PRC_Protesto-Teatro-86

Entre as dificuldades que costumam apresentar-se para quem escreve uma coluna de jornal, duas são recorrentes: a falta de assunto e o excesso de temas a tratar.

De momento, estou no segundo caso. Estava difícil escolher. Resolvi então tratar de três temas. E o único jeito foi comprimi-los dentro de um espaço limitado. Seguem abaixo.

Blasfemar dá prejuízo A propaganda artística no Brasil em 2014 deu muito destaque à reapresentação da peça blasfema “Jesus Cristo Super Star”, produção da Time For Fun (T4F). O Instituto Plinio Corrêa de Oliveira salientou-se nos protestos contra essa paródia. Agora nos chega a seguinte notícia, publicada pelo site InfoMoney  (Informação que vale dinheiro), em  3-3-2015: “A Time For Fun (Show3) apresentou seu resultado de 2014, reportando um aumento de 1.046% em seu prejuízo líquido, que saltou de R$ 3,7 milhões no quarto trimestre de 2013 para R$ 42,4 milhões no fim do ano passado. Isso fez com que no acumulado anual, o resultado negativo da companhia passasse de R$ 14,7 milhões em 2013 para R$ 70,3 milhões no ano passado, uma piora de 378%. No release de resultado divulgado pela empresa, ela afirma que em 2014 foram vendidos menos ingressos, não só pela menor quantidade de espetáculos, mas também por uma baixa taxa de ocupação das atrações apresentadas”.

Vai alta a lua na mansão da morteescreveu o poeta português Soares de Passos (1826-1860). Com menos estro poético, mas com inteira realidade, poderíamos escrever: “Vai alta a lua na autodemolição da Igreja”. Cansados de ver as portas dos meios eclesiásticos se abrirem para hereges, cismáticos e outros que tais, presenciamos agora uma espécie de entronização do paganismo em cerimônias da Igreja. Após a sagração do novo bispo de Arica (Chile), “Bispos e o próprio Núncio do Vaticano no Chile fazem consagração a ‘deuses estranhos’. Parte da cerimônia de sagração do Bispo Moises Atisha como o novo bispo, no Chile, foi dedicada a divindades pagãs: Pachama (Terra), Tata Inti (Sol), Malkus (Montanhas)”, informa o site Rainha Maria (1º-3-2015).

“Um grande grupo de bispos chilenos esteve presente na cerimônia de 17 de janeiro de 2015. Em um tapete-altar no chão foram colocadas as oferendas, como folhas de coca, sementes e líquidos, todos oferecidos às divindades pagãs. Os Bispos e o Núncio do Chile inclinaram-se para o ‘altar’ para coletar algumas folhas de coca  [que] foram oferecidos às divindades”.

Atitude valorosa de um Cardeal O cardeal africano Robert Sarah, Prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, disse que a tentativa de separar a doutrina católica da “prática pastoral” é uma forma de “heresia” (LifeSiteNews, 23-2-15). “A ideia, que consistiria em colocar o Magistério em uma bela caixa para separá-lo da prática pastoral — a qual poderia evoluir de acordo com as circunstâncias, os modismos e as paixões —, é uma forma de heresia, uma patologia esquizofrênica perigosa. A Igreja Africana vai se opor fortemente a qualquer rebelião contra o ensinamento de Jesus e do Magistério”, afirmou.

O purpurado se referiu também ao “neocolonialismo ideológico na África, exercido pelo decadente Ocidente” com estas palavras: “Eu quero condenar fortemente o desejo de impor falsos valores usando argumentos políticos e financeiros. Essas políticas são tanto mais hediondas quanto a maioria da população africana é indefesa, graças aos ideólogos ocidentais fanáticos”. O cardeal Sarah fazia assim clara alusão ao aborto, ao adultério legalizado, à eutanásia, ao divórcio etc., que a ONU, a União Europeia e o governo Obama querem impor às nações africanas. Suas declarações constam de um livro com entrevistas, publicado recentemente em francês pela Fayard, intitulado Dieu ou rien (Deus ou nada).

 

1 COMENTÁRIO

  1. “Quando vier o Filho do Homem, porventura achará fé na terra?” (Lucas 18.8). Estas coisas são sinais da proximidade da vinda do Senhor nos dias finais. “Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios” (I Tim 4.1)

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome