Conferencistas fizeram uma abordagem ampla e esclarecedora sobre as ameaças do PNDH-3

A noite do dia 26 de agosto ficará marcada na memória dos mais de 300 participantes do Fórum “As ameaças do PNDH-3 continuam”, bem como para as cerca de 100 pessoas que assistiram ao evento pela internet.

O auditório, que comportava no máximo 280 pessoas, ficou lotado, com muitas pessoas de pé. Os conferencistas dissertaram sobre os perigos do PNDH-3 de forma clara e com bastante entusiasmo, levantando pontos principais desse Plano que nada mais é que um socialismo mal disfarçado que visa fazer do Brasil uma nação presa em teias comunistas e caminhando para o caos familiar, social, político e econômico.

Fórum

Dr. Ives Gandra: “não há nada a salvar-se deste plano”

O professor e jurista, Dr. Ives Gandra Martins, discorreu sobre as inconstitucionalidades do PNDH-3, apontando um cenário “apocalíptico” se tal Plano entrar em vigor no Brasil.

Segundo ele, o PNDH-3 se inspira na mesma linha mestra das “constituições bolivarianas” da Venezuela, Bolívia e Equador. Em outros termos, acaba o equilíbrio atualmente existente entre Legislativo, Executivo e Judiciário, e a balança acaba pendendo para o lado do Executivo. Mas com um detalhe: o poder fica nas mãos de pequenos conselhos “comunitários” – leia-se “sovietes” – condicionados à Secretaria de Direitos Humanos – leia-se “Soviet Supremo”, como na Rússia comunista.

De acordo com o Professor Gandra, este é um caminho para a ditadura nos moldes socialistas, como ocorre em Cuba. Ele finalizou sua exposição afirmando que: “não há nada a salvar-se deste plano”.

Já o deputado Paes de Lira, conhecido como um dos maiores opositores ao PNDH-3 no Congresso Nacional , chama o Plano de “monstrengo jurídico” e ressalta que ele não passa de uma carta revolucionária e totalitária a fim de controlar a vida da sociedade brasileira.

Dep. Paes de Lira: “O PNDH-3 é um monstrengo jurídico”

Ele se diz admirado ao ver o Estado apoiar o PNDH-3, que propõe a “desconfiguração” da família, promove a chacina de inocentes por meio do aborto e apóia a “desconstrução da heteronormatividade”. Ou seja, distinções entre o feminino e o masculino não serão levadas mais em conta, nem mesmo nas cartilhas escolares… cada um, seja homem ou mulher, poderá “escolher o que quiser”. Para Paes de Lira, o destino deste medonho Plano tem que ser a lata de lixo.

Em seguida, foi a vez do diretor executivo do Instituto Millenium, Doutor Paulo Uebel, pontuar os aspectos econômicos do PNDH-3. Dr. Uebel foi enfático ao afirmar que o PNDH-3 “distorce conceitos e inverte valores”. Ele proporciona privilégios escusos para baderneiros e “camaradas”, e persegue a virtude e o mérito.

Dr. Uebel: “O PNDH-3 distorce conceitos e inverte valores”

Ao analisar os cinco principais países do mundo com melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o palestrante ainda demonstrou que TODOS têm economia de mercado, coisa que os articulistas do PNDH-3 querem extinguir, criando uma nação mais parecida com Cuba, Irã e China, que não estão nem entre os 50 países com melhor IDH.

Infelizmente, por problemas de saúde, o príncipe Dom Bertrand não pôde estar presente no Fórum. Entretanto, enviou um orador substituto, o Sr. José Carlos Sepúlveda, para que expusesse as ameaças do PNDH-3 ao direito de propriedade.

Segundo ele, o PNDH-3 possui uma mentalidade atéia, e pretende substituir Deus pelo “deus” Estado. E é dessa mentalidade comunista que provém o ataque à livre iniciativa e à propriedade privada.

Ao ressaltar como deve ser a gestão de um governo, ele afirmou que governar não é administrar, mas sim orientar, cuidar e prover.

Sobre a reforma agrária, tão aclamada pelo atual Governo, ele enfatiza que “só tem promovido miséria e favelas rurais”, e este mal fadado movimento só tem como único fim acabar com a propriedade privada.

Sr. Sepúlveda: “O PNDH-3 possui uma mentalidade atéia”

Ao final, o Sr. José Carlos Sepúlveda fez as seguintes considerações:

“O Prof. Plínio Corrêa de Oliveira sempre afirmou em seus escritos que havia dois tipos de Brasil: o Brasil de superfície e o Brasil real. Pois bem: o Brasil real, aqui tão bem representado, vai acordando de seu letargo. Este Fórum traz uma nota de esperança. Se o Brasil real se levantar, e der um brado de alerta, grandes possibilidades há de que o PNDH-3 seja derrotado.

Você já fez sua parte? Assine o cartão amarelo de advertência aos políticos brasileiros contra este “monstrengo jurídico” chamado PNDH-3.

Seu apoio também nos ajudará a lutarmos contra este Plano que será a ruína do Brasil se aprovado. Faça uma doação de R$ 25, R$ 50, R$ 100 ou o que puder para o Instituto Plínio Corrêa de Oliveira. Assim, conseguiremos expandir ainda mais nossas campanhas pelo Brasil.

Fotos: Paulo R. Campos

 

17 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia amigos.
    Gostaria de deixar uma dica ao site de voces, é muito comum hoje em dia os sites usarem do twitter para informar as pessoas sobre suas atualizaçoes, particularmente acho esse sistema muito mais eficiente que o uso de E-mail, fica a dica.

    Grande Abraço.

     
  2. ola gostaria de parabenizar pela inniciativa deste
    gostaria de saber mais noticias contra este projeto maligno como disse o deputado este monstrengo juridico
    e sobre como vou participar me opondo a isto pois sou cristão tambem
    fico feliz por saber que em nosso pais existe homens de corajem
    fiquem na paxz

     
  3. Mas alguém pode pensar, alguma vez, que um comunista desiste de tornar comunista o mundo ?
    E na verdade para um comunista ativo, o comunismo é o paraíso, é o “sol brilhante” como dizia o “dono” do Partido Comunista Português, Álvaro Cunhal. Normalmente, trata-se de incapazes, como, aliás, se prova pela governamentação que fazem, que só conseguem um lugar ao sol espezinhando todos e isto só se pode acontecer com o comunismo. Temos de concordar, no entanto, que eles estão incondicionalmente disponíveis para implantar o comunismo, tanto mais que sabem que ninguém os incomadará por isso.
    Estaremos nós prontos a lutar, ano após ano, para impedir que o comunismo se instale? jamais podemos baixar as nossas defesas.

     
  4. Foi uma felicidade poder participar de um evento tão importante.Na ocasião,pude constatar que muitas pessoas estão dispostas à lutar contra este plano subversivo que é o PNDH-3,plano que ameaça o Brasil e os brasileiros de forma tão perigosa.
    Parabéns e vamos em frente no combate pelo Brasil!
    Abraços

     
  5. Eu estive presente ao fórum e considerei-o excelente.
    Parabenizo aos organizadores e aos palestrantes pelo importante encontro, para esclarecer-nos sobre tão vil documento que o Governo Federal quer implantar em nosso país, em substituição à Constituição Brasileira.
    Eu gostaria até de conseguir uma cópia da filmagem, se fosse possíve,l para ajudar a divulgar em associações de comunidades mais carentes, onde os marqueteiros e partidários do governo têm ação mais ativa em prol desse. Também junto à minha família e vizinhos do meu condomínio e bairro.

     
  6. Fico feliz em Saber do sucesso do Fórum dia 26/08/2010, estou pronto para lutar contra este Brutal e Cruel PNDH 3, Domingo dia 29/08/2010 comecei uma serie de participações a qual pretendo nestes proximos Domingos em um espaço de 15 minutos no PROGRAMA “EVANGELIZANDO COM O TERÇO DOS HOMENS”, não só informar aos ouvintes da RÁDIO FM DOM BOSCO 96,1 ( Emissora de Rádio católica da congregação Salesiana Dom Bosco ) do real perigo que corremos diante deste projeto ( PNDH 3 ), comunista e sem Deus.

     
  7. Afinal apareceu alguém que faz uma denúncia lúcida, coerente, eficaz. E, o que é muito importante, conclama à reação. Precisamos fazer nossa parte. Vamos protestar enquanto temos liberdade de faze-lo. Meus cumprimentos ao Instituto Plinio Correa de Oliveira pela brilhante iniciativa. Faz jus ao nome deste inesquecível líder católico brasileiro.

     
  8. Muito boa a matéria. Estive lá também. Só lamento que o fotógrafo não tenha registrado uma foto de toda a extensão do auditório, que estava repleto. Pela foto que se vê no blog, a idéia que fica é que o auditório estava com pouca gente. De qualquer forma, parabéns.

     
  9. O importante que vi lá no forum é que o ambiente todo transmitia harmonia parece que todos se conheciam e que estavamos fazendo alguma coisa de bom.

     
  10. Também participei do forum e gostei muito principalmente de saber que somos muitos os que opomos barreiras ao nefando PNDH3, meus parabéns pela organização.

     
  11. Posso garantir ao nosso colega comentarista deste belo site José Loredo, costumeiramente com oportunas ponderações, que o forum foi verdadeiramente um sucesso. Tive a felicidade de poder participar do forum e constatar realmente que todos os expositores formaram um bloco de pensamento anti-PNDH3 vigoroso – cada em sua área de atuação – e espero que prospere essa bela iniciativa. De outra parte, fiquei surpreso pela brilhante exposição de princípios do Sr. José Carlos Sepulveda da Fonseca, também articulista deste site, que nosso bom amigo José Loredo não pode talvez conhecer. Fiquei sabendo pelo mestre de cerimônia Dr. Mário Navarro da Costa que o Sr. Sepulveda substituiu ao Principe D. Bertrand de Orleans e Bragança por este ter sofrid deslocamento de coluna, nada grave, mas dolorido. Creia-me foi realmente surpreendente a eloquência do Sr. Sepulveda que segundo o mesmo Dr. Mario Navarro a formação daquele foi conduzido pelo saudoso Prof. Dr. Plinio Corrêa de Oliveira fundador da TFP.

     
  12. Infelizmente, estava fora das minhas possibilidades ir a São Paulo assistir ao fórum. E, pior, nem mesmo pude assisti-lo pela internet, pois estava atolado em trabalho.

    Em todo o caso, manifesto aqui a minha felicidade pelo sucesso da noite, em que discorreram figuras de proa da sociedade brasileira, como o deputado Paes de Lira e o prof. Ives Gandra Martins (e que bom ver na foto, ao lado do prof. Ives, o arquiteto e escritor Adolpho Lindenberg, autor desse precioso livro que é “O mercado livre numa sociedade cristã”).

    Interessantíssimo, como de costume, o que disse o prof. Ives acerca do desequilíbrio entre os três poderes da República pleiteado pelo famigerado PNDH-3.

    Ainda mais interessante se ficamos sabendo que, no período anterior à gloriosa Contra-revolução de 1964, o prof. Ives era membro destacado do venerando Partido Libertador, fundado na década de 1920 no Rio Grande do Sul

    (cujas principais lideranças eram homens do quilate de Assis Brasil e Raul Pilla e, posteriormente, Britto Velho, Coelho de Sousa, Mem de Sá e Paulo Brossard. Lamentavelmente, porém, a inoperância política dos militares da chamada linha dura suprimiu o partido, como todos os outros, através do AI-2).

    O Partido Libertador era tanto mais conhecido por sua luta em favor da implantação do sistema parlamentar de governo, como remédio indispensável à hipertrofia dos presidencialismos latino-americanos (haja vista os atuais Lula, Fidel, Chavez, Evo Morales, etc…), nos quais o Executivo, via de regra, procura sobrepor-se ao Legislativo e ao Judiciário.

    Talvez a salvação das instituições políticas brasileiras seja, de fato, a restauração da monarquia parlamentarista, onde o Rei é o Chefe de Estado (e Chefe do Poder Moderador, portanto) e o Governo, simples delegação da Câmara dos Deputados por meio de sua bancada majoritária, ocupa-se efetivamente da administração pública (sob a independência do Judiciário, o prestígio das Forças Armadas e a atenção do Monarca, da Minoria na Câmara, da imprensa e da sociedade civil).

    Ah, no papel tudo é maravilhoso!

    São apenas comentários.

    Avante, Brasil!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome