“Ideologia de Gênero”: a experiência monstruosamente fracassada do gêmeos Reimer

Bruce e Brian Reimer no colo da mãe
Bruce e Brian Reimer no colo da mãe

Uma experiência com seres humanos cruelmente fracassada patenteou o erro da “ideologia de gênero” há já alguns anos, mas a mídia silencia. Ele foi relatado pelo “Portal da Família”.

A “teoria de gênero” pretende desconhecer as diferenças naturais e atribuí-las à cultura, ao meio ambiente e à evolução da matéria segundo critérios análogos aos marxistas.

No ponto de partida do caso esteve o Dr. John William Money (1921-2006), psicólogo da John Hopkins University de Baltimore, EUA.

Ele exerceu uma influência decisiva para forjar essa teoria antinatural e, já na década de sessenta, pretendia ter demonstrado que a sexualidade depende mais da educação do que da morfologia humana.

Money era tido como um guru da sexualidade e se fazia chamar de “missionário do sexo”. Defendia casamentos “abertos” a amantes com consentimento mútuo; estimulava o sexo grupal e bissexual, além de parecer tolerar o incesto e a pedofilia.

Money escolheu dois bebês gêmeos como cobaias humanas: Bruce e Brian Reimer, ambos do sexo masculino. O ideólogo aproveitou um problema de saúde de Bruce para dar-lhe – por cirurgia plástica e com o consentimento dos pais – um corpo com aparência feminina. Bruce passou a ser a menina “Brenda”.

O Dr John Money se gabava de seu sucesso enquanto a família estava jogada na tragédia
O Dr John Money se gabava de seu “sucesso” e era aplaudido pela mídia e certos cientistas enquanto a família estava jogada na tragédia.

Em 1966, os pais de Brian e Bruce tinham visto na televisão uma entrevista com o Dr. John Money falando sobre as operações de mudança de sexo em transexuais.

Acreditando que tal ideia poderia ser apropriada para o problema de Bruce, procuraram o ideólogo, que imediatamente indicou uma mudança cirúrgica de sexo.

Bruce foi castrado aos 22 meses e o Dr. Money mandou criá-lo como uma menina, sem nunca falar para ele do acontecido.

Os Reimer seguiram ao pé da letra as instruções do Dr. Money, mas “Brenda” rasgou seu primeiro vestido pouco antes de fazer dois anos e passou a ser rejeitado na escola, onde manifestou estranhas “tendências lésbicas”, apesar dos hormônios que lhe faziam tomar.

Enquanto a família vivia aflita, Money proclamava em artigos científicos que a sua experiência era um êxito rotundo.

A revista Time afirmava que “este caso constitui um apoio férreo à maior das batalhas pela libertação da mulher”.

Brian Brenda David Reimer
Brian-Brenda-David Reimer

Money fazia sessões de “psicoterapia” profundamente traumáticas para os gêmeos.

Ele lhes mostrava fotos sexuais explícitas e teria feito as crianças se despirem e encenarem posições de atos sexuais.

Em “pelo menos uma ocasião”, o Dr. Money tirou uma “fotografia” das duas crianças nessas posições.

A mãe se sentia culpada e tentou o suicídio, o pai desenvolveu um alcoolismo grave e Brian começou a usar drogas e cometer crimes quando atingiu a adolescência.

Bruce, (a) “Brenda”, ficou destruído pelas intermináveis sessões psiquiátricas e pela medicação com estrogênio. Com 13 anos, disse que iria cometer suicídio se eles o fizessem ver o Dr. Money novamente.

A família interrompeu o “tratamento” e o Dr. Money não publicou mais nada sobre o caso. Mas também não informou o público do fracasso e continuou dando a entender que tinha sido bem sucedido, até que um pesquisador rival, o Dr. Milton Diamond, da Universidade do Havaí, reconstruiu a verdade e publicou um artigo nos Archives of Pediatrics and Adolescent Medicine.

Um psiquiatra sugeriu dizer toda a verdade para “Brenda”, que ficou subitamente aliviado. “Eu não estava louco”, exultou. “Brenda” tentou se recompor com cirurgias e tratamentos hormonais e adotou um novo nome: “Davi”.

O caso de Brian-Brenda-David Reimer virou matéria de livros
O caso “Brian-Brenda-David Reimer” foi objeto de livros.

Depois ficou sabendo que seu caso era mundialmente comentado em artigos e livros de teoria médica e psicológica em favor do ‘sucesso’ da teoria de Money.

Em 2002, Brian, vítima de esquizofrenia, suicidou-se com uma overdose de antidepressivos.

Davi nunca pôde se superar do trauma e em maio de 2004 cometeu suicídio dando um tiro na cabeça. Ele tinha 38 anos. Foi enterrado no cemitério Saint Vital, em Winnipeg, Canadá.

O monstruoso desfecho da experiência com os gêmeos Reimer não mudou a cegueira, que beira o fanatismo, dos adeptos dessa ideologia.

O Dr. Money continuou até o fim da vida como professor emérito da Johns Hopkins University. Na época do suicídio de Davi Reimer ele foi procurado pela imprensa, mas não quis se manifestar.

Suas ideias sobre a “ideologia de gênero” continuam a ser divulgadas.

E estão na boca dos adeptos tupiniquins que promovem um fracasso das crianças brasileiras comparável ao do infeliz Bruce – ou “Brenda” e depois “Davi” – Reimer.

A experiência monstruosamente fracassada do gêmeos Reimer

 

26 COMENTÁRIOS

  1. Esse artigo é totalmente parcial pro lado do conservadorismo e sabe pq? Pq vcs omitem o motivo que causou a mutilação do membro do jovem, foi uma circuncisão. Isso vcs não falam né. Criticam abertamente a teoria de gênero, e com razão, mas quando os judeus tem uma pratica extremamente arriscada cuja legalidade deveria até mesmo ser discutida ai vcs fazem questão de fingir que não tem nada de errado.

     
    • No caso em questão, não se trata de religião. Os meninos tinham dificuldade de urinar, devido fimose, por isso ambos foram submetidos a essa cirurgia, que resultou no acidente com um deles, gera do todo esse absurdo por parte desse louco!

       
  2. O SALÁRIO DO PECADO É A MORTE… MAS O DOM GRATUÍTO DE DEUS É A VIDA ETERNA; DISSE O SENHOR JESUS. #AcordaBrasiL #ForaLGBT PROCURE A SUA LIBERTAÇÃO EM DEUS. I CORINTIOS 6.9-11 (A LISTA DOS COBDENADOS)

     
  3. Médico e família doentes!!!
    Quem determina sua sexualidade ou seu gênero é a própria pessoa e não terceiros. Isso prova a maluquice que muitos crentes fundamentalistas defendem. Que uma criança em seu meio ambiente pode ser educada e seguir seu sexo de acordo com o “ambiente”, e não simplesmente nascer gay ou transgênero.

     
  4. A única certeza que me consola nesta vida é a de que, ao final de tudo, Deus julgará a humanidade e dará a cada um o seu prêmio ou castigo. Mais que destruir uma família, propagar uma teoria maligna, nefasta, insana, que causa tantos males e confusão às famílias e à sociedade não ficará incólume diante do Juízo Divino.

     
  5. A tentativa de ser analfabeto foi o que me motivou a ler esse texto montado, mas ai vem a pergunta: O que tem haver isso com teoria e gênero? Já leram a teoria? E algum pai em uso das sua faculdades mentais em pleno funcionamento, permitiria um bebe de 22 meses fazer uma cirurgia de mudança de sexo? A troco de que?

     
  6. A ideologia de gênero é uma ideologia criada por pessoas intelectualmente, psicologicamente e espiritualmente doentias. Só mentes doentes poderiam criar algo tão destruidor.Sinto muito mas NÃO existe lado bom nisso!

     
  7. Senhor, em nome de Jesus Cristo, teu amado Filho, Senhor e Salvador, repreende tais insanidades neste país cristão! Cuida dos indivíduos que tiveram a pureza infantil maculada por estupro e violências sexuais. Repreende ideologias fracassadas! Preserva a família brasileira, célula mater da sociedade! Amém! ” Se os crentes se calarem, as pedras clamarão!”. Acorda Igreja do Senhor Jesus!!!! Fala e não te cales! É tempo de vigiar! Leia o Livro do Profeta Amós!

     
  8. Revoltante todo esse experimento envolvendo vidas e sentimentos. Cada pessoa nasce com sua essência . Vi a vaidade do ser humano que mesmo destruindo vidas física e mentalmente, não teve a nobreza de dar um basta, e dizer a minha teoria foi um equívoco. Não se pode desafiar aquele que é o autor da Criação. É preciso que o homem entenda que há limites. Assim como os pais precisam impor limites aos filhos, ao dar sabedoria ao homem, Deus também lhe impôs limites. Essa ideologia de gênero que querem impor nas escolas poderá causar uma destruição maior que a bomba atômica, na sociedade e na família. O que se deve ensinar às crianças é o repeito às pessoas independente da cor, raça, religião e opção sexual. Dessa forma viveríamos melhor o pouco tempo que nos resta!

     
  9. Muito parecido com a nova técnica que tentam implementar que é por meio da “cultura” já na escola e para crianças pequenas. A abordagem desse cientista é horripilante. Mas o que tenta se impor hoje pela “nova ideologia de gênero” é só uma nova abordagem.

     
  10. Tem muita gente aí, inconformado, com essa materia! Pois mostra um fracasso de uma experiencia mal sucedida, mas se tivesse dado certo, ninguem estaria criticando essa materia! estariam usando a favor dos seus pensamentos.
    homem é homem, e mulher é mulher! Quem quer ser homosexual que seja! Mas não tentem interferir na educação das familias! Eu sou hetero e respeito quem quer ser homossexual, mas, não sou obrigado a educar meus filhos com ideoligia de genero! O que eu devo fazer é ensinar meus filhos, a respeitar as pessoas independente de cor, religião ou opção sexual! meus parabéns pela materia! muito informativa!.

     
  11. Acho que o que algumas pessoas aqui interpretaram equivocado é que o que o experimento quis focar não é a homossexualidade ou não. Claro que gostar de alguém do mesmo sexo e ser imposto o contrário mexe com a vida das pessoas e é errado. Mas eu acho que a principal questão levantada não é essa, mas sim o que nos torna ‘feminino’ ou ‘masculino’. É algo biológico ou algo puramente dependente da criação ou do ambiente que nos rodeia como a teoria de gênero defende? David foi criada como menina, mesmo nunca se identificando como tal. O que poria por terra, neste caso, a ideia de que é simplesmente a criação que define como nos vemos em questão de sexo.

     
  12. Bruno, @#$% é essa sua cara porca. Gente como você é que mostra quem são os verdadeiros intolerantes, que não toleram um mero texto expressando uma opinião diferente da sua. Sò sabe chamar de hipócritas, satanistas, dizer que não souberam interpretar, mas como sempre argumento NENHUM. Seu moleque, esse monte de @#$%% que chama de cérebro não é capaz sequer de formular uma linha de raciocínio lógica e sensata. Queria ver insultar a bíblia na minha frente. A “Instituição” da Igreja fundou as maiores universidades do mundo, o criador do big bang, Lamaitre, era um padre, Harvard, Oxford, etc, todas cristãs, o estudo da genética começou com o monge agostiniano Gregor Mendel. Quando aprender a estudar e pensar além do que o maconheiro marxista que você chama de professor lhe doutrinou, mais ainda, quando sair das fraldas, você vem tentar rebater os assuntos de adultos.

     
  13. O nome disso que acontecem é imposição de gênero e sexo. Isso é totalmente contra a ideia de construção de gênero, que permite com que o individuo escolha possibilidades de performance, e não a retalhação do individuo a partir da convicção de pais e mundo do que é certo ou errado!
    Em nenhum momento o ser humano que sofreu imposição transsexual escolheu tal alternativa, o exemplo dele é o reflexo do que acontece atualmente dentro de sociedade conservadoras, por um caminho que parece diferente mas não é.
    CAMINHO DA FORÇA E DA BRUTALIDADE.
    Gênero caminha em uma ato-afirmação do que eu sou, e das possibilidades do que posso ser, sem ser certo e errado, apenas ser e se afirmar.

     
  14. Como um site cristão leva tamanha desinformação para as pessoas, transparecendo que a ideologia de gênero não parte das crianças e sim dos pais, se não concorda com está ideologia, não precisa desenformar a população que veicula esta informação como sendo a única verdade, sem um ponto de vista de crianças e adultos que estão adequando seu corpo ou já fizeram todo o processo, ser cristão é amar ao próximo, não criar uma circunstância de ódio destas pessoas a certas minorias.

     
  15. O que esse experimento prova?

    Que ninguém deve ser forçado a uma sexualidade que não lhe pertence.

    Os mesmos malefícios se encontram em um homosexual que não sai do armário. Não ser você mesmo é um problema.

    Agora larga a merda da bíblia e aprende a interpretar as entrelinhas do experimento.

    Lembrando aqui que a instituição de vocês já foi até contra a ciência, usar ela em seu discurso soa até engraçado.

    Hipócritas, os maiores satanistas estão dentro das instituições religiosas.

     
    • O que esse experimento prova? Que a ideologia de gênero é um falhanço, uma mentira total sem qualquer fundamento. Basicamente ela diz que só há homens e mulheres por imposição social, assim se uma pessoa for tratada desde pequena como mulher seria mulher ou como homem seria homem, e era exatamente isso que esta (e outras experiencias falhadas) pretendiam provar, só que falharam redondamente porque as crianças quando crescem mesmo sem lhes dizer nada, tratando-os como se fossem do sexo oposto, injetando-lhes hormonas do sexo oposto, etc imediatamente se identificam com o seu sexo biológico, o único, e estas experiências resultam sempre na depressão e suicidio das pessoas que usam como cobaias.Isto não é nada de religião é ciência, ideologia de gênero é apenas politica para ignorantes, é uma mentira.
      “a instituição de vocês já foi até contra a ciência” pois a instituição de Bacon, o percursor do método cientifico, a instituição que financiava a ciência, a instituição de Mendel, o pai da genética ou de Lemaitre da teoria do Big Bang, etc. Mas sim se se acreditar em mitos era contra a ciencia sim.

       
  16. Demônios em forma de gente … Quem pode mudar a natureza? Covardes, ímpios, pagarão pelo que fizeram e os que continuam a fazer, receberão seu pagamento também.

     
  17. Resultado de 2 erros metodológicos mais ausência de um conselho de ética rígido: 1 erro foi o pensamento simplista, enquanto diziam-se que as diferenças entre Masculino e Feminino eram biológicas ele argumentou o extremo oposto, (um movimento pendular) Estes polos extremos são perigosos por se dispor a dissecar o indissociável. Não há como delimitar fatores que estão intrínsecos no mesmo fenômeno. O outro foi usar um método científico para uma questão social e humana. Pode-se testar a eficácia um veneno vendo a reação dele em dois ratos de laboratório, mas fazer algo análogo com questões de gênero é um absurdo. Poderia-se demonstrar como os fatores culturais estavam sendo subestimados utilizando o método mais adequado, comparações entre diferentes povos, ou entre um mesmo povo com um intervalo significativo de tempo. (Cujas diferenças não cabem serem explicadas por diferenças anatomoicofisiológicas)

     
  18. … com certeza, o fanatismo leva as pessoas a fazerem coisas monstruosas em suas vidas… John Money conseguiu destruir além de sua própria família, também, a Família Reimer com esta experiência frustante e traumática para todos… com certeza, o inferno esperou pacientemente pela chegada de John Money!…

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome