“Retorno à Ordem” — Nova edição de 20 mil exemplares

2

Horvat-3

“RETORNO À ORDEM: de uma economia frenética a uma sociedade orgânica – onde estivemos, como chegamos aqui e para onde devemos ir” é o título de uma obra que está alcançando êxito espetacular nos Estados Unidos. Tendo-se esgotado recentemente sua primeira edição, de 30 mil exemplares, os editores partiram para uma segunda, com uma tiragem de 20 mil exemplares.

Seu autor, John Horvat II [foto], vem sendo objeto de muitos elogios da crítica norte-americana e internacional, pois soube não apenas tratar dos aspectos mais problemáticos da atual crise que afeta seu país, mas também indicar soluções.

Importantes líderes acadêmicos, políticos, militares e religiosos comentam que, mesmo em meio ao caos social e econômico que atinge todas as nações, Horvat explicita um tipo de atuação junto à opinião pública objetivando a restauração de princípios de uma verdadeira civilização cristã.

Um crítico literário da Amazon.com, por exemplo, registrou em dezembro passado: “Uma clara acusação de nossa louca corrida para obter mais e mais coisas, independente do custo para a sociedade, para as famílias, e até para nós mesmos. Enquanto o argumento central do livro fará mais sentido para alguém que tem uma formação em teologia cristã, ele também é de valor para qualquer um que vê os problemas inerentes a uma cultura cujos únicos princípios parecem ser ‘MAIS!’ e ‘AGORA!’”

O autor recebeu elogio também do Prof. Gregor Hochreiter, ex-diretor do Institute of Applied Economics and Western Christian Philosophy, em Viena (Áustria): “Qualquer um que considera superficial o debate público em curso … deve estudar Retorno à Ordem, do Sr. Horvat. É de se esperar que este livro atinja um grande público leitor e tenha também um impacto sobre políticas públicas, debates teóricos e decisões pessoais.”

John Horvat II pesquisou durante 20 anos a correlação entre economia, fé e valores morais, com o objetivo de apontar os rumos para um “Retorno à Ordem”. Fundamentado em sérios estudos, ele conclui que a obsessão da sociedade por uma cultura materialista tem causado um enorme vazio social e psicológico, o qual ao mesmo tempo arruína a economia. E que, para solucionar os problemas sócio-econômicos nos quais o homem contemporâneo se debate freneticamente, há uma necessidade primordial de restaurar os valores morais e os princípios da ordem cristã.

“Todos estes elementos dinâmicos — igreja, comunidade, família e propriedade privada — formam uma infra-estrutura humana inestimável, que realmente fornece o capital moral, a saúde psicológica e a estabilidade sobre os quais até mesmo as nossas economias modernas devem ser construídas”, escreveu Horvat.

A oportuna obra Retorno à Ordem ficou em primeiro lugar na Amazon/Kindle de quatro países, e goza de uma classificação de 4,5 estrelas na Amazon.

“Eu estou lhe dando 5 estrelas e recomendando-o a todo aquele que se preocupa com o colapso da nossa sociedade, tanto financeiramente quanto moralmente”, escreveu Al Lantana,  um dos 500 principais críticos literários da Amazon.

John Horvat, que é também vice-presidente da Sociedade Americana de Defesa da Tradição, Família e Propriedade (TFP), percorre seu país difundindo a tese de sua obra. Ele já fez palestras em mais de 60 cidades americanas e concedeu entrevistas para mais de 200 órgãos da mídia europeia. Também tem publicado centenas de artigos em diversos jornais, inclusive no “The Wall Street Journal”, “FOX News”, “The Christian Post”, “The Washington Times”, “ABC News”, “C-SPAN”, “American Thinker”, “Spero News” and “TheBlaze.com”.

“RETORNO À ORDEM: de uma economia frenética a uma sociedade orgânica – onde estivemos, como chegamos aqui e para onde devemos ir” pode ser adquirido por meio do site da Amazon ou no site www.ReturnToOrder.org (versão em inglês). Para outras informações ou para solicitar uma entrevista com John Horvat, ligue para Linda F. Radke: 480-940-8182, ou envie e-mail para fivestarpublications@gmail.com.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria de saber se o livro está sendo traduzido para ser publicado em lingua portuguesa.
    Se não, existe uma versão em francês e ou italiano?
    E para adquirir o livro em inglês como fazer?.
    desde já obrigada.

    Considero de suma importância esta leitura face aos excertos lançados no artigo.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome