Início Tags Limitação da Propriedade

Limitação da Propriedade

Limitação da propriedade rural ou estupidez? (III)

A propósito do igualitarismo socialista, cabe citar textualmente trecho do trabalho do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira condenando o projeto autogestionário do Partido Socialista francês: “Os princípios econômicos vigentes do Ocidente, mesmo quando tenham dado ocasião a abusos, emanam da própria natureza humana. Eles podem caracterizar-se, resumidamente, pela afirmação de legitimidade da propriedade individual, bem como da iniciativa e do lucro privados. “Os socialistas se propõem, no entanto, implantar outro sistema econômico, orientando para outras finalidades e a partir de outros incentivos. A idéia do que eles qualificam de lucro só para (alguns) deve substituir-se progressivamente pelo critério da utilidade social, determinada pela vontade soberana do povo. Ou seja, os socialistas, como os comunistas, afirmam que o indivíduo existe para a sociedade, e deve produzir diretamente, não para seu próprio bem, mas para o da coletividade a que pertence.

Limitação de propriedade ou de consciência?

Imagine uma propriedade de dez mil hectares que produz uma quantidade X de alimentos para cem famílias, incluindo a família do proprietário, as famílias...

Frei Betto e o limite da propriedade agrícola: “dize-me com quem...

Com relação à segunda premissa, é equivocado afirmar que a pequena propriedade familiar produz a maioria dos alimentos consumidos pela população e emprega boa parte da mão-de-obra agrícola. Consoante dados obtidos em recentíssimos estudos9, tem-se que cerca de 70% dos estabelecimentos familiares obtêm uma renda total mensal inferior a 2 (dois) salários mínimos, i.e., o valor da linha de pobreza, sendo que 80% de tais estabelecimentos encontra-se no Nordeste.

Frei Betto e o limite da propriedade agrícola: “dize-me com quem...

No caso do Brasil, tal tendência vê-se acentuada pelo fato da colonização da maior parte do território nacional ter-se iniciado com a implantação de grandes propriedades. A difusão da propriedade da terra, mediante divisão de tais propriedades em propriedades menores, por herança, por parcelamento etc., ocorrida através dos tempos, aumentou, necessariamente, a desigualdade.

Limitar a propriedade é limitar o Brasil – Faça sua parte

A Campanha Paz no Campo, através de seu boletim Sem Medo da Verdade, convida a todos a defenderem o Brasil de mais esta agressão: limitação da propriedade... Estaremos caminhando rumo à cubanização? Estaremos nos assemelhando à Venezuela de Chávez? Por que limitar a propriedade, se o Estado é o maior "latifundiário"? Limitando a propriedade, estaremos limitando o incentivo ao trabalho e à produção. Limitando a propriedade, estaremos nos transformando em escravos do Estado. Qual a distância disso para o comunsimo? Nenhuma! Por isso, o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira se solidariza com a importante atuação de Paz no Campo, e convida a todos seus leitores a participarem da campanha de apelo aos bispos da CNBB, alguns dos quais infelizmente são os impulsionadores desse pulo no escuro rumo à comunistização do Brasil.