respiratório em Hefei, província de Anhui

Pela vez primeira, o ministério chinês do Meio Ambiente publicou a lista das “cidades do câncer”.

Trata-se de urbes grandes, médias e pequenas, onde o nível de poluição é tão elevado que a proporção de pessoas atingidas pelo câncer superou os níveis mais alarmantes, noticiaram numerosas fontes, entre as quais o jornal “Le Figaro” de Paris.

Segundo a lista oficial, a China teria mais de 400 cidades em tal situação. Os grupos ecologistas, sempre lenientes e amigos do regime, falavam “apenas” em uma centena.

O ministério chinês disse estar preocupado pela dimensão gigantesca do problema. Mas só falou lugares comuns, como o de que “os produtos químicos tóxicos estão na origem de numerosas crises ambientais ligadas à poluição do ar ou da água. Existem até casos muito sérios, como as aldeias do câncer em certas regiões circunscritas”.

Os satélites ocidentais fotografaram essas “regiões circunscritas”, que incluem centenas de milhares de quilômetros quadrados, desde Pequim até Xangai.

Nas frequentes épocas em que a poluição habitual cobre essa imensa região, a superfície do planeta fica invisível pela densa nuvem de poluição.

Para atingir os agressivos objetivos marxistas de conquista econômica do mundo, as fábricas não providenciam nenhuma forma de controle, poluindo sem qualquer medida de prudência as regiões agrícolas.

E ai de quem não cumprir as metas determinadas pela burocracia socialista em Pequim!

O descontentamento social cresce e os cidadãos se mobilizam, opondo-se a projetos ameaçadores de fábricas químicas. Mas o regime é insensível: morra quem morrer, é preciso atingir a meta comunista de produção, como ensinou o “Grande Timoneiro” Mao Tse Tung.

A poluição em Pequim supera todos os recordes, tornando-se evidência incontestável quando uma nuvem tóxica de periculosidade inédita envolveu a capital durante mais de três semanas no mês de janeiro.

Patenteou-se, então, que o fenômeno que destrói a saúde de milhões de cidadãos escravos não se limita a algumas “regiões circunscritas”.

O Ministério do Meio Ambiente elaborou então um relatório visando abafar e desviar as queixas. Mas um número crescente de cidadãos comuns já não acredita nas falácias do governo.

No ano de 2009, o jornalista Deng Fei, do canal Phoenix TV, de Hong Kong, denunciou essas “cidades do câncer”. Sua conta no Sina Weibo (equivalente ao Twitter) é acompanhada hoje por mais de três milhões de pessoas.

No Ano Novo chinês, o jornalista lançou uma campanha intitulada “Mostrem-me os rios sujos”, recebendo então milhares de fotos mostrando deprimentes paisagens de rios supersaturados de lixo e fábricas jogando águas não tratadas nos riachos próximos.

Não há perigo de os “verdes” ocidentais divulgarem esta realidade tão anti-ecológica. Os “vermelhos” chineses são seus amigos!!!

 

4 COMENTÁRIOS

  1. Não entendo você… o Apocalipse está na Bíblia, a qual você deve acreditar. Se está lá e isso é coisa de Deus, porque ele seria ruim? não existe um propósito bom para isso? Como sempre, crentes cheios de controversas…
    @henrique

     
  2. Este website é tão contraditório que apenas ignorantes aceitam estas bobagens de vocês. Eu achava que o CO2 era o gás da vida (segundo vocês), e porque estão falando de poluição na China? Deveriam pesquisar mais e procurar quais os principais poluentes neste país. Entretanto, é óbvio que não farão isto, exatamente porque vocês, como sempre, estão errados e mentem para a sociedade cristã.
    Além do mais, vocês demonstram não entender o que é marxismo, pois produzir mais e de forma desenfreada não tem a ver com marxismo e sim com fordismo. Deveriam estudar mais.

     
  3. Boa tarde

    Seria interessante publicar esta matéria, assim todos saberemos contra quem de fato estamos lutando. Nada adianta tentar resolver os problemas humanamente, sem Jesus pois nossa luta é espiritual e contra forças poderosas, assim quem não acreditar, vale a pena pesquisar quem são estas pessoas que lideram estes movimentos abomináveis além de verificar que o real os reais apoiadores tem um unico objetivo…destruir a família, afastar o homem do criador, pois estes vestem ternos e se escondem atras de suas mascaras de cordeiro quando na verdade são OS LOBOS DA SINAGOGA DE SATANÁS, A maçonaria.

    O pior de tudo isto, é que nós mesmos eternizamos aqueles que nos manipulam quando damos audiência ao lixo do Big Brother que promoveu o mais famoso politico marionete do movimento gay Jean, quando nossas mulheres ficam hipnotizadas assistindo o lixo das novelas e sendo educadas pela mídia satânica. Nós deixamos tudo isto acontecer, agora devemos é DOBRAR OS JOELHOS E CLAMAR POR MISERICÓRDIA, pois por mais incrível que possa parecer, bilhões de pessoas acham que tudo vai bem QUANDO TUDO DESABA PARA O DESENROLAR DO APOCALIPSE. MARANATA

    http://www.libertar.in/2013/04/os-vinculos-entre-rituais-satanicos-o.html#more

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome