Importantíssimo: Papa Bento XVI acaba de pronunciar discurso sobre a situação política brasileira

O Santo Padre deixa claro que um católico não pode aceitar uma legislação que favoreça o aborto e a eutanásia. Assim, fica patente que o PNDH-3 é inaceitável. Temos obrigação de conhecer o pronunciamento do Papa, sobretudo no momento pelo qual passa o Brasil. Clique na foto para mais detalhes.

Quando os projetos políticos contemplam, aberta ou veladamente, a descriminalização do aborto ou da eutanásia(…)

Hoje às 7 horas da manhã (horário de Brasília) o Papa Bento XVI recebeu em Roma os bispos da Regional Nordeste 5 (Bispos do Maranhão) e tratou da defesa da vida e do dever dos bispos de, sempre que necessário, se pronunciarem sobre eleições.

O que nos enche de alento é que o Sumo Pontífice –  sem mencionar nomes – atacou projetos de direitos humanos (leia-se PNDH-3) que ferem o direito fundamental à vida:

Portanto, seria totalmente falsa e ilusória qualquer defesa dos direitos humanos políticos, econômicos e sociais que não compreendesse a enérgica defesa do direito à vida desde a concepção até à morte natural (cf. Christifideles laici, 38).

Outro trecho importante:

Em determinadas ocasiões, os pastores devem mesmo lembrar a todos os cidadãos o direito, que é também um dever, de usar livremente o próprio voto para a promoção do bem comum (cf. Gaudium et Spes, 75).

E também:

Ao defender a vida não devemos temer a oposição e a impopularidade, recusando qualquer compromisso e ambigüidade que nos conformem com a mentalidade deste mundo. (cf. Evangelium vitæ, 82).

Por fim, o Papa considera a questão dos símbolos religiosos:

Queria ainda recordar que a presença de símbolos religiosos na vida pública é ao mesmo tempo lembrança da transcendência do homem e garantia do seu respeito. Eles têm um valor particular, no caso do Brasil, em que a religião católica é parte integral da sua história. Como não pensar neste momento na imagem de Jesus Cristo com os braços estendidos sobre a baía da Guanabara (…)?

Leia abaixo a íntegra do discurso:

Amados Irmãos no Episcopado,
Para vós, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo» (2 Cor 1, 2). Desejo antes de mais nada agradecer a Deus pelo vosso zelo e dedicação a Cristo e à sua Igreja que cresce no Regional Nordeste 5. Lendo os vossos relatórios, pude dar-me conta dos problemas de caráter religioso e pastoral, além de humano e social, com que deveis medir-vos diariamente. O quadro geral tem as suas sombras, mas tem também sinais de esperança, como Dom Xavier Gilles acaba de referir na saudação que me dirigiu, dando livre curso aos sentimentos de todos vós e do vosso povo.

Como sabeis, nos sucessivos encontros com os diversos Regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, tenho sublinhado diferentes âmbitos e respectivos agentes do multiforme serviço evangelizador e pastoral da Igreja na vossa grande Nação; hoje, gostaria de falar-vos de como a Igreja, na sua missão de fecundar e fermentar a sociedade humana com o Evangelho, ensina ao homem a sua dignidade de filho de Deus e a sua vocação à união com todos os homens, das quais decorrem as exigências da justiça e da paz social, conforme à sabedoria divina.

Entretanto, o dever imediato de trabalhar por uma ordem social justa é próprio dos fiéis leigos, que, como cidadãos livres e responsáveis, se empenham em contribuir para a reta configuração da vida social, no respeito da sua legítima autonomia e da ordem moral natural (cf.Deus caritas est, 29). O vosso dever como Bispos junto com o vosso clero é mediato, enquanto vos compete contribuir para a purificação da razão e o despertar das forças morais necessárias para a construção de uma sociedade justa e fraterna. Quando, porém, os direitos fundamentais da pessoa ou a salvação das almas o exigirem, os pastores têm o grave dever de emitir um juízo moral, mesmo em matérias políticas (cf. GS, 76).

Ao formular esses juízos, os pastores devem levar em conta o valor absoluto daqueles preceitos morais negativos que declaram moralmente inaceitável a escolha de uma determinada ação intrinsecamente má e incompatível com a dignidade da pessoa; tal escolha não pode ser resgatada pela bondade de qualquer fim, intenção, conseqüência ou circunstância. Portanto, seria totalmente falsa e ilusória qualquer defesa dos direitos humanos políticos, econômicos e sociais que não compreendesse a enérgica defesa do direito à vida desde a concepção até à morte natural (cf. Christifideles laici, 38).

Além disso no quadro do empenho pelos mais fracos e os mais indefesos, quem é mais inerme que um nascituro ou um doente em estado vegetativo ou terminal? Quando os projetos políticos contemplam, aberta ou veladamente, a descriminalização do aborto ou da eutanásia, o ideal democrático – que só é verdadeiramente tal quando reconhece e tutela a dignidade de toda a pessoa humana – é atraiçoado nas suas bases (cf. Evangelium vitæ, 74). Portanto, caros Irmãos no episcopado, ao defender a vida «não devemos temer a oposição e a impopularidade, recusando qualquer compromisso e ambigüidade que nos conformem com a mentalidade deste mundo» (ibidem, 82).

Além disso, para melhor ajudar os leigos a viverem o seu empenho cristão e sócio-político de um modo unitário e coerente, é «necessária — como vos disse em Aparecida — uma catequese social e uma adequada formação na doutrina social da Igreja, sendo muito útil para isso o “Compêndio da Doutrina Social da Igreja”» (Discurso inaugural da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe, 3). Isto significa também que em determinadas ocasiões, os pastores devem mesmo lembrar a todos os cidadãos o direito, que é também um dever, de usar livremente o próprio voto para a promoção do bem comum (cf. GS, 75).

Neste ponto, política e fé se tocam. A fé tem, sem dúvida, a sua natureza específica de encontro com o Deus vivo que abre novos horizontes muito para além do âmbito próprio da razão. «Com efeito, sem a correção oferecida pela religião até a razão pode tornar-se vítima de ambigüidades, como acontece quando ela é manipulada pela ideologia, ou então aplicada de uma maneira parcial, sem ter em consideração plenamente a dignidade da pessoa humana» (Viagem Apostólica ao Reino Unido, Encontro com as autoridades civis, 17-IX-2010).

Só respeitando, promovendo e ensinando incansavelmente a natureza transcendente da pessoa humana é que uma sociedade pode ser construída. Assim, Deus deve «encontrar lugar também na esfera pública, nomeadamente nas dimensões cultural, social, econômica e particularmente política» (Caritas in veritate, 56). Por isso, amados Irmãos, uno a minha voz à vossa num vivo apelo a favor da educação religiosa, e mais concretamente do ensino confessional e plural da religião, na escola pública do Estado.

Queria ainda recordar que a presença de símbolos religiosos na vida pública é ao mesmo tempo lembrança da transcendência do homem e garantia do seu respeito. Eles têm um valor particular, no caso do Brasil, em que a religião católica é parte integral da sua história. Como não pensar neste momento na imagem de Jesus Cristo com os braços estendidos sobre a baía da Guanabara que representa a hospitalidade e o amor com que o Brasil sempre soube abrir seus braços a homens e mulheres perseguidos e necessitados provenientes de todo o mundo? Foi nessa presença de Jesus na vida brasileira, que eles se integraram harmonicamente na sociedade, contribuindo ao enriquecimento da cultura, ao crescimento econômico e ao espírito de solidariedade e liberdade.

Amados Irmãos, confio à Mãe de Deus e nossa, invocada no Brasil sob o título de Nossa Senhora Aparecida, estes anseios da Igreja Católica na Terra de Santa Cruz e de todos os homens de boa vontade em defesa dos valores da vida humana e da sua transcendência, junto com as alegrias e esperanças, as tristezas e angústias dos homens e mulheres da província eclesiástica do Maranhão. A todos coloco sob a Sua materna proteção, e a vós e ao vosso povo concedo a minha Benção Apostólica.

Fonte: http://press.catholica.va/news_services/bulletin/news/26281.php?index=26281&lang=po (Os grifos são nossos).

 

82 COMENTÁRIOS

  1. O LIVRO DA VIDA
    (ES.12)
    (JB.6.45) – ESTÁ ESCRITO NOS PROFETAS: (IS.34.16) – BUSCAI NO LIVRO DO SENHOR E LEDE (ES.87.8) – AO ESPÍRITO DO NOSSO SANTO GUIA, NESTE MEU SER QUE É PREDESTINADO, RECOMPONDO ESSES CARACTERES, DESSA FORMA: (148 letras e 8 sinais)
    (JB.19.28)- Depois, vendo Jesus que tudo já estava consumado para se cumprir a Escritura, disse: (1SM.12.3) – Eis-me aqui, (DN.9.24) – para dar fim aos pecados, para expiar a iniqüidade, para trazer a justiça eterna:(JB.8.25) – Que é que desde o princípio vos tenho dito? (LC.12.2) Nada há encoberto que não venha a ser revelado; e oculto que não venha a ser conhecido:(LE.3.1) – Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu; (2PE.3.4) porque desde que os pais dormiram, todas as cousas permanecem como desde o principio da criação:(AP.14.13) Então, ouvi uma voz do céu, dizendo: Escreve: (BC.4.4) – Ditosos somos, ò Israel; porque as cousas que agradam à Deus nos são manifestas: (JS.1.8) – Não cesses de falar deste livro da lei, antes, medita nele dia e noite, pára que tenhais cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; (JB.13.15) – porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também: (LC.16.17) – E é mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til sequer da lei: (ÊX.3.6) – Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: (EC.24.32) – Tudo isto é o livro da vida, e o testemunho do Altíssimo, e o conhecimento da verdade: (IS.46.8) – Lembrai-vos disto e tende ânimo, tomai-o à sério, ó prevaricadores; (EC.28.7) – porque a corrupção e a morte estão a cair sobre aqueles que quebrantam os mandamentos do Senhor: – (IS.24.5) – Na verdade a terra está contaminada por causa dos seus moradores, porquanto transgridem as leis, violam os estatutos e quebram a aliança eterna: (SL.14.3)–Todos se extraviaram e juntamente se corromperam; (SL.106.33)- pois foram rebeldes ao Espírito de Deus, e Moisés falou irrefletidamente: (RM.6.19) – Falo como Homem por causa da fraqueza da vossa carne: (LC.16.9) – E eu vos recomendo: Buscai n’A BIBLIOGÊNESE DE ISRAEL, o poder do saber viver sob a proteção de Deus; (RM.8.22) – porque sabemos que toda a criação, a um só tempo geme, e suporta angustias até agora:
    ESCREVI ESSE RESUMO, AGINDO COMO UM DOS SANTOS PROFETAS, LENDO NOSSO CARATER, E CRIANDO O LIVRO QUE DÁ SENTIDO À SANTA VIDA, PELO SENHOR DEUS: ESSE SÁBIO PROFETA É CRISTO, E TEREIS PODER: (IL.148.8)

     
  2. @Lucas
    Lucas desculpe mais voce Não tem base, se tivesse não estaria falando assim tantas bobagens porem estude um pouco mais,

    @Antonio P. Gras
    Senhor Antonio ,vc tem que e estudar mais e ter mais base sobre as coisas,principalmente educação que não tem, não se deve criticar ninguem muito menos quem quer nos ajudar,vamos unir a Deus e rezar muito que é o que nos vai levar ao Céu peço que voce tenha mais união com Deus a nossa felicidade vem de Deus e portanto temos que ser bons instrumento de deus e vc poderá ajudar muito não criticando mais sim aproximar muias pessoas a Deus,vaomos começar vicendo bem a quaresma,obrigada!!!

     
  3. Com agradecimento que escrevo dagradecendo por tudo o que o Papa nos ajudou,valeu Papa ,e muito obrigada pelas orações,a Igreja é sustentada pelas orações obrigada mais uma vez e sabendo que é e foi um grande vice de Cristo aqui na terra,agradeço de coração por tudo que nos ajudou e continuara ajudando muito ,Valeu por tudo todos os dias rezarei ou melhor continuarei rezando por sua pessoa e intenções ,agradeço mais uma ves por tudo ,obrigada,com carinho e Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo

     
  4. Para se criticar um homem como o PAPA deve entender muito de ter sua vida de seu trabalho de apostolado de chefe de estado que ele é sendo PAPA, pois a vida de quem critica deve se espelhar mais limpa do que a do criticado .

     
  5. A I greja Católica, assim como todas as outras igrejas e religiões são santas e pecadoras. Não existe perfeição em nenhuma.
    Para quem não sabe, a Igreja protestante também fez inquisições e exterminou muitos cristãos e pessoas de religiões na Europa e nos Estados Unidos.
    No filme “Bruxas de Salém” retrata bem como era a Inquisição nos EUA.
    Existe pedofilia noticiadas não só na Igreja católica, mas entre os pastores protestantes, e em outras religiões.
    Sou católica e sei que no passado havia uma intolerância religiosa tanto dos católicos quanto dos irmãos protestantes.
    O que deveríamos é pensar como cristãos irmãos que nos somos unidos pelo mandamento de Jesus.
    Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como nós mesmos.
    Acredito que se hoje, Jesus estivesse entre nós, certamente iria pregar a tolerância religiosa.
    Independente da religião, as pessoas são seres humanos.
    Ninguém pode se considerar melhor do que ninguém por seguir algum credo religioso.
    Não podermos dizer que somos cristãos se não pudermos amar e perdoar. Olhar o outro como irmãos, como seres humanos criados por Deus. Temos todos a mesma origem da criação.

     
  6. Falando quanto ao Papa. Ele tem o total direito de exprimir os seus pensamentos, ainda que eles sejam totalmente retrógrados, porém, o que ele faz chega a ser assustador caso realmente haja muitos seguidores.

    Ele tem o total direito de não concordar com a eutanásia e o aborto (ou, num eufemismo mais adequado, direito da mulher de escolher não gerar o feto), mas ele condena aquelas constituições que garantem o seu povo escolher quanto a sua vida. Ele pede o fim da liberdade, a chegada de leis que simplesmente proíbam que uma pessoa decida quando quer viver ou não (eutanásia nada mais é que o direito de querer ter ou não a vida). Isso foge de concordar ou não com os ideais dele, ele fala tentando os impor (não é de se assustar, a ICAR é uma religião dogmática)- talvez seja necessário entender que os tempos mudaram e que nem todos agora são católicos para fazer com que as constituições se curvem as normas católicas.

     
  7. Esses papas são uns diabos vestidos de homem. Eles querem enfiar, guela a baixo, os seus dógmas religiosos nas pessoas. Quantos cristãos eles, juntamente com o estado, mataram durante a santa inquisição que de santa não tinha nada.
    Antonio P. Gras

     
  8. @Lucas Coitado de vc Lucas. Ser Católico não é uma ideologia. Nós exergamos muito mais do que todo mundo. Enxergamos o eterno. Vivemos em função do Eterno, do Além-túmulo. A vida em Deus é linda. Se o mundo descobrisse quanta felicidade há em ser católico, nossa, seria o fim desse mundo cheio de escuridão e ódio. Peço a Deus por vc e por todos que desprezam o Sagrado.

     
  9. Nunca devemos deixar que as coisas que nascem naturalmente do povo sejam tratadas, como eles os que não querem saber do povo quer. Se o povo cria um PARTIDO, UMA ASSOCIAÇÃO, UM SINDICATO, UM GRUPO, enfim, eles sempre tentam fazer com que isso seja sempre desvalorizado perante o própio povo, para que não exista uma força suficientemente forte surgida do povo contra os interesses deles (alguns poucos ou um único), contra uma multidão, pois eles sabem que são e sempre serão uma minoria contra a maioria. Assim eles usam de vários artifício, mas não sejam enrolados por eles. Dizem que são os escolhidos, mas a pergunta é, para que ELES foram escolhidos? Se são os escolhidos do CRIADOR, então foram escolhidos para FAZEREM O BEM PURO, foram escolhidos para expalhar pelo mundo a BONDADE, foram escolhidos para DISTRIBUIR as GRAÇAS que o NOSSO DEUS PAI quer para cada um de nós e não só para eles. ISSO é SER UM ESCOLHIDO de DEUS, isso é SER ALGUÉM ESPECIAL, o resto é balela, é pura SACANAGEM e EGOÍSMO. Se não merecem FORA e que entre outro.

     
  10. Gostaria de perscrutar a sua rara inteligência, meu caro Lucas. Talvez você mesmo possa me dar um exemplo do que nós católicos não enxergamos. Xingatório não é argumento para desclassificar ninguém, exceto àquele que o pratica.@Lucas

     
  11. Quanta bobagem…vão achar alguma coisa de útil para fazer, já que se dizem católicos…nanana, idiotas que não enxergam um palmo além da sua ideologia…

     
  12. A Bibliogenese de Israel Pag.156

    JESUS CRISTO LIVRA A FAMILIA TERRENA DO MAL DO ABORTO COM O PO-DER DA FÉ: (ES.57.2)
    (LE.6.1) – Há um mal que vi debaixo do sol, e que pesa sobre os ho-mens: (DT.13.11) – E todo o Israel ouvirá e temerá, e não se tornará a praticar maldade como esta no meio de ti; (JR.15.5) – pois quem com-padeceria de ti, ó Jerusalém? (LE.5.18) – Eis o que eu vi: (EC.25.26) – Toda a malicia é leve em comparação da malicia da mulher, sobre ela caia a sorte dos pecadores: (ÊX.23.31) – Ora, o povo cometeu grande pecado, fazendo para si deuses de ouro: (SL.57.2) – Clamarei ao Deus Altíssimo, ao Deus que por mim tudo executa: (LM.2.20) – Vê, Senhor, e considera a quem fizeste assim! Hão de as mulheres comer o fruto do seu carinho? Ou se matará no santuário do Senhor, o sacerdote e o profeta? (JÓ.10.18) porque, pois, me tiraste da madre? Ah! Se eu morresse antes que olhos nenhuns me vissem; (JÓ.81.16) – ou, como um aborto oculto, eu não existi ria, como crianças que nunca viram a luz:(JÓ.5.4)–Os seus filhos estão longe do socorro, são espezinhados as portas e não há quem os livre: (LE.8.11) – Visto como não se executa logo a sentença sobre a má obra, o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto a praticar o mal: (HC.2.2) – O Senhor me respondeu e disse: (IS.7.7.) – Isto não subsisti-rá nem tampouco acontecerá: (ÊX.23.26) – Na tua terra não haverá mulher que aborte, completarei o numero dos teus dias; (1CO.15.45) – pois assim está escrito: (AR.916.64)

    Eu sou o Espírito do Senhor Deus, do vosso Pai Eterno, que testei as almas dos filhos de Adão e Eva na minha Lei, e que hoje diz a verdade aos Homens e as Mulheres, na ação de um Santo Profeta que crê, ama, luta e tem falado por mim: Escutai, entendei, amai e lutai; pois haverá bom futuro no Homem que se faz filho do amor, e que se levanta como esse Ser Espiritual iluminado, como o Cristo: Agora existe outro Cristo com o poder do seu Deus, e não haverá mais a malicia do diabo, nem o abominável mal do aborto; porque aqui o Filho do Homem decreta e promulga esta sentença na Santa Lei de Deus: Quem praticar o aborto na obra da criação, cometerá uma loucura e um pecado imperdoável, pois o aborto provocado será considerado como crime de morte na terra do futuro povo Cristão: Então, tanto os homens como as mulheres já passaram a ser pecadores conscientes à luz do saber de Israel, e também não poderão escapar da mão do Senhor, como execu-tores desse crime: Testemunhai que Cristo veio ensinar aos Cristãos como executar as nossas leis e estatutos, e a espiritualizar as almas das crianças, ao ler à si: O Senhor Deus provou aos Homens e às Mulheres que eu existo como o Cristo? E seguireis o nosso Espírito que não mor-rerá? (IL.973.56)

     
  13. ESTOU sendo PERSEGUIDO !
    http://www.orkut.com.br/Main#Profile

    Depois que eu assinei o cartão amarelo contra o PNDH-3 acontecey que na TV cultura e na TV Record , tem passado noticias de Movimentos anti-PT ,
    Separatistas , Extrema Direita e movimentos Skin Head’s . Agora a policia
    civil, se sente no “direito” que é inconstitucional de obstruir a nossa expressão
    de pensamento . Se eu sou separatista e odeio o PT este é o meu pensamento . A
    policia civil também afirma que muitos fazem publicidade de racismo contra o
    Nordeste acusando os nossos companheiros de que afirmamos coisas absurdas . Por
    exemplo , afirmam que nós dizemos que a Dilma ganhou , somente por causa dos Nordestinos
    corrompidos pela Bolsa Família . Enfim , agora falar a verdade se tornou crime
    . O que se nota é que o PT esta agindo da mesma maneira que a ditadura militar
    , mas ao invés de usarem militares , usam a Policia Civil que tem bronca da PM
    por que a PM baixou o cacete neles em frente do palácio dos bandeirantes em
    defesa do José Serra , quando a Policia Civil agiu de bandidismo tentando
    invadir o simbolo do Governo Paulista !

    Mas isso não deixa de ser autoritarismo , pois , temos também
    o fato da PC monitorar nossos orkut’s e tentar obstruir nossos pensamentos e
    idéias . É mentira que SP e SUL sustenta o Nordeste ? NÃO , então irão me
    processar em que ? É mentira que muitos nordestinos deixaram de trabalhar para
    viverem exclusivamente do Bolsa Familia ? NÃO ! Então por que querem me impedir
    de falar isso ? Sabem pq ? Pq esses são os eleitores da DILMA . Alem do
    terrorismo do PNDH-3 , perseguem políticamente opositores do PT . Se ser
    separatista é romper com o Norte e Nordeste e parar de sustentar esse povo com
    Bolsa Corrupção do PT , então eu sou separatista ! Se falar do separatismo
    deixa nordestinos em pânico por que a boquinha de $ , dos trochas de São paulo
    e Sul que somos , eu e você , pois susnteamos esse povo e falar nisso da
    desespero por que sem nós sustentarmos eles , o Nordeste vai ter que trabalhar
    pra se manter , então os defensores do Bolsa Corrupção , mandam nos perseguir !

    Se ser separatista é ser opositor , eu sou opositor ! Se ser
    opositor é ser do PSDB , eu sou do PSDB e filiado !

    Peço o apoio de todos em minha defesa e na defesa de outros colegas opositores
    que estejam sendo perseguidos . Agora o DOPS esta ressurgindo dentro da Policia
    Civil e desta vez mudaram de lado , não caçam mais comunistas , agora são amigo
    dos comunistas… Vai entender…

    Não esqueçam senhores policiais civis , que São Paulo sustenta o Brasil e no
    Governo do Estado de São Paulo , nós vamos para 20 anos de poder do PSDB aqui ,
    com ou sem a vontade dos senhores..

    http://www.orkut.com.br/Main#Profile

     
  14. “Roma locuta, causa finita”. Portanto incorre em excomunhão “lata sententia” quem contradiz a doutrina infalível e milenar da Santa Igreja. Lembremo-nos bem disso… estará ” ipso facto” excluído do Corpo Místico de Cristo aquele (a) que discordar e/ou promover o aborto.

     
  15. BENTO XVI CONHECE A REALIDADE DO MUNDO.ELE VIU O QUE OS COMUNISTAS ATEUS FIZERAM NA UNIÃO SOVIÉTICA,CHINA E CORÉIA DO NORTE.ELES DIZIMARAM 3 MILHÕES DE PESSOAS NA CORÉIA DO NORTE A PÁTRIA DO SENHOR DO SEGUNDO ADVENTO,O DR. REVERENDO SUN MYUNG MOON QUE FOI PRESO E TORTURADO NO CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DE HUNG NAN POR CINCO ANOS,ONDE UM HOMEM SUPORTAVA APENAS SEIS MESES DE TRABALHOS FORÇADOS E MORRIA.ELE FOI PRESO POR PREGAR O EVANGELHO,A PALAVRA DE DEUS,O PRINCIPIO DIVINO.BENTO XVI SABE DAS ATROCIDADES DE HITLER POPULISTA NA ALEMANHA E NO MUNDO.SABE QUE TODO LÍDER POPULISTA VEM DO DIABO.SABE QUE LULA É DIABÓLICO E QUE DILMA É LÉSBICA.E POR ISSO CONCLAMA O BRASIL PARA VOTAR EM SERRA!

     
  16. Caros amigos em Cristo, Paz!

    A declaração do santo padre o papa Bento XVI foi fantástica, diante da grave omissão da cúpula da CNBB. Recentemente, o famoso exorcista do Vaticano, padre Gabriele Amorth, denunciou que existem religiosos SATÂNICOS infiltrados na Igreja Católica, pois o joio cresce junto com o trigo (Mt 13, 24-30).

    Nessas eleições presidenciais, constatamos que poucos religiosos foram fiéis à Sagrada Escritura, ao Magistério da Igreja e as suas Tradições. Muitos são chamados, mas poucos os escolhidos, disse Jesus.

    É sabido que o joio cresce junto com o trigo. Mas no fim, “o imaculado coração de Maria Triunfará”.

    Entretanto, a Cultura da Morte vem ganhando algumas batalhas, mas a guerra espiritual será conquistada pelo legítimo povo de Deus, com a ajuda do Altíssiomo.

    Devemos desmistificar alguns adágios populares, tais como: “a voz do povo é a voz de Deus”. Será????

    Tenho minhas dúvidas, ou melhor, trata-se de outra falácia comunista.

    Aliás, a voz do Povo é a voz de… tudo e não necessariamente de DEUS. Se não, vejamos:

    – Na época de Jesus: o mesmo povo que gritava: “hosana, bendito aquele que vem em nome do Senhor…”, uma semana depois gritava: “Crucifica-O, crucifica-O”.

    – Chacina de Unaí- Auditores Fiscais do trabalho recebem denúncias de trabalho escravo em Unaí-MG. Durante a ação fiscal autuam o Sr. Mânica. Este contrata pistoleiros para eliminar os fiscais. Ocorre a chacina. Crime federal. Polícia Federal prende o mandante, Sr. Mânica. Em seguindo, ocorre eleição para prefeitos em todo o país. Mânica, embora preso, é candidato a prefeito de Unaí. Resultado das eleições: Mânica é eleito prefeito com 70% dos votos. Pior. Com o apoio do vice-presidente, José de Alencar.

    Finalizo com o sábio conselho do “Cara”, pronunciado no Dia Internacional da Mulher:

    – “Mulheres não seja tão DESAFORADAS e não comecem a pensar logo na Presidência da República. Vai devagar com essa pressa de poder”

    Discurso proferido pelo Excelentíssimo Senhor presidente da Republica, Luís Inácio Lula da Silva, em Apodi, sertão do Rio Grande do Norte (em 08/03/2005).

    Saudações cristãs.

    Feliz a nação cujo Deus é o Senhor!

     
  17. meu DEUS esse fernando não é uma pessoa é um monstro . Que DEUS o perdoe por seus pensamentos e insentivos contra a moral e a fé dos direitos da pessoa, colocando na história religiosa temas que não condizem com nossa religião atual só para se desculpar de sua ignorancia.

     
  18. Não confio em Serra !

    Porém, tirá-lo do governo, assim como ter garantias democráticas, parece ser mais fácil e garantido caso precisemos recorrer a isso !

    Só um experiência imediata que tive…
    Um dos comércios que deixei os folhetos me ligou, dizendo que um “investigador” à paisana, questionou a presença dos folhetos, disse que eram ilegais e mandou retirá-los !

    Agora…
    Não são folhetos difamatórios, não fazem apologia ao crime, ao uso de drogas, ou à práticas ilegais de qualquer espécie…
    Porque os folhetos, então, são ilegais ?

    Isso aconteceu há um dia…antes dessa senhora ser eleita já presenciamos arbitrariedades !

    O que acontecerá se for eleita ?

    Fiquem com Deus !

     
  19. MUITO UNGIDAS AS PALAVRAS DO NOSSO PASTOR BENTO XVI.
    MOSTRA A TODOS QUE A IGREJA NÃO É E NUNCA VAI SER A FAVOR DA MORTE, QUE É UM PRESENTE DE DEUS E SÓ ELE PODE NOS TIRAR.
    O LULA DISSE UM A FRASE QUE ME CHAMOU A ATENÇÃO , QUANDO PERGUNTADO SOBRE O PRONUNCIAMENTO DO PAPA.
    ELE DISSE QUE O PAPA NÃO DISSE NADA DE DIFERENTE, POR QUE A 2000 ANOS ATRAS QUE A IGREJA SEMPRE FALOU ASSIM. GLÓRIA A DEUS. NOSSA IGREJA É CONHECIDA POR DEFENDER A VIDA E OS VALORES DEIXADOS POR DEUS..

     
  20. A Paz de Cristo Esteja com Todos.

    Estou vivendo um grande paradigma nestas eleições. Pois, sabendo quais os princípios de Serra, aliado a Fernando Enrique, pretende para o Brasil e que no período de mandato não mudou o suficiente a vida na maioria da população. E isso é fato. O que deixa-me suficientemente triste, é a falta de coragem por parte de algumas pessoas que não desejam mudar a situação de brasileiros que sofrem, passam fome e violência constante e que ninguém pára e avalia. É fácil falar de uma situação em que não vivemos ou presenciamos cotidianamente. Colocar-se na situação e difícil, e mais de resolver. Não temos uma arma na cabeça quando saimos, pois, estamos dentro de um carro blindado e com forte esquema de segurança! Não é verdade!
    Sabemos que a elite solicita e tenta colocar na cabeça das pessoas que devemos votar em Serra e que ele do mau é o menor. Não acredito nesta possiilidade! Pois, em entrevista na TVE Álvaro Nunes, senador eleito, deixou bem claro que Serra é um cara que muda de opinião com muita facilidade (palavras dele). E ai, em quem confiar?
    Do outro lado, temos Dilma Russeff, que pretende assim o PNDH – 3. O fácil é simples! Da mesma maneira que tiramos Fernando Collor, certamente, podemos tirar Dilma do governo caso aconteça a assinatura deste projeto.
    Nós Católicos precisamos trabalhar com a melhor ferramenta que temos o boca-a-boca, para retirar Dilma ou quem quer que seja do governo, caso assine este instrumento de morte.

     
  21. Sobre esta polemica (até estou achando interessante) que esta acontecendo aqui neste site, com as palavras do Papa, o que deu motivo para se discutir o problema do “menos ruim” ou do “menor mal” (Dilma X Serra, qual dos dois seria o pior), pesquisei na internet e encontrei um esclarecimento do que temos discutido. Vale a pena ler e informar os outros ANTES DO DIA 31:

    “Entre dois males, o menor”
    A doutrina católica sobre o “duplo efeito de ato humano” — ou “teoria do mal menor”

    Em razão das várias matérias que ultimamente tenho postado em nosso Blog da Família (por exemplo, esta: “Há uma coisa mais terrível que a calúnia: é a verdade”), recebi diversos e-mails com severas criticas. Até mesmo de pessoas que estão “do nosso lado” — “fogo amigo?”. Elas afirmam que nestas eleições os dois lados não são bons. Portanto, eu não poderia favorecer nenhum deles. A todos respondi com os cinco itens que seguem. Deixo-os aqui registrados, pois talvez possam fazer cessar as críticas. Além disso, poderão ser úteis aos Amigos e ajudar a elucidar dúvidas que alguns manifestaram.

    1) Não peço votos nem para X nem para Y;
    2) Cada um é livre de votar em quem bem entender, respondendo pelas conseqüências de seus atos;
    3) Não sou “serrista” nem “dilmista” — nenhum dos dois é santo de minha devoção… (um dos e-mails afirmava “que não há santos nestas eleições…”);
    4) Apenas procuro informar, baseado em documentos sérios, que, se aplicado, o programa do PT acarretará graves malefícios para a Igreja, o País e as famílias;
    5) Sei perfeitamente que o “outro lado” não é o ideal para o Brasil, mas, entre o “mal maior” e o “mal menor”, não podemos favorecer o pior. É claro que também não podemos ser cúmplices do mal menor, mas evitemos primeiro o mal maior e depois cuidaremos do menor. Como bem se expressou o Bispo de Guarulhos, Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, “de dois males, o menor”. O Prelado deixou claro que não se pode escolher um candidato de partido que tenha em seu programa, por exemplo, o objetivo de legalizar o aborto.

    Assim, penso que nestas eleições, à falta do “candidato ideal”, do “político ótimo”, devemos escolher o “menos pior”. Julgue o leitor quem seria ele e vote. E que Deus nos ajude! Ajude o Brasil a cumprir sua grandiosa vocação numa Civilização verdadeiramente Cristã.

    Estes foram os itens contidos em minhas respostas. Entretanto, mesmo assim, recebi três críticas afirmando que eu estaria assentindo com a “moral maquiavélica” (“os fins justificam os meios”). Para dirimir o problema, um deles aconselhava o “voto nulo” ou “em branco”.

    Com tais objeções fiquei num aperto e até mesmo com um problema de consciência, pois se de um lado a “moral maquiavélica” é de fato totalmente inaceitável, não se estaria, de outro lado, favorecendo com o voto nulo ou branco o candidato pior para o Brasil?

    Procurei então estudar a doutrina da moral católica sobre a “teoria do mal menor”. Não foi fácil encontrar bons autores, mas um reputado Professor recomendou-me a leitura do “Compêndio da Moral Católica”, de autoria do capuchinho P. Heriberto Jone O.M.Cap. — traduzido e adaptado às prescrições do Concílio Plenário, bem como ao Código Civil Brasileiro, pelo sacerdote jesuíta P. Roberto Fox. De tal obra, transcrevo abaixo um trecho (ponto 14) que me pareceu magistral. [em letra verde entre colchetes insiro breves comentários meus].

    Pesquisando um pouco mais, encontrei outros autores que também resolveram nosso problema, tirando-me do aperto. Com a intenção de ajudar os Amigos a também se desembaraçarem dessa situação delicada, no final transcrevo mais dois trechos.

    Como se verá, não só a tal “moral maquiavélica” não se aplica ao problema exposto, como escolher o “mal menor” pode ser a boa opção. Exemplo clássico: Cortar o braço é um mal? Claro que sim! Mas poderá ser um bem caso, para salvar a vida, se tenha que amputar o braço gangrenado. Assim, o eleitor católico não apenas pode votar no “mal menor”, mas tem obrigação moral de fazê-lo, a fim de evitar o mais perigoso, o pior para a Santa Igreja, o País e as famílias.

    COMPÊNDIO DA MORAL CATÓLICA
    Pe. Heriberto Jone O.M.Cap.
    Doutor em Direito Canônico e professor de Teologia
    Traduzido da 10ª edição original e adaptado às prescrições do Concílio Plenário
    bem como ao Código Civil Brasileiro, pelo Pe. Roberto Fox S.J.
    Edições A NAÇÃO – Porto Alegre, Tip. do Centro, 1943.

    14. Quando de uma ação se podem seguir dois efeitos, um bom e outro mau, é lícito praticar a ação, contanto que se verifiquem as seguintes quatro condições:

    a) A própria ação deve ser boa ou pelo menos moralmente indiferente. [Comento: a ação de votar, por exemplo].
    b) O efeito bom e o efeito mau, que se seguem da ação, devem ser igualmente imediatos. [Comento: evitar um mal maior para o País].
    Se o efeito bom se seguisse do efeito mau, este seria diretamente intencionado como meio ilícito, o que nunca é permitido, nem ainda em vista de um fim bom.
    c) A intenção só pode visar o efeito bom. [Comento: eleger o menos mau].
    Portanto se o efeito bom se pode obter por meios que não acarretam consequências más, devem-se escolher estes meios.
    d) Deve haver causa suficiente para se permitir o efeito mau. [Comento: defender a Igreja e sua doutrina autêntica das perseguições religiosas e de deformações doutrinárias, por exemplo].
    Esta causa deve ser de peso tanto maior quanto pior, mais certo e mais imediato for o efeito mau e quanto maiores forem as obrigações pessoais (piedade, contrato) de impedi-lo e quanto maior for a probabilidade de que o efeito mau não se siga, omitida a ação. (p. 21 – 22)

    “A eleição de um candidato menos mau tem razão de bem”

    O moralista católico Gury-Ferreres S.J. expõe a seguinte tese sobre eleições:

    “Se é lícito dar alguma vez o voto a um candidato menos indigno ou também indigno? […] Se não há esperança da eleição de um candidato digno, e o indigno concorre unicamente com outro mais indigno, então a eleição de um candidato menos mau tem razão de bem” (Casus Conscientiae, IV praecepto decalogi, cas. 9º).

    “Dar o sufrágio para que seja excluído outro candidato pior, não é pecado e pode ser um bem”

    É do mesmo parecer o conceituado moralista Lehmkühl:

    “Dar o sufrágio a um candidato mau com a intenção de que saia vencedor, sempre é um pecado grave; porque isto é dar formalmente o sufrágio a um candidato mau. Mas dar o sufrágio para que seja excluído outro candidato pior, não é pecado e pode ser um bem, contanto que não se aprove nada de mal no candidato indigno, porque isto não é outra coisa senão dar materialmente o sufrágio ao candidato mau” (Casus conscientiae, cas. 139).
    FONTE: http://blogdafamiliacatolica.blogspot.com/

     
  22. O lulo-petismo deu um presente de grego para o Brasil: o PNDH 3.
    Com isso deu um tiro no próprio pé e caiu de boca no chão.
    Tropeçam na própria ansiedade de usurpação do poder.

     
  23. O sr. Fernando Fernandes é um típico representante da mentalidade moderna: sofístico, pretensioso e inculto. Um alquimia verdadeiramente infernal.

    Para além do seu conceito confuso de religião e de sua função nas sociedades, vejamos o que ele diz, do alto dos seus 64 anos:

    “Se sua consciência, suficientemente configurada para viver em sociedade de forma justa, decidir que o aborto, a eutanasia ou a pena de morte se aplicam em determinadas situações amplamente discutidas com seus pares e devidamente legisladas, não é a Igreja ou qualquer outra representação social que deverá impor o que cada um deva ou não praticar. ”

    Não dá para levar a sério. Francamente. “Devidamente legisladas”? Pelo amor de Deus, vai ler Machado e Rui!

    Estou dizendo isso em conformidade com o pensamento de Bernanos, para o qual “Quem escreve como primata, pensa como primata”. Como exigir ordem de raciocínio se falta ordem de linguagem, esta veículo daquela?

    O sr. Fernando Fernandes termina assim:

    “Estas colocações dogmáticas da igreja, sem ouvir ou considerar a cultura, religião, escolaridade de cada ‘ovelha de seu rebanho’, nos faz repensar se , de fato, acabou a inquisão terminou po ainda persiste de forma camuflada em discursos papais como o do Papa Bento XVI, alías citado em compêndios há mais de 14 anos atrás como um potencal inquisitor dos tempos modernos.”

    Meu senhor, o aborto, a eutanásia e a pena de morte não são problema de religião, qualquer que seja ela.

    Será que a gente precisa da Bíblia para saber que o Sol nasce ou que a chuva molha?

    Os fariseus adoram colocar a questão em termos de “religião”, isto é, “fanatismo”, “superstição” e antiintelectualismo. O catolicismo é a religião intelectual por excelência, e nem poderia ser diferente.

    O próprio São Paulo diz que a fé é o assentimento da inteligência aos postulados da Verdade Revelada. É um estado de confiança em N.S. Jesus Cristo, no testemunho dos apóstolos, no sofrimento dos mártires, no saber dos Doutores, confirmada pela atuação da Graça em nosso espírito. E, o que é melhor, tudo passível de demonstração.

    Ou vocês acham que o corpo incorrupto do Santo Padre Pio de Pietrelcina é fruto de produtos químicos? Todo o exército português viu São Miguel Arcanjo, com sua espada de fogo, lutando ao lado de Dom Afonso Henriques contra os mouros, na Batalha de Ourique, no que resultou a fundação do Reino de Portugal, cuja missão recebida da Providência era dilatar a Fé e o Império. É pouco ou quer mais?

    Quanto ao aborto, mesmo que houvesse qualquer dúvida a respeito das propriedades do feto, se é pessoa ou não, mesmo assim o aborto seria um crime inominável. Onde há dúvida quanto aos fatos, não existe certeza quanto às conclusões.

    Acontece, porém, que não há dúvida. É pessoa, sim; pessoa em processo de formação, que dura até o último de nossos dias. Não é questão de religião, e sim de ciência.

    A Santa Igreja Católica, como sabemos, não é inventora da Verdade Revelada, nem da estrutura da realidade, mas tão-somente da doutrina elaborada lentamente pelos Santos Padres e Doutores a partir das Sagradas Escrituras e da Sagrada Tradição. A Igreja não pode mexer um vírgula na Palavra de Deus. A Igreja constata um dado da realidade e o proclama, nada mais.

    Será que é tão difícil assim?

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome