Itu não se omitiu! Cidade realizou ATO DE REPARAÇÃO contra a peça “Jesus Cristo SuperStar”

4

João Paulo Camargo

Famílias católicas ituanas se reuniram em plena Sexta-Feira da Paixão de Nosso Senhor para o Ato de Reparação contra as ofensas cometidas na encenação da peça blasfema “Jesus Cristo SuperStar” na capital paulista.

O Ato contou com profunda adesão e espírito piedoso dos participantes que rezaram o Santo Terço em frente ao tradicional Cruzeiro de São Francisco, local onde semanas antes realizou-se o término da fracassada passeata homossexual, inflamada pela mídia.

A Liga do Santo Rosário, Ação Jovem pela Terra de Santa Cruz e Associação Devotos de Fátima, agradeceram a participação de todos.

 

4 COMENTÁRIOS

  1. André Sanches, Duvido que seja mesmo cristão. E a prova está em sua afirmação:”sei que foi o único mandamento que Ele deixou, “Amai ao teu próximo como a ti mesmo”.

    Não, isto está absolutamente errado. Quando se omite a parte principal e mais importante do mandamento de Deus a formulação torna-se falsa, pior quando se conduz conforme afirma, isto é, expulsa Deus de sua própria vida. Eis o mandamento:

    Mateus 22
    37. Jesus respondeu: «Amarás ao Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma e com todo o teu entendimento.
    38. Este é o maior e o primeiro mandamento.

    39. O segundo é semelhante a este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.

    Como vê, quem troca o primeiro pelo segundo atenta contra o próprio mandamento.

    Portanto, quem não defende a Deus quando é ofendido não é la muito cristão. E quando critica quem o pratica é réu de condenação.

     
  2. Que bom que há tantas pessoas com tanta disposição em nome de Jesus. Agora, que tal se essas mesmas pessoas se mobilizassem em campanhas de arrecadação de alimentos em verdadeiros atos de doação e amor ao próximo, que por ser cristão, sei que foi o único mandamento que Ele deixou, “Amai ao teu próximo como a ti mesmo”!
    Pensem nisso.

     
  3. Parabéns ao ituanos que mostraram mais uma vez que esta cidade deve ser lembrada muito mais por sua fidelidade ao catolicismo, do que por ser considerada como berço da república.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome