Túnel turco Ásia-Europa aumenta temores de “invasão” islâmica

3
515px-Marmaray_Tunel-3
Foto de satélite com a linha do Marmaray em vermelho. O traço ponteado representa o túnel submarino

A Turquia inaugurou o primeiro túnel subaquático do mundo a ligar dois continentes. Trata-se do túnel ferroviário Marmaray, de 13,6 km, com uma parte submersa de 1,4 km à prova de terremoto, que conectará a Ásia e a Europa sob o estreito de Bósforo, em Istambul. A Turquia é o principal país de passagem de imigrantes muçulmanos para a Europa. Ela foi durante séculos o maior inimigo da Cristandade, tendo protagonizado dramáticas invasões, como as que culminaram na batalha de Lepanto no século XVI e no Cerco de Viena no século XVII.

Os novos governos turcos estão ressuscitando o espírito visceralmente anticristão e agressivo de outrora. E o túnel reavivou velhos e justificados temores quanto às intenções de conquista da Europa por esse populoso país islâmico. Construído com financiamento do Banco Europeu de Investimento (BEI), a União Europeia criou com o túnel mais um fator de intranquilidade entre os europeus, que veem com desconfiança a “invasão” islâmica em curso.

 

3 COMENTÁRIOS

  1. A questão não é a Europa receber pessoas mulçumanas, e sim as pessoas Cristãs que não sei porque motivo estão afastando-se da Igreja (Cristãs não praticantes), ou convertendo-se a feitiçaria ou tornando-se ateus. Sei o que o mundo tem seus prazeres e a Bíblia apresenta para quem quer ser merecedor das Promessas de Cristo, abdicar alguns desses prazeres, temos que orar muito para que as ovelhas desgarras voltem ao rebanho. E tenho certeza que jamais um deus pagão prevalecerá sobre o ÚNICO e VERDADEIRO DEUS que é aquele que através do ESPIRITO SANTO, [foi engendrado pela] VIRGEM MARIA.

     
  2. Ela já está sendo invadida a muito tempo, muitos de seus templos cristãos já foram transformados em mesquitas, (veja a Igreja de Manheim, no sul da Alemanha, virou uma mesquita, foi vendida pela
    própria igreja aos muçulmanos, a “IGREJA” NÃO pode vender nanhuma instalação para ninguém, ela não é dona das estruturas, quem construiu estas igrejas foi a comunidade, assim como todas as demais, somente depois de erigidas é que os padres, começaram a ocupar um lugar nelas, nem por isto a “IGREJA” é proprietária delas,
    e para vender estas a comunidade (população tem que ser ouvida e opinar se quer ou não que sejam vendidas. !!! quanto a este túnel submarino, não só já serviu pela parte já invadida como aumentará e em muito a vinda por ele de muitos outros muçulmanos para a Europa. Vemos em todo o lugar gravuras, cartezes, os gritos deles dizendo: “Nós tomaremos a Europa, não ficará ninguém e outras ofensas, e o pior de tudo isto é que ninguém destes europeus se mexe para nada, não fazem nada, não estão nem aí, estão deixando, logo logo, eles terão que se mandar de lá, porque os muçulmanos os esmagarão.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome