Defendamos a Cruz!

 A Cruz na antiguidade era um instrumento de suplício que representava uma ignomínia para a pessoa que fosse crucificada; uma vergonha para a pessoa e uma vergonha para a família.

PRC_SRM_Crucifixo18Nosso Senhor Jesus Cristo, portanto, sendo crucificado, recebeu uma humilhação tremenda. Esta humilhação equivalia a matá-Lo dizendo que era um bandido, um ladrão, que era do mesmo gênero que os dois outros facínoras com os quais foi crucificado.

A Cruz de Nosso Senhor representa, portanto, todas as humilhações que Ele sofreu durante a vida. E ela é o começo de todas as humilhações que até o fim do mundo todos os católicos haveriam de sofrer por causa de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Mas, paralelamente, é tal a grandeza infinita de Nosso Senhor, tal é sua santidade divina, que a Cruz passou a ser sinal de honra e de glória.

A honra de Deus, a honra de Nosso Senhor Jesus Cristo é reivindicada pela Igreja. E por causa disto os católicos tomaram a Cruz como sinal de honra, como o que há de mais sagrado, o símbolo de quanto há de mais santo.

E então nós temos como manifestações características dos tempos de Fé: a Cruz colocada no alto das coroas dos reis; a Cruz como sinal heráldico dos mais nobres galardões das famílias da alta aristocracia; a Cruz colocada como insígnia das condecorações, como também a Cruz adornando as rústicas paredes de taipa das mais humildes choupanas.

ACESSE: www.returntoorder.org/petition/bladensburg-cross/?PKG=RTOE0229 E ASSINE A PETIÇÃO CONTRA A RETIRADA DA CRUZ!

CRoss-1250x650Nos dias atuais, apesar da decadência moral e religiosa, em diversos lugares pelo mundo afora, nas grandes e pequenas cidades ainda persiste esta noção sagrada da Santa Cruz. E por causa disso, cruzes são erguidas em praças públicas, em lugares de destaque e em homenagem à mémoria de falecidos e heróis de guerra.

Em 1925, na pequena cidade de Bladensburg, localizada no estado americano de Maryland, no Condado de Prince George’s, um monumento sob a forma de uma Cruz foi erguido pelos habitantes em homenagem a quarenta e nove soldados que faziam parte da Legião Americana que tinha dado suas vidas em defesa do país durante a Primeira Guerra Mundial.

Para fazer valer seus supostos direitos de Estado laico, um grupo de ateus, entrou com uma ação no “Tribunal de Apelações” pedindo a demolição da Cruz.

ACESSE: www.returntoorder.org/petition/bladensburg-cross/?PKG=RTOE0229 E ASSINE A PETIÇÃO CONTRA A RETIRADA DA CRUZ!

Os habitantes de Bladensburg, que ainda hoje vêm a cruz como um símbolo da Fé, e tementes a Deus, reagiram contra a onda ateia de uma pequena minoria.

Esta minoria que odeia Deus Nosso Senhor e quer viver uma vida à margem de seus ensinamentos farão de tudo para retirar a cruz.

– Não será esta mais uma perseguição perpetrada contra católicos e contra Nosso Senhor Jesus Cristo?

– Vendo assim os bons sendo perseguidos, não merecem eles receber um apoio de irmãos da mesma Fé?

Portanto, INSTITUTO PLINIO CORRÊA DE OLIVEIRA convida seus leitores gentilmente a se unirem a uma iniciativa da TFP Americana[1] que está promovendo um abaixo-assinado no site ReturntoOrder.org[2] contra a remoção da Cruz.

Junte-se a esta nobre causa e confiantes nas promessas de Nosso Senhor que afirmou que “as portas do inferna não prevarecerão”[3] seremos daqueles que em meio as crises de nossos dias não duvidaram e permanecem firmes na Fé.

ACESSE: www.returntoorder.org/petition/bladensburg-cross/?PKG=RTOE0229 E ASSINE A PETIÇÃO CONTRA A RETIRADA DA CRUZ!

 

 

[1] http://www.tfp.org/

 

[2] http://www.returntoorder.org/

 

[3] Mateus 16:18

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde deste Dia do Senhor, prezados irmãos em Cristo.

    Abri a página de acesso a mensagem endereçada ao Governo de Bladensburg. Com o intuito de reconhecer em que poderia contribuir.

    Após análise do assunto, mesmo considerando que poderia adicionar ao texto proposto considerações pessoais com explicações da minha participação, e ponderações adicionais, decidi nada encaminhar. Apenas por uma questão de ordem política. Uma vez que, enquanto apenas cidadão brasileiro sequer residindo nos Estados Unidos, poderia assim ter minha participação classificável com inferência estrangeira a assuntos de ordem institucional de competência exclusiva americana. E ter um retorno dos mais desagradáveis, por parte de críticos de lá eventualmente interessados a isto.

    Mas estou em ideais e orações unido com vocês, com os católicos de Bladensburg e dos Estados Unidos, no interesse da permanência do direito e da tradição cultural em foco. Inclusive porque democracia não implica em sustentabilidade dos direitos das minorias, mas exercício, regência e vivência da ordem em virtude da opinião da maioria. Democracia não se dá em função de imperativos de minorias. Mas de definição de condições gerais de ordem econômica, política e social de preferência da maioria… Mais ainda quando se trata de questões de exercício da fé e da determinação do ser humano, da liberdade de expressão, etc…

    Cordiais Saudações,

    Tarcísio Santos de Salles

     
  2. Mais um Atentado Contra o IMACULADO CORAÇÃO DA VIRGEM SANTÍSSIMA. Isto nunca permitiremos. Para tanto, acabei de Assinar e Partilhar ao Abaixo-Assinado. FALAÇAMOS Seu IMACULADO CORAÇÃO VIR a Ser VENCEDOR. Salve Maria.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome