tribalismo_img042013

Boletim Sem medo da Verdade

Em seu célebre livro Tribalismo indígena — Ideal comsuno-missionário para o Brasil no século XXI, escrito há mais de 30 anos, Plinio Corrêa de Oliveira denunciou uma corrente de missionários contrária à catequização dos índios e à sua integração na sociedade. Um sistema tribal pagão é o ideal desses neomissionários orientados pela Teologia da Libertação. As previsões do autor se confirmaram por completo.

O livro foi reeditado recentemente, acrescido de uma segunda parte na qual os jornalistas Nelson Ramos Barretto e Paulo Henrique Chaves contam o que viram na reserva Raposa-Serra do Sol e o que pesquisaram no Mato Grosso e em Santa Catarina, além de transcreverem importantes entrevistas com várias personalidades que confirmam em tudo as teses do Prof. Plinio.

Hoje, apesar de o Supremo Tribunal Federal ter declarado inconstitucionais as demarcações de novos territórios ditos indígenas e proibido a ampliação dos já existentes, a FUNAI (Fundação Nacional do Índio), em conluio com o CIMI (Conselho Indigenista Missionário), organismo ligado à CNBB, continuam “inventando” novas terras pretensamente indígenas. Por exemplo, no Mato Grosso do Sul, onde em 8 de janeiro de 2013 a FUNAI publicou Portaria identificando uma suposta área indígena de 41.751 hectares em Iguatemi. Entretanto, no processo existe um mapa – colocado provavelmente por um funcionário desavisado – que inclui, além de Iguatemi, Paranhos, Tacuru, Coronel Sapucaia e Amambaí, somando mais de200.000 hectares! Uma verdadeira insanidade.

Tudo isso configura uma perseguição aberta à propriedade particular rural, entretanto responsável pela comida abundante e farta na mesa do trabalhador, e sustentadora do PIB nacional! Tal é o socialismo.

Encomende o livro no site Paz no Campo www.paznocampo.org.br

 

6 COMENTÁRIOS

  1. Sinceramente, essas propagandas da esquerda da quais passam na tv é pura balela, vejo que ao invés do governo está investindo em saúde, moradia, e tantas outras coisas, investe em festas, pagam uma cantora um cache exorbitante, mas parece que a população fica anestesiada e o pior é que a população de meu estado apoia um governador do qual é do lado do PT, e não para somente na questão da reforma agraria, mas envolve também outras questões, como Cristãos e brasileiros temos que dar um basta aos desmandos do PT, temos que mostrar que ele, jamais continuara cantando de galo, se o mesmo está no poder não foi as minhas custas, jamais me comprometo como Cristão apoiar um partido a favor de tudo aquilo que é anticristão e acredite a Teologia dita da libertação, de libertadora não tem nada, pois a mesma a muito tempo deixou de ser de Deus e o pior é que tem muitos padres que são como anjos rebeldes dentro da Igreja, pregam um evangelho de política, social, menos o verdadeiro evangelho do Senhor Jesus, que isso sim é que as pessoas querem ouvir no sermão e não doutrinas ditas libertadoras, das quais não falam no nome de Senhor Jesus, esse sim salva e não saber dos sem teto e sem terra, Catolicismo verdadeiro é aquele de comunhão com o Papa, e não com padres apóstatas.

     
  2. As recentes e massivas manifestações de rua evidenciaram toda a capacidade de indignação e revolta do povo, coisa que o governo acreditava estar absolutamente sob controle pela forte ação exercida sobre os meios de comunicação, além de outras “tecnologias” escusas. Por exemplo, com o tal do programa de desarmamento, previsivelmente inócuo para a diminuição da violência, acreditavam os “sábios” oficiais estaria eliminada todo e qualquer ânimo de reação da sociedade ante as “reformas” visando principalmente acabar com o direito de propriedade. Jamais lhes passou pela cabeça que surgiria uma arma muitíssimo mais poderosa, com a qual não podem, que é a web. E ela precisa ser utilizada agora contra esse absurdo que são as demarcações da Funai, numa ampliação desenfreada de áreas, no claro intento de engessar a produção agrícola. São inúmeras as denúncias de fraudes não contestadas, num processo análogo à grilagem de terras, só que comandado diretamente de dentro da Presidência da República ! E o nosso ínclito Ministério Público Federal, tantas vezes empenhado em “piolhagens”, olhando com lupa insignificâncias, faz ouvidos moucos e vista grossa para as denúncias.Esse comportamento sugere que no lugar da alegada independência constitucional existe na verdade subordinação hierárquica ao executivo. É bom lembrar que há pouco tempo a Embrapa, e isso foi amplamente noticiado, tornou público que de 15 novas áreas indicadas no Paraná pela Funai, em quatro não existem índios, e em outras dez, por fotos de satélite ficou evidenciado que as ocupações eram recentes, ou seja preparadas. Ficou por isso mesmo. Tudo isso se insere no ideário da extrema esquerda brasileira que, numa visão anacrônica, acredita subjugar a sociedade controlando toda a terra produtiva. Não podemos ficar de braços cruzados, a luta é contra esse vírus cerebral dos radicais de esquerda !

     
  3. Srs.,
    Como em tudo que se refere a COMUNIDADE , na nossa vivemos o que
    vivem outras tantas, ou seja: DOIS DILEMAS.
    Alguns pretendem , querem e esforçam-se para PROGREDIR, ANDAR PARA
    FRENTE, CRESCER !!!
    Outros, retrógrados, acovardados pelo progresso, mesquinhos em sua
    natureza , criam “teorias” propagando a “preservação de espécies e
    costumes” mantendo cativos e ignorantes “seus protegidos”, e esses
    concordam com o cativeiro por comodismo e pseudo-vantagens que em tempo algum lhes será favorável.
    Os indígenas brasileiros ,(MINHA OPINIÃO), há muito deixaram de ser
    “massa de manobra”, são sim, CONIVENTES com toda tramóia desde que
    levem alguma “vantagem”, essa não se reflete em espelhos e perfumes
    muito menos em bebidas e cigarros, se transformam em dinheiro. Ex.:
    uma área “transferida” de proprietários rurais para os índios, será
    fatalmente locada por madeireiros, mineradores, caçadores, narco-
    traficantes, etc.
    Com isso pretendo dizer que, SOMOS TODOS BRASILEIROS, e vivemos na
    mesma “terra”, temos o direito de ter ENERGIA, HIDROVIAS, NOSSOS
    CIENTISTAS PESQUISANDO FAUNA E FLORA, PATENTEANDO PRODUTOS NATURAIS
    enfim, participando e produzindo PROGRESSO, MELHOR QUALIDADE DE VIDA
    à toda comunidade brasileira e não privilegiando minorias.
    SEMPRE LEMBRANDO QUE COMUNISMO E MISÉRIA ANDAM DE MÃOS DADAS COM A
    PROMISCUIDADE E O OPORTUNISMO , E QUE, AINDA HÁ AVE RARA QUE NÃO VOA
    PAZ E BEM À TODOS DO BEM.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome