Nota de repúdio aos atos sacrílegos na Parada Homossexual ocorrida em São Paulo

15

LogoIPCO

O Instituto Plinio Corrêa de Oliveira repudia os atos sacrílegos cometidos na parada homossexual, em São Paulo, no dia 7 de junho último, que manifestou o ódio religioso no seio da militância LGBT ao usar imagens sacras e a do próprio Cristo crucificado de modo a constituir um deboche da Fé da maioria do povo brasileiro.

Financiada com dinheiro público, tal manifestação compromete também a Prefeitura de São Paulo e os governos estadual e federal nesse vilipêndio de nossa Fé. Isso no momento em que poderes executivos e legislativos tentam impor às escolas brasileiras a nefasta Ideologia de Gênero para tirar a inocência de nossas crianças, já tão agredidas pela imoralidade propagada pelos grandes meios de comunicação.

Esperamos que as autoridades eclesiásticas do País repudiem de modo claro e insofismável tais atos sacrílegos, como reparação a Nosso Senhor Jesus Cristo e conforto dos fiéis.

ImageProxy (13) ImageProxy (10)ImageProxy (14)

 

15 COMENTÁRIOS

  1. Os celerados do bando LGBT estão testando até onde vai a covardia das pessoas de bem ante seu poder, turbinado pelas esquerdas e pelo dinheiro do contribuinte. Ao que tudo indica é ilimitado. Todos tem medo de ser tachados de homofóbicos. O Ministério Público, polícia e autoridades, todos com medo dessa terrível palavra “homofobia”. Parece que estão mais dispostos a proteger esses delinquentes. Quero ver, no entanto, quando esses meliantes terão coragem de vilipendiar o Corão. Aí a situação, de certeza, será bem diferente.

     
  2. Ao que tudo indica, estamos no início dos momentos cruciais da História da Humanidade, que definirão os novos mártires da Igreja Católica, em contraposição aos covardes que, por medo de morrer, abraçarão esse mundo sujo, renegando a Cristo e, com isso condenando-se eternamente

     
  3. O que faz a sociedade organizada perante este crime vilipendioso; por que não tomam providências jurídicas com litigiosos. O brasil na verdade não é um país sério.

     
  4. Parabenizo o IPCO por sua manifestação, mas, ao mesmo tempo, estou decepcionada com a Igreja Católica que não se manifestou e que deveria tê-lo feito junto ao Governo. Se isso não acontecer, as próximas apresentações serão cada vez em nível mais baixo. Ninguém tem o direito de desrespeitar e desonrar o nosso Cristo e Nossa Senhora. Foi humilhante e vergonhoso para todos nós, cristãos.

     
  5. Reforço a sugestão do Lucas Janusckiewicz Coletta: A blasfêmia foi IMENSAMENTE PÚBLICA. REQUER POIS UM ATO DE REPARAÇÃO “IGUALMENTE PÚBLICO”… na Paulista e em todo o Brasil.Parabéns ao IPCO pela Nota de Repúdio.

     
  6. Sabem o que devemos fazer? Esquecer os atos desses animais, não devemos dar importância aos atos praticados por eles. O que eles querem é que sejam comentados na mídia de uma forma geral nos meios de comunicação. Eles devem ser esquecidos. Por favor, não publiquem mais nada sobre estas bestas humanas.

     
  7. ELY, AQUI EM DIAMANTINA – MG TAMBÉM A IGREJA FOI EXTREMAMENTE OMISSA. MAS DEUS NÃO SE OMITE E É JUSTO. DEUS COBRARÁ DELES CADA BLASFÊMIA, CADA ATO. SINCERAMENTE DESEJO QUE A TRANSEXUAL VIVIANE QUE SE FEZ DE CRISTO CRUCIFICADO, MORRA COM AS CHAGAS DE CRISTO PARA QUE ELA SINTA NA PELE O QUE JESUS REALMENTE SOFREU PARA SALVAR NÃO SÓ UMA RAÇA, MAS TODA A HUMANIDADE E QUE DEUS OS PERDOE.

     
  8. O IPCO, como representantes dos cristãos do Brasil, poderia processá-los por crime de ódio, como o movimento homossexual fez com o Levi Fidélix.

    Os patrocinadores tem que ser condenados a pagar uma indenização aos cristãos do país.

    Acho louvável a nota de repúdio, mas não podemos ficar só na defensiva. Temos que partir para ofensiva também.

     
  9. Quero expressar o meu total apoio ao IPCO, por essa nota de repúdio aos atos de ofensa a religião católica.
    Acredito que não existe um brasileiro, que tem Jesus Cristo no coração concorde com o que aconteceu.

     
  10. Peço perdão por ter expresso que a CNBB não manifestou a respeito do desrespeito de nossos irmãos na manifestação sobre a Ideologia de Gênero.Isso ocorre porque no site da com.shalom.org está estampado a manifestação dela, o que fico contente com isso.

     
  11. Parece que as autoridades Eclesiásticas estão amordaçadas porque aqui na minha Capital não saiu nenhum manifesto da Arquidiocese e muito menos de nossos Párocos.Fico pensando que infelizmente o clero aqui em Mato Grosso como na CNBB não emitiu nenhum manifesto. Se eles não falarem o que diz o Evangelho as pedras falarão e estão falando através dos nossos irmãos protestantes. Aqui admiro o Padre Paulo Ricardo que é o único que defende a Palavra de Deus com dignidade, obediência, perseverança.Muitos dos nossos Sacerdotes estão paralisados, a exemplo do paralítico que estava há 38 anos a beira da piscina a fim de ser curado. Jesus fala para os Sacerdotes: Levante e Ande, vá pregar a minha Palavra para todos, não fique parado no seu mundinho; não seja medroso porque eu lhe dei a Ordem de Melquisedeque- Hebreus 5 ( 1- 5); Quero que preguem eu crucificado- 1 Corintos 1 (22-26) porque senão eu os vomitarei.Isso é o que penso, baseado na Palavra que deve ser a única bússola para os integrantes do Clero do mundo inteiro, o resto é invenção humana.

     
  12. Excelente comunicado do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira repudiando atos sacrílegos, insultos e deboches da Fé Católica — fruto da ideologia, agenda e mentalidade — demonstrdas na ultima parada homossexual.
    Esperamos que nossas autoridades católicas façam sentir ao povo brasileiro o seu repúdio a tais atos.
    Sem falar que uma parada homossexual já é em sim mesma uma afronta ao bem comum.
    Essa árvore dá esses frutos e esses frutos pessimos nascem da agenda homossexual.
    Marcos Costa

     
  13. Do mesmo jeito que no ano passado os senhores com galhardia fizeram uma oração publica contra a blasfêmia na bienal de São Paulo, seria interessante que seja feito algo semelhante na paulista.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome