Marco Civil da Internet – Parlamentares falam em novo relatório para esta quarta, 27

Após a reunião de líderes que aocnteceu na tarde desta terça-feira, 26, na Câmara dos Deputados, o líder do governo, deputado Arlindo Chinaglia (PT/SP) disse que o relator do Marco Civil da Internet, deputado Alessandro Molon (PT-RJ) está fazendo as últimas negociações e deverá apresentar um novo relatório na próxima quarta, 27. Ele disse que nessa matéria é fundamental tentar se chegar a um acordo, já que foram apresentadas mais de 200 emendas aglutinativas. “Sem acordo levariamos meses para concluir essa votação, se conseguirmos”, disse.

O líder da Minoria, deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), também mencionou que na quarta-feira, 27, será apresentado um novo relatório ao projeto do Marco Civil da Internet. “Esse novo relatório será apresentado amanhã para que a proposta possa ser colocada em votação. Mas claro que sem divergência”, observou Leitão.

A informação, contudo, foi negada pela assessoria de Molon (PT/RJ). A assessoria informa que estão sendo costurados “ajustes” junto aos partidos e que amanhã ainda estão agendadas algumas reuniões com esse objetivo. Após essa negociação com os partidos é que Molon deve divulgar uma nova versão do seu relatório.

Com informação da Agência Câmara

***

Clique aqui e saiba porque você deve protestar contra essa tentativa de controlar a internet no Brasil

 

2 COMENTÁRIOS

  1. O Marco Civil da Internet deveria democratizar o acesso a Internet para todas as classes sociais. Não Concordo com essa espécie de censura que estão querendo criar.

     
  2. Por ser um projeto vindo do PT, devemos sempre dizer não ao Marco Civil da Internet, ou melhor como escreveu o leitor Paulo Direito, Marco Estatal. É só ligar no Disque Câmara: 0800 619 619 ediga não ao PL 2126/2011. Como eu fiz, é só cinco minutinhos com a atendente.

    http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=912989&filename=PL+2126/2011

    Um pouco sobre o Marco Governamental da Internet

    “Eu vejo o ato discursivo de um esquerdista, especialmente da extrema-esquerda, como um fenômeno natural a ser estudado. Esse fenômeno prevê que eles pratiquem fraudes para qualquer bloco de conteúdo que distribuam, seja por via oral ou escrita. Fraudar o discurso passa a ser, para eles, uma espécie de vício.

    Assim como esperamos que um fumante inveterado saia do escritório para fumar a cada 1 ou 2 horas, no mínimo, esperamos que o esquerdista lance suas fraudes intelectuais de forma incessante enquanto luta para capitalizar (se for funcional) em prol de seu beneficiário.

    Por exemplo, uma legislação que atende pelo nome de “Marco Civil da Internet” já começa fraudando o debate em seu título, pois, na verdade, é um Marco Governamental de Internet. O objetivo é claro: fazer com que o cidadão pense que existe uma iniciativa popular e não dirigida ao invés de uma ação a mando do governo.” Jefferson Ulisses

    http://liberdadeeconomica.com/home/2013/11/14/um-pouco-sobre-o-marco-governamental-da-internet/

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome