O desmantelamento do ‘mito’ chavista e o futuro da América Latina

5
A presidenta Dilma Rousseff recebe do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, um quadro do ex-presidente Hugo Chávez (Valter Campanato/ABr)
A presidenta Dilma Rousseff recebe do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, um quadro do ex-presidente Hugo Chávez (Valter Campanato/ABr)

1. Paradoxalmente, o presidente Maduro, da Venezuela, transformou-se no principal promotor da desmontagem do “mito” chavista e do “socialismo bolivariano do século XXI”, com o descalabro político, econômico e social a que conduziu o seu país.

2. Maduro recém acaba de completar o primeiro ano de governo, e o radicalismo político que aplicou nesses primeiros 12 meses, seguindo a receita de assessores cubanos que abarrotam a Venezuela, manteve esse país a beira de uma guerra civil durante várias semanas.

3. Porém, não é somente o presidente venezuelano o responsável pela agonia do “mito” chavista e do “socialismo bolivariano” na América Latina. Existe um “eixo” de governos que, de uma maneira ou de outra, seguiu a política externa venezuelana de guerra fria, que esbofeteia obsessivamente os Estados Unidos enquanto se lança nos braços dos neo-imperialismos da Rússia de Putin e da China comunista.

4. O presidente Rafael Correa, do Equador, seguiu os passos ditatoriais de Chávez e Maduro, e colheu como resultado a recente derrota nas eleições municipais, incluindo a estratégica prefeitura de Quito, a capital. Correa tentou melhorar sua imagem internacional viajando aos Estados Unidos, porém em todas as cidades que visitou ouviu interpelações do público por suas políticas ditatoriais, especialmente, contra os meios de comunicação e a iniciativa privada.

5. A presidente Cristina Kirchner, da Argentina, também aplicou em seu país as “receitas” chavistas-maduristas e a única coisa que conseguiu foi o triste “milagre” de arruinar socialmente um país que outrora ocupou os primeiros lugares na América Latina. A presidente argentina nem sequer está em condições políticas para tentar uma re-eleição.

6. A presidente Dilma Rousseff, do Brasil, incentivada por setores mais radicalizados do Partido dos Trabalhadores (PT), levou adiante nos últimos anos uma política intervencionista e socializante na economia desse gigantesco país, asfixiando a iniciativa privada e arruinando empresas estatais que outrora foram um orgulho nacional. A Srª Rousseff está obtendo como resultado o estancamento econômico junto com o ressurgimento da inflação. O ano passado teve de enfrentar gigantescas manifestações de descontentamento. E recentes pesquisas eleitorais mostram os frutos obtidos pela presidente Rousseff com as receitas chavistas impulsionadas pelos setores radicais do PT: a queda da popularidade e o risco de lhe faltar votos para se re-eleger nas eleições presidenciais de novembro.

7. O custo humano, social, político, econômico e cultural do “mito” chavista e das aventuras que se inspiraram nesse mito, é gigantesco.

8. Paradoxalmente, o “mito” chavista está se afundando, não tanto pela força de seus adversários latino-americanos, senão pelo extremismo ideológico e político de seus próprios defensores. É de se desejar que a desmontagem do “mito” chavista seja um processo irreversível. Os países da região que têm incentivado a propriedade privada e a livre iniciativa, especialmente, na área do Pacífico, mostram um desenvolvimento econômico positivo, que contrasta com a deterioração econômica dos países que estão aplicando receitas inspiradas no “socialismo bolivariano”. O que está em jogo é, nada mais e nada menos, que o futuro da América Latina.

Apontamentos de Destaque Internacional (texto interativo, podem se reproduzir livremente, inclusive sem citar a fonte). Responsável: Javier González. Envie sua valiosa opinião, sugestão, pedido de remoção, etc. para destaque2016@gmail.com (por favor, difunda este editorial o máximo possível, em suas redes sociais, se concorda com seu conteúdo)

(Tradução: Graça Salgueiro)

 

5 COMENTÁRIOS

  1. Renan:
    AS VITORIAS DOS COMUNISTAS – CHAVISTAS, LULO-DILMISTAS, KIRCHINERISTAS ETC. – SEMPRE SE DEVERAM A MASSIVAS FALSAS PROPAGANDAS!
    1º mandamento, dentre 10 dos comunistas:
    “Infiltre, e depois controle todos os meios de comunicação em massa”.
    Os comunistas sobrevivem apenas de fraudes, tramas, trapaças, trambiques e similares, sempre comprando a mídia de comunicação em massa para se propagarem, mostrando suas meias verdades, promessas uma atrás da outra – kd o trem-bala de Dilma para 2014? – apoio a drogas para dopar o povo, aliená-lo para os aceitar e, em particular ferozmente combater a Igreja católica que os ataca frontalmente, hoje em dia nem tanto quanto o deveria; mas eles usam uma infalível tática na tentativa de a vencerem: infiltram-na, e olhe que com isso têm obtidos excelentes resultados, inclusive no Brasil, de subida ao poder.
    Se não fossem os comunistas falsos religiosos da TL do Boff, Betto & Cia, da banda vermelha da CNBB que há décadas assim procederia, que não dá um pio contra os comunistas do PT, de seus tentáculos nas CEB, CIMI, CPT e quem sabe, milhões de eleitores seduzidos, até no MST possivelmente, os comunistas hoje não estariam (des)governando o Brasil, por sinal uma imensa desonra para os católicos, como que preferindo serem governados por Satã.
    Sob todos aspectos, inclusive econômico, o comunismo é um fracasso total, como nas favelas a ceu aberto das dinastias Castro, Cuba eKim Jong, Coreia do Norte, vitrines dessa peste mortal onde adentra com sua bandeira do martelo e foice, penhor de destruição e morte, tanto espiritual como física.

     
  2. O governo federal prepara um pacote de medidas socializantes e outras de consolidação do comunismo já em implantação no país; fiquemos atentos ao Diário Oficial da União, nos cadernos dos ministérios da justiça, da educação, da cultura e da fazenda, durante toda a vigência do evento. O povo, como no circus romano, estará atento aos jogos. Os comunistas estarão agindo no sentido de apertar o cerco à sociedade brasileira, da consolidação do kit-pederasta nas escolas primárias, passando por produção voltada ao público homossexual e financiada com nosso dinheiro no ministério da educação, à criação de embaraços, taxas e mais dificuldades burocráticas para a livre iniciativa, além do controle da mídia e de liberação de verbas aos movimentos políticos travestidos de movimentos sociais.

     
  3. As organizações terroristas da América Latina foram convocadas a partir do já “famoso” foro de São Paulo, “eminentes terroristas” com varias mortes nas suas costas em atentados estão de plantão para ajudar aos seus companheiros brindando os serviços e experiências em destruição, infiltração, propaganda e todo aquilo que serva para minar qualquer Nação que se oponha a “democracia comunista” que querem implantar a sangue e fogo.
    De olhos bem abertos para as movimentações desses arautos da desgraça e de prontidão para defender nossas tradições, Familia,Propriedade,Patria , Nação e nossa Fé Católica Apostólica Romana de orientação Ocidental e Cristã !!

     
  4. Para quem duvida que se deseja implantar a mesma ditadura de esquerda no Brasil, procurem ler o Plano Nacional de Direitos Humanos versão 3, editada durante a gestão do governo lula, na calada das vésperas do Natal de seu primeiro ano de desgoverno

     
  5. AS VITORIAS DOS COMUNISTAS – CHAVISTAS, LULO-DILMISTAS, KIRCHINERISTAS ETC. – SEMPRE SE DEVERAM A MASSIVAS FALSAS PROPAGANDAS!
    1º mandamento, dentre 10 dos comunistas:
    “Infiltre, e depois controle todos os meios de comunicação em massa”.
    Os comunistas sobrevivem apenas de fraudes, tramas, trapaças, trambiques e similares, sempre comprando a mídia de comunicação em massa para se propagarem, mostrando suas meias verdades, promessas uma atrás da outra – kd o trem-bala de Dilma para 2014? – apoio a drogas para dopar o povo, aliená-lo para os aceitar e, em particular ferozmente combater a Igreja católica que os ataca frontalmente, hoje em dia nem tanto quanto o deveria; mas eles usam uma infalível tática na tentativa de a vencerem: infiltram-na, e olhe que com isso têm obtidos excelentes resultados, inclusive no Brasil, de subida ao poder.
    Se não fossem os comunistas falsos religiosos da TL do Boff, Betto & Cia, da banda vermelha da CNBB que há décadas assim procederia, que não dá um pio contra os comunistas do PT, de seus tentáculos nas CEB, CIMI, CPT e quem sabe, milhões de eleitores seduzidos, até no MST possivelmente, os comunistas hoje não estariam (des)governando o Brasil, por sinal uma imensa desonra para os católicos, como que preferindo serem governados por Satã.
    Sob todos aspectos, inclusive econômico, o comunismo é um fracasso total, como nas favelas a ceu aberto das dinastias Castro, Cuba e Kim Jong, Coreia do Norte, vitrines dessa peste mortal onde adentra com sua bandeira do martelo e foice, penhor de destruição e morte, tanto espiritual como física.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome