Senador Magno Malta agradece iniciativa do IPCO contra o PLC 122

Senador Magno Malta (PR/ES), presidente da Frente Parlamentar Mista da Família Brasileira, conquistou mais uma vitória na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado, após reunião com líderes, ao retirar de pauta, para mais estudos, o Projeto de Lei 122 da ex-deputada Iara Bernardi, que visa punir e limitar a liberdade de expressão em casos de orientação sexual.

Durante seu discurso, Malta agradeceu a iniciativa do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira que no dia 21 de maio p.p., protocolou no Senado a entrega de 3.449.376 de e-mails que foram enviados aos Senadores por brasileiros de todas as latitudes, pedindo a rejeição total do PLC 122.

 

8 COMENTÁRIOS

  1. Elinaldo Renovato de Lima, obrigado por me divertir com este comentário pífio. Porque tu és cristão, o Brasil deve ser cristão? Qualquer tipo de descriminação deve ser crime, sim! A “Lei de Deus” – se é que tal coisa existe -, deve ser uma beleza para ti, não? Que pena que na condição do Brasil, como estado secular – vocês direitistas que pregam tanto o patriotismo, devem saber disso – as decisões políticas envolvendo religião deveriam ser proibidas. É normal de ‘direitistas’ cair em contradição.
    Aborto é um crime hediondo? Não creio. Se não há condições de cuidar do filho, pra quê colocá-lo no mundo? A opção é dos pais, não de um homem que diz seguir Deus, com um livro deveras contraditório – também conhecido como bíblia – embaixo do braço. Acho que uma tal de Inquisição, que a sua religião tão correta a ponto de decidir os rumos de uma nação inteira causou, foi um crime bem pior.
    Distribuir [preservativos] é a causa da prostituição infantil? É uma boa resposta para incriminar uma ação do governo que distribui [preservativos] aos cidadãos, para proteger de DSTs, independente da idade (quem tem vida sexual ativa, usa). Mas o buraco é mais embaixo. Há a família ignorante que incentiva, há as crianças miseráveis que são ‘roubadas’ de onde moram para gerar capital a um cafetão, e viverem na custa dele, a procura por turismo sexual… Onde há menos educação e conscientização, há mais prostituição infantil. Informar não torna as crianças prostitutas, ignorar a sua educação, pode torná-las.
    E a vacina contra o HPV deve ser distribuída a quem estiver interessado. Se uma criança de 9 anos é ignorante e teve o início de sua vida sexual, por quê devemos condenar o governo em vaciná-la contra uma DST? O governo não tem nada a ver com a vida sexual de ninguém, e a área da saúde precisa garantir a saúde, apenas. Julgamentos cabem aos responsáveis pela criança.
    E os homossexuais vão acabar com a comemoração dos “Dias dos Pais” e “Dia das Mães”? Não creio que sejam capaz de acabar com dois dias que geram muito capital na economia brasileira, e onde as pessoas desejam demonstrar o “amor” que sentem pelos pais com presentes. Se tu amas a tua família, é importante que todo o dia seja o dia do pai, o dia da mãe, o dia do tio, o dia do avô…
    Família, é família. Com homem e mulher, homem e homem, ou mulher e mulher. Uma família é uma instituição social que no mínimo precisa ser ligada por laços afetivos. O casamento homossexual, querendo vocês ou não, forma UMA FAMÍLIA.

    Contra fatos não há argumentos. Paz a todos.

     
  2. Como cristão evangélico, também me sinto muitíssimo bem representado pelo IPCO, de cuja iniciativa de assinaturas digitais participei ativamente, enviando convites aos meus irmãos evangélicos a fazerem parte daquela maravilhosa, abençoada e vitoriosa ação contra o PLC 122.

    Que Deus, o pai de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo continue abençoando esses valorosos cristãos, que estão à frente e nos bastidores do IPCO.

    “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.”
    1 Coríntios 15:58
    AMÉM!

     
  3. Por um lapso deixei de registrar aqui a minha profunda admiração admiração e respeito ao Senador Magno Malta e ao Instituto Plínio Correia de Oliveira; ambos estão de parabéns!

     
  4. Parabenizo o Senador Magno |Malta, pela corajosa e decidida atuação contra o lobby que tem como objetivo destruir a família, o casamento e a dignidade moral que se fundamenta na cosmovisão cristã. Parabéns ao INSTITUTO PLÍNIO CORREIA, pela ação expressiva, de recolher mais de 3 milhões de signatários contra o famigerado projeto de lei 122, que deseja por na cadeia pastores, padres , líderes de religiões, que se opõem ao estilo de vida (ou de morte) homossexual. Os que defendem o tal projeto defendem o homossexualismo, que é condenado pela Lei de Deus. Basta ler Levítico 18.22; 20.13; Romanos 1.24-27; 1 Tm 1.10; 1 Corintios 6.10.; defendem o crime hediondo do aborto, com a destruição de seres humanos, no ventre materno; incentivam a prostituição infantil, quando o governo disrtribui camisinhas a crianças de 9 ou 10 anos; o governo distribui vacina contra o vírus HPV, que provoca câncer em útero, principalmente de mulheres promíscuas sexualmente, a crianças de 8 ou 9 anos; uma vergonha; é admitir que as crianças brasileiras aão prostitutas aos 9 anos; Divulguei o discurso do senador, após a retirada de pauta da excrescência jurídica que é o tal projeto; que propõe privilégios ao segmento LGBT, em detrimento dos direitos da maioria da população; os homossexuais querem acabar com a comemoração centenária do Dia dos Pais e do Dia das Mães. Por que? Para não constranger às “famílias homoafetivas” (sic); não há razão para isso; se uma criança é adotada por um par (casal não) de gays, no Dia dos Pais, ela pode apresentar -se com dois “pais”; se tem duas “mães”, lésbicas, pode comemorar o Dia das Mâes. Mas é a DESCONSTRUÇÃO de tudo o que é valioso, tradicional, valorizado a centenas de anos. Querem acabar com o nome de PAI e de MÃE, retirando-os dos documentos oficiais, identidade, carteira de habilitação, registro de nascimento, etc. Uma indecência! Se os gays ou lésbicas não querem o nome sagrado de PAI e MÃE, de seus documentos, eles têm direito, eu concordo. Mas não queiram impor sua ditadura, eliminando nomes que são tão caros, como patrimônio linguístico de tantos povos.Deus abençoe os que têm coragem de defender a família, o casamento e os valores cristãos.

     
  5. Parabéns Senador Magno Malta e Instituto Plinio Correia de Oliveira. Esta vitória é uma vitória do projeto de Deus. Isto prova que Católicos e Evangélicos tem uma responsabilidade comum, defender o Reino e, apesar das diferenças doutrinárias, unidos podem fazer a diferença, num País que está perdendo o bom senso. Somos uma maioria Cristã. Não podemos ter leis contra o Projeto de Deus.Abraços Antonio Nodario Moura de Lima

     
  6. Essa senhora não sei quais são seus ancestrais e o tipo de cultura que a ela ensinaram mas está no caminho errado o Brasil tem sua soberania bem definida e portanto o direito de expor suas ideias e opiniões, os que tentam impor ideias retrógradas já são bem conhecidos no mundo inteiro e sempre visaram a destruição de valores e princípios que devem ser respeitados.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome